sexta-feira, 2 de novembro de 2007

COMENTÁRIO...


O POST de apresentação da candidatura do BE às intercalares, instiga-me a um comentário, só na medida em que bole com o PS enquanto estrutura politico/partidária e enquanto força representada nas Junta e Assembleia de Freguesia.
Antes de tudo e para se saborear melhor as críticas feitas aos Independentes (unicamente por virem de quem vêm) admito que a Administração do blogue possa, pela sua influência e instrumento informativo que é, junto da Rádio Águia Azul, recuperar o que foi dito na parte final, mesmo a acabar, a propósito das intercalares de Caldas de S. Jorge, no Programa PRAÇA DA REPÚBLICA, do dia 13 de Outubro, pelos representantes da CDU e do BE nesse programa. E quer um quer outro sabem do que falam. Pelo menos o da CDU parecia saber bem do que falava.
Que “..não há assim tantos candidatos à esquerda para as intercalares..” Claro que também acho que não. Mas quem não é, por certo, é o candidato do B E. De esquerda? Por que carga de água? Haverá nesta terra alguém mais aburguesado? Há muito quem confunda esquerda com “canhotice”. Será ser de esquerda apresentar uma lista com 5 ou seis pessoas da mesma família (a do “líder”) numa terra de dois mil e tantos eleitores? E será ser de esquerda induzir uma pessoa menos avisada a assinar um documento não lhe explicando a que se destinava na verdade e incluindo-o na lista da família? Ainda se espera que o Juiz ordene a substituição desse nome. E… mais não digo.
Que …”para além do PS cedo ter demonstrado que estava ali para derrubar e não para apoiar…” Quem e onde? O membro da Junta ou os eleitos na Assembleia? Claro que sempre contra tudo e contra todos esteve/está o “líder” da candidatura do BE. Será preciso reportar casos e situações?
Décadas de política e nunca esteve desaparecido. Encaminho de novo para a Águia Azul.
Já agora e, expurgando algumas “dicas” em absoluto despropósito que não deveriam ter sido escritas, encaminho os leitores para um Post do KousaseLouzas.

José Pinto da Silva

14 comentários:

Anónimo disse...

Este pseudo intelectual socialista, anda bué de nervoso! Será que a arma está carregada e não consegue parar de disparar? Olhe que as balas podem não ser de borracha...e disse!

Anónimo disse...

Caro Pinto da Silva, é de mau gosto este seu post. Em primeiro apenas fala do que os outros falam. Depois envia-nos para o blog kouzas e louzas para lermos alguns comentário que são como todos sabem escritos por quem ali vai e nem identificado é. Se ao menos fosse de alguns dos escritores oficiais que lá tem assento, menos mal, agora comentários de um blog? Quem me diz que não foi você mesmo que ali os colocou e usou as mais diversas identidades?
Mais estranho quando você foi referenciado no mesmo blog como o “chefão” dos socialistas e foi por um dos colaboradores e nem a boca abriu para dizer “ai”!
Se mais, atentamente

Anónimo disse...

Faltava-me essse t�tulo que vou levar para o escaparate das colec�es. Se soubesse quem era o autor talvez lhe pudesse atribuir tamb�m um cognome a condizer. Assim ficar� por "mascarado".

Jos� Pinto da Silva

Anónimo disse...

O martins já ganhou.

Anónimo disse...

O alexandrinho disse que não conhecia a terra bem!!!!

novo rico disse...

É um burguês que tem a mania que é intelectual, e não percebe nada de nada. Olhem do que é capaz! De enganar um militante de um outro partido com uma assinatura para ser candidato na sua lista, pois estou convencido que é sua e não do be, visto que a familia está lá toda, uma pessoa que age assim para além de não ter caracter não é coerente com o que apregoa

Anónimo disse...

Para o anónimo das 04:17:00 PM

Então aquele texto do "Kouzas" não está assinado pelo seu principal editor? Fiz a ele alusão porque ele se reporta directa e claramente à pessoa que comentei. Quando falou querendo, eventualmente, referir-se a mim, terá que ser mais explícito porque me não revejo na generalidade da prosa. Tem pontos que indicia, mas, como eu não levo a mal que escrevam o meu nome, que se expliquem.

José Pinto da Silva

Anónimo disse...

Ainda para o anónimo das 04:17:00 PM

Falou que eu fora referenciado como "chefão" dos socialistas e isto merece uma nota. Disse já reiteradas vezes que se eu fosse "chefão" ou até só chefe do que quer que seja, não teria ocorrido a dissolução da Assembleia nem a queda da Junta. Não será quebrar qualquer tipo de confidencialidade se disser que, em duas reuniões tensas nos locais próprios defendi com veemência a
vantagem de que tudo continuasse, apelando a que se fizesse com que o Presidente cumprisse a lei e apelando à capacidade de paciência dos vogais. Fiquei absolutamente ISOLADO. Não consegui convencer nenhum dos meus parceiros. Se fosse mesmo "chefão" seria seguido pelos outros.
José Pinto da Silva

Charizard disse...

Com todo o respeito sr. José Pinto da Silva:
O meu caro, com os seus escritos por vezes faz lembrar, aquela figura sinistra da Transilvânia, ora nem mais, o Conde Drácula, sempre ávido de sangue.
Sangue esse, indispensável para a perpetuação do ególatra.
Qual sacristão que sempre que sente o seu ego ferido, se presta ao badalar dos sinos.
Umas balas de prata, para aligeirar a pontaria, e um bom chazinho de alhos para exorcizar os fantasmas que lhe atormentam a mente, seria remédio santo.
Mas olhe! se não encontrar alhos sugiro que faça umas emulsões com casca de cebola, e depois com umas rezas e mezinhas, condimentadas com fogo, talvez consiga afastar esse seu desejo mórbido de vampirismo.

Anónimo disse...

Pela forma que me trata, conhece-me e dirige-se-me. Pena eu não saber para quem falo.

Para mim, sangue só de porco e em morcelas e com cerficado de origem.
Portanto nem qualquer porco poderá ser meu fornecedor.
Considero-me, sem jactância, o menor adepto da egolatria. Nem tenha qualquer razão para sentir beliscado o meu ego.
O Sr. Cherizard vê-se no espelho e pensa nos outros, mas eu quando me refiro a alguém, em matéria de movimentação política, só falo politicamente. Estou-me marimbando para o que cada qual faz ou onde faz.
José Pinto da Silva

Charizard disse...

Meu caro Sr:
Nunca me passou nem ao de leve, fazer uma apreciação personalizada, fiz sim uma observação (se assim quiser entender) política àquilo que escreveu.
É óbvio, que o seu texto não é inocente, nem o meu caro é tão angélico como pretende fazer crer.
Não se esqueça, que sempre que manifestamos opinião temos um objectivo.

Anónimo disse...

Pinto da Silva:

Acha então que o seu comentário das 11:17 PM de 03 é de cariz político?
Cada um acha o que acha. Com mèzinhas e tudo, com egolatria.
Tubo bem
Acho que não, mas estou absolutamente vacinado e bem imunizado.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Conde disse...

Se esta critica não fosse partidarizada ...

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL