terça-feira, 6 de novembro de 2007

Vamos contribuir para o debate...


O que tenho observado, é sinceramente um vazio de ideias, uma falta de programas/rumo para as Caldas.

A multiplicidade de candidatos, é, ou pode ser salutar em democracia. Ter coragem de se afirmar como alternativa, muitas vezes não é fácil, é preciso muita entrega e vontade de trabalhar, ás vezes ingloriamente, por uma causa.

Só que, o que tenho visto e lido, não passa de um mero plano de intenções, muito, mas mesmo muito superficial.

Meus amigos, esqueçamos esses “amuos” sobre fossas, e aproveitemos os dias que faltam para apresentar ideias/projectos evidentes, quase palpáveis, para que eu/nós os caldenses possamos opinar e votar.

Assim quase que posso dizer que esta terra jamais será grande, enquanto estes candidatos, não forem grandes no sonho, e mostrarem ambição que vá para além das nossas fronteiras físicas.

Unir esforços independentes e quase anónimos para fazer tremer os alicerces da nossa terra, não ter medo de fazer ruir o que está mal e fortalecer o que conseguir resistir.

Estes Senhores que encabeçam as listas, são de certeza pessoas de bem, com projectos e ambições, mas pergunto eu, quais?

Águia atenta.

2 comentários:

marlenefpaiva disse...

melhores cumprimentos.

Este é porventura um dos post's mais lúcidos e esclarecidos que tive oportunidade de ler nos últimos tempos .

espero que o mote aqui deixado pelo ilustre Águia Atenta , sirva para fazer despertar a criatividade e o engenho de quem está prestes a representar a freguesia nos próximos 2 anos. Tive oportunidade de dizer noutras ocasiões , que os políticos se deviam "transcender" na apresentação dos seus programas eleitorais.
O que temos vindo a observar é , infelizmente , mais do mesmo .

Um último apontamento para o sr. jervásio. Independentemente das razões que me pudessem assistir , considero , agora e a frio que talvez me tenha excedido no último comentário que lhe direccionei. Apresento por isso as minhas desculpas públicas.

...fui

Anónimo disse...

Já agora, permitam-me sugerir ao futuro executivo da junta, que coloquem pilhões junto aos ecopontos. Pode parecer que não, mas as pilhas que utilizamos nos nossos aparelhos, depois de gastas, normalmente são colocadas fora, contaminando e de que maneira os locais para onde são arremessadas.
Estes pilhões são pequenos recipientes, que se anexam a um dos depositos do ecoponto, facilitando e sensibilizando as pessoas a levarem as pilhas aos locais proprios para depois serem tratadas, segundo as normas ambientais.

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL