domingo, 10 de junho de 2007

P. Crispim Ferreira dos Santos


P. Crispim Ferreira dos Santos
Arcozelo

Nasceu em 21 de Outubro de 1889
Faleceu a 16 de Dezembro de 1924
35 anos
Da casa do Costeiro de Arcozelo
Nasceu em 14 de Outubro de 1889, na casa do Costeiro, em Arcozelo.
Era filho de José Ferreira dos Santos e de Ana Dias de Pinho.
Fez os estudos preparatórios nos Carvalhos e terminou o curso Teológico no Porto em 1914, cantando aqui em S. Jorge a sua missa nova em 23 de Agosto de 1914.
Foi aqui capelão desde 6 de Setembro a 2S de Outubro, indo depois ser coadjutor de Campanhã.
Mas pouco mais de dez meses lá se conservou.
Em princípios de Dezembro, adoeceu gravemente e tiveram de ir buscá-lo.
Era a tuberculose, que nunca mais o largaria. É certo que melhorou; começou a sair e a vir celebrar. Em Março de 1916 ajustou a capelania aqui em S. Jorge e quem sabe se viria a restabelecer-se?
Mas as suas imprudências mataram-no.
Julgando-se já salvo começou a abusar das poucas forças, indo a enterros, acolitando, pregando e até entregando-se ao confessionário... E o resultado foi ele recair para nunca mais se levantar.
Em Março de 1920 teve de deixar a capelania.
Depois arranjou licença de celebrar em casa.
Mais tarde nem isso pôde fazer, indo lá abade José Inácio semanalmente confessá-lo e levar-lhe a comunhão. E cada vez pior. Até que na manhã de 16 de Dezembro de 1921 deu o último suspiro.
Era um rapaz inteligente e foi sempre um estudante distinto e bem classificado. Prometia ser um pregador e um pastor de inspiração.
Numa das visitas que o abade José Inácio lhe fez mostrou-lhe um canhenho cheio de versos.
Leu-os em casa.
Eram imprecisos, muito torturados e cheios de infantilidades, mas revelavam sentimentos poéticos.
Moral e religiosamente era sobretudo um rapaz sincero, um bem-intencionado. Animava-o uma fé muito sólida e uma piedade muito sincera e um vivo desejo de prestar serviços e de salvar almas.
Mas Deus quis chamá-lo.
Era o dia 16 de Dezembro de 1924


Vide lápide tumular


Memórias Paroquiais
ATM

Sem comentários:

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL