segunda-feira, 28 de maio de 2007

Imagens das Termas em programa de televisão norte-americano


Programa de meia hora dedicado ao Porto, com imagens do Douro, Minho e das Termas, vai chegar a três milhões de residências dos EUA.



As Termas de Caldas de S. Jorge vão “entrar” em casa de cerca de três milhões de norte-americanos, através de um programa de televisão, de 30 minutos, dedicado ao Porto, que estará disponível em cerca de três milhões de residências dos Estados Unidos e dirigido a um público masculino da classe média/alta, entre os 25 e os 49 anos.


Intitulado “Three Sheets”, o programa do canal “iN Demand HD”, ao jeito de documentário de viagens, explora a história, a geografia, o povo e as tradições culturais de um país, através da apresentação de bebidas alcoólicas nativas, da forma como são concebidas e dos hábitos locais que acompanham o seu consumo.


O nome do programa encerra uma expressão associada à embriaguez, mas a sua produtora, Stephanie Klein, em declarações à EDVInformação, garante que é feita uma abordagem responsável ao tema do álcool e a promoção do país surge “a uma luz muito positiva”.


“Para o espectador, o programa oferece uma mapa de estrada com os produtos alcoólicos que os países que visitamos oferecem, a maneira como os locais os saboreiam e os sítios mais populares onde bebê-los. Para o país, atraímos a visita dos espectadores, ao proporcionar-lhes informação divertida e estimulante sobre a região, através de uma combinação entre a perspectiva local e a não-local” - explica Stephanie Klein.


O programa, dedicado ao Porto, apresenta também filmagens no Douro e no Minho, surgindo o balneário de Caldas de S. Jorge a ilustrar a prática termal, com longa tradição em Portugal, recomendado em qualquer roteiro.


Teresa Vieira, administradora da Sociedade de Turismo de Santa Maria da Feira, que gere as Termas, citada pela EDVInformação, afirma que “Three Sheets” irá demonstrar “como um turista norte-americano pode começar por apreciar um bom vinho do Porto e depois acabar o dia a relaxar nas termas”.
terras da feira on-line

1 comentário:

Anónimo disse...

É mais do que evidente que a promoção das Termas onde quer que seja no mundo é sempre vantajosa. A menos que haja custo demasiado para aparecer em alguns segundos de imagem.
A influência directa no mercado americano terá pouca importância, mas temos bastantes americanos em Portugal que podem ser cativados.
Parece de louvar toda a divulgação.

José Pinto da Silva

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL