segunda-feira, 1 de outubro de 2007

COMUNICADO DO SR. PRESIDENTE DA JUNTA...

Comunicado
do
Presidente da Junta de Freguesia de Caldas de São Jorge
Caros cidadãos,
Tive conhecimento por vias não oficiais de que os dois vogais da juntade freguesia, secretário e tesoureiro, e todos os elementos daassembleia que os suportam, se terão demitido na última assembleia ordinária. Assembleia esta à qual não pude estar presente por motivosde força maior e que atempadamente preveni que não iria podercomparecer.
A confirmar-se, lamento não ter sido informado oficialmente, ainda quepor telefone. O senhor presidente da assembleia tinha o dever e aobrigação de me pôr ao corrente de tão grave situação.Caros amigos, tenho vindo a ser acusado, ao longo destes últimostempos, de actos e factos não verdadeiros.
A verdade é que após a minha posse como presidente da junta encontreiuma casa cheia de dívidas, desorganizada, gerida só a dois com todasas actas assinadas exclusivamente pelos dois membros da junta defreguesia e nunca constando a assinatura do presidente. Tal factoleva-me a pensar que não haveria consenso no anterior executivo.
É do conhecimento geral da freguesia que o falecido presidenteFernando Coelho, nos últimos tempos como autarca, viveu momentos muitoconturbados. Nunca o deixaram governar, tentando fazer agora o mesmocomigo. Enganaram-se!Para começar, exigi total transparência nas contas, coisa que nãoexistia. Só a partir de 31 de Julho e após muita discussão einsistência de minha parte se implementou um diário de caixa.Todas as decisões deste executivo estão lavradas em actas assinadaspor todos os elementos, incluindo a definição de tarefas de cada um.Serei o último a desistir!Assumi compromissos para com a freguesia e os seus habitantes, paradar continuidade à obra começada com determinação e alto sentido deresponsabilidade. Temos projectos em curso. Entre outros, podemosdestacar:
-área envolvente das termas
-saneamento básico
-requalificação das margens do rio Uíma
Não os posso abandonar. O momento não é oportuno.
Porque não o fizeram antes?!
Caldas de São Jorge, 30 de Setembro de 2007.


Hermínio Mota.

"ESTE COMUNICADO FOI ENVIADO EM EXCLUSIVO PARA O BLOG DAS CALDAS"

10 comentários:

Anónimo disse...

O primeiro parágrafo é um chorrilho de mentiras. Antes do meio dia de sexta feira o Sr. Herminio Mota disse-me de viva voz (estávamos em frente ao Stuttgart)que sabia que iria haver uma renúncia colectiva. Eu próprio só tinha ouvido falar que talvez, até porque uma assinatura estava a mais de 200 Km de distância. O próprio Presidente da Assembleia
de Freguesia só soube de ciência certa depois das 14,30 horas. Quer dizer que o Presidente da Junta soube antes. Agora já toda a gente sabe que não compareceu na Assembleia porque não teve coragem de enfrentar a dura realidade.
Mas a maior piada do comunicado são os projectos em curso: O SANEAMENTO BÁSICO (que é que irá fazer?) AREA ENVOLVENTE DAS TERMAS (será que tem alguma solução para encher o buraco do ILHA/BAR que fechou ontem?) REQUALIFICAÇÃO DAS MARGENS DO UIMA (o homem lá na sua imagina que o rio UIma passa pelo centro da Sede do Concelho).
Quanto às dívidas ... será? terei que me informar. Será a dívida no Ourives? Serão as dívidas nos Restaurantes? E serão também da Festa da vitória em 2005?
José Pinto da Silva

Anónimo disse...

Sr. presidente, acho que tem toda a razão, esses senhores deviam ter vergonha na cara e fazer o favor a freguesia de não se voltarem a candidatar. ou será que estamos perante outra ilha da madeira.

Fátima Oliveira disse...

Uma junta de freguesia necessita de cordialidade e de trabalho em equipa para funcionar. Um indivíduo pode ser muito inteligente, ter muito traquejo político mas se não souber trabalhar em equipa para o bem comum não tem qualquer valor. Felizmente houve alguém nesta Junta que decidiu mudar o que estava mal. Independentemente de quem é a culpa, o que importa é que assim não dava para continuar e felizmente os autarcas que renunciaram tiveram uma atitude que mostra dignidade e sentido de responsabilidade para com a população de Caldas de S. Jorge. Por outro lado, foi triste a reacção de alguns elementos menos satisfeitos com o sucedido que logo após a assembleia trataram de barafustar palavras insultuosas contra a própria freguesia e o seu povo. Isto só mostra que há elementos na nossa Junta e Assembleia que estão lá mais por amor à cadeira que ocupam do que por vontade de fazer algo para melhorar a nossa freguesia. Mas concerteza o povo dirá a sua justiça.

Fátima Oliveira

Anónimo disse...

Isto é que vai aqui um arame!
Quem é que os entende!
Finalmente o Sr. Hermínio, só!
Agora é só rasgar!

Anónimo disse...

Caro presidente.
Como caminheiro diário na nacional 223 entre acorzelo / lago e vice-versa, quero agradecer o serviço prestado na limpeza das bermas, aquilo estava um perigo as pessoas tinham que caminhar na estrada por falta de berma.
Alem de ter prestado um bom serviço publico, prestou uma obra de caridade.

Muito obrigado.

Anónimo disse...

Passando na Estrada 223 em direcção a Arcozelo vi que estavam a arranjar o canteiro onde se encontra o famoso fontenário já blogado por várias vezes,
outras vezes vandalizado!
Muito bem Senhor Presidente!
Agora só falta lá pôr águ potável por torneira de pressão
ou personalizada!
Depois mandar a conta a quem a estragou!
Incluindo a EP!

Paulo Fontes disse...

Bem como ex morador de Caldas de S.Jorge tenho a dizer que é dificil para algumas pessoas das Caldas de S.Jorge lidarem com pessoas extremamente inteligentes que é o caso do actual Presidente, não faltarão pessoas para formar uma nova equipa é que quando não se consegue o que se quer bate-se o pé e faz-se birra.
Espero que o sr. Presidente da Junta faça um bom serviço pela Vila de Caldas de S.Jorge e que haja transparência nas contas da junta.
Bem haja sr. Herminio Mota.

Anónimo disse...

Afinal o Sr. Pinto da Silva é que manda na Junta?
Mas ele não levou uma abada nas anteriores eleições? O povo de S. Jorge já lhe disse o que pensa dele. Donde lhe vem esta arrogância? Deixe-se de invocar um estatuto que não tem e cale-se de uma vez por todas.

Anónimo disse...

Resposta:

Neste último a mosca não pôde entrar. A asneira boçal impediu qualquer escape.
Não tenho qualquer estatuto e muito menos o invoquei alguma vez. Mas tenho nome a cara para dar a tudo o que faço, mesmo e sobretudo quando houver que desancar em boçais e boçalidades.
Que perdi eleições? Claro e aceitei SEMPRE a derrota dando razão ao eleitorado que consedero sempre como a suprema sabedoria. Não me queixei de qualquer ingratidão do povo como ouvi de outros que insultaram o povo só porque lhes não deu a maioria absoluta.
Mandar na Junta!!? Se eu mandasse na Junta, ou nalguém, a Junta manter-se-ia, como reiteradas vezes disse. Nas estâncias em que me movo, mesmo estando isolado, defendi que fosse feito esforço para manter o Executivo, nomeadamente fazendo valer a prerrogativa de estar constituida uma maioria.
Agora CALAR é que NUNCA. Serei sempre, pelo menos observador e denunciarei, como maior ou menor veemência os ignorantes e mentirosos. Qualquer que seja o estatuto de que se arroguem. E submeto-me a meças quanto ao estar interessado nas coisas da terra.
De todo o modo DÊ A CARA e NOME. Será pelo menos mais sério.
José M Pinto da Silva

Anónimo disse...

Para a Anónimo do Out. 01 00:08:01
PM. O que falou em obra de caridade.
Como tive oportunidade de fazer sentir noutro local, a manutenção na EN 223 (bermas e valetas) compete à Direcção de Estradas de Aveiro. A JUnta, o que pode e deve fazer é, se tiver queixas de alguém, ou se se aperceber de anomalias, reclamar junto da E P (Direcção de Estradas de Aveiro).
E o estranho é que a Junta até reclamou mesmo. E mesmo assim colocou o pessoal a limpar valetas e bermas na 223. O caricato é que num dia desta semana, veio a grigada da Direcção de Estradas para satisfazer a reclamação.
Pode perguntar-se: Quem deveria pagar o tempo que o pessoal andou a trabalhar para os outros?

José Pinto da Silva

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL