domingo, 13 de maio de 2007

Homenagem a Mário Silva



O grupo “Vá lá, vá lá, podia ser pior”, de S. Jorge, organizou uma homenagem a Mário Silva, antigo vencedor da Volta a Portugal. Uma festa “há muito merecida”.

O presidente do FC Porto foi a grande surpresa na homenagem a Mário Silva, vencedor da Volta a Portugal em ciclismo de 1961. O ciclista de S. Jorge não sabia que Pinto da Costa iria aparecer, mas o presidente portista disse que não poderia faltar ao reconhecimento público prestado a um antigo atleta do FC Porto.
Há 40 anos, Mário Silva era atleta do FC Porto. Foi, então, chamado a representar Portugal nos Jogos Olímpicos de Roma. Um ano depois, era o “rei” da Volta a Portugal, envergando as cores do FC Porto. Pinto da Costa lembrou estes êxitos na homenagem que o grupo “Vá lá, vá lá, podia ser pior”, de S. Jorge, decidiu promover.
Para esta festa, com as devidas excepções, foram, contudo, apenas convidadas pessoas de S. Jorge. Francisco Pereira, do grupo organizador, explica que Mário Silva “há muito merecia esta homenagem, que ninguém se lembrava de promover. Por isso, quisemos apenas pessoas da nossa vila. Outras entidades poderiam tê-lo feito mais cedo e não o fizeram, porque quiseram ou não se lembraram”.
À homenagem que comoveu Mário Silva compareceram 120 pessoas. Além de Pinto da Costa, esteve ainda o vice-presidente da Direcção do FC Porto Alípio Jorge, assim como Fernando Coelho, presidente da Junta de Freguesia.

2 comentários:

Anónimo disse...

Já vuram como estão rodeados o Mário Silva e o Pinto da Costa. Ambos visceralmente portistas cercados por 4 benfoquistas ferrenhos. Não deixa de ser curioso e mostra como, de propósito ou sem querer, se podem miscelanizar amizades.

Anónimo disse...

estavam a conversar sobre o apito...
e também sobre a carolina....

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL