terça-feira, 2 de outubro de 2007

Ligação ao litoral pronta em 2011"EN 223"

O secretário de Estado Adjunto, das Obras Públicas e das Comunicações, Paulo Campos, afirmou que a via estruturante ligando Arouca ao litoral “tem todas as condições” para ficar concluída em 2011.“
A nossa expectativa é que a obra seja ainda lançada na nossa legislatura”, disse. Paulo Campos, que presidiu à assinatura do contrato para o projecto da EN 223/EN326, ligando Santa Maria da Feira a Mansores (concelho de Arouca), sublinhou que a chamada via estruturante se enquadra “num conjunto de investimentos que irão ‘desencravar’ o panorama rodoviário da região”. O projecto destina-se à execução de um troço de 23 quilómetros que vai custar cerca de 120 milhões de euros. O presidente da Câmara de Arouca, José Artur Neves, apelidou a via estruturante como “a mãe de todas as obras”, uma das prioridades de sucessivos executivos camarários. “Arouca é o único concelho da região que não tem uma ligação aos principais eixos rodoviários do país”, considerou o autarca, sublinhando que “a nova via não é só importante para a população local, como também para toda a região Norte”. Para o presidente da Câmara de Santa Maria da Feira, Alfredo Henriques, a conclusão da via estruturante representa “a resolução de um problema sentido há muito” nos dois concelhos do Norte do distrito de Aveiro. O primeiro troço da via estruturante que vai ligar Arouca ao litoral foi inaugurada, em 2004, pelo então secretário de Estado das Obras Públicas, Jorge Costa. O troço liga a vila de Arouca a Nogueiró, na freguesia de Urro. Rasgada sobre um terreno acidentado e densamente povoado, a primeira fase da via estruturante, que vai ligar o centro da vila de Arouca à freguesia de Mansores, tem cerca de 10 quilómetros e conta com três viadutos e uma ponte. O custo final da primeira fase rondou os 40 milhões de euros.

Sem comentários:

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL