sexta-feira, 30 de novembro de 2007

OLHO VIVO...


Centro das Caldas de S. Jorge. Era bom, era...
In Terras da Feira Online.

Notas na Noticias Magazine...

Se for entendido que pode ser curioso ou mesmo útil divulgar no blogue este mail que passei para um tal Ferreira Fernandes, jornalista do Diário de Notícias, aqui o passo.
Acho que perdi o recorte que fiz do que ele escreveu, mas será fácil consultar porque a revista em causa também acompanho o JN.
Cumprimentos
José Pinto da Silva
______________________________________
Exmos. Senhor Ferreira Fernandes,
Na pag. 106 da Noticias Magazine de 25 deste mês (Domingo) escreve V.Exa. que "... Luis Filipe Menezes aposta forte nas eleições intercalares para a Junta de Freguesia de Caldas de S. Jorge...". Quanto a esta aposta, nós fregueses de Caldas de S. Jorge, deixamos a carga no quadrado escolhido pelo Dr. Menezes e não nos aflige nem muito nem pouco se ele perde ou ganha a aposta. (por sinal até perdeu, mas é lá com ele).
O que nos fez "saltar a tampa" foi ter V. Exa. escrito, em definição da nossa terra:
" Apesar do nome assim (aceito que aceite que o nome é bonito e pomposo), Caldas de S. Jorge, em Santa Maria da Feira " É UM LUGAREJO DESCONHECIDO.
".Salta à evidência que V. Exa. não faz a mínima ideia do que é esta freguesia e, antes de mais, convém dizer que não é um lugarejo, no conceito comummente dado ao termo, nem é lugarejo no significado da palavra. V. Exa. nunca cá passou, nem sonha onde ficanem a sua dimensão. Não tem muita gente, é facto, mas tem uma Estância Termal que está no top ten de frequência e estará no top five de qualidade de serviços prestados.
É a terra mãe da indústria de equipamentos depuericultura (normalmente designado por CARRINHOS DE BÉBÉ) e continua a ser sede da BÉBÉCAR, das maiores da Península no sector.Se entender que deve corrigir a mão e a pena, escreva qualquer coisa sobre a indignação desta população.
José Marques Pinto da Silva
Rua do Lago, 5
4505-688 CALDAS DE S. JORGE

Convite...


Junto envio o convite para o V Encontro de Grupos Corais na Cidade de Santana, que esta Casa do Povo organizará no próximo dia 2 de Dezembro pelas 16 horas no Salão Paroquial de Santana.
Participarão neste evento o Grupo Coral da Casa do Povo de São Roque do Faial, o Grupo Coral e Instrumental da Casa do Povo da Ponta do Sol, o Grupo Coral do Centro Desporto Cultura e Recreio dos CTT e o Grupo Coral de São Vicente.
Na certeza que muito nos honraria a Vossa presença, agradeço, desde já, a Vossa disponibilidade.

Com os melhores cumprimentos.

O Presidente da Direcção
Heliodoro Dória

Em nome dos Administradores e colaboradores do CSJ Blog, agradecemos desde já o convite, principalmente vindo destes nossos amigos da Madeira.

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Razão antes de acontecer...

Os eleitores disseram que queriam determinada personalidade para presidente da Junta e disseram que, quanto aos vogais (secretário e tesoureiro), ficava a Assembleia mandatada para, de entre os nove eleitos, os escolher.

Quase me apetece dizer de goela aberta que tive razão antes do tempo. Na primeira altura em que se aventou a hipótese de renúncia geral das listas de 2005 da "Futuro Já" e do PS à Assembleia de Freguesia de Caldas de S. Jorge, logo fiz sentir, em reunião do órgão a que presido junto com integrantes da lista, que seria um erro, por um lado, porque seria possível, do meu ponto de vista, condicionar o presidente nos excessos que ia manifestando e, por outro, porque eleições poderiam redundar numa situação idêntica, com eventual mudança de presidente. E, na altura, nem sequer se sabia se, porventura, o então Presidente e pater de todos os problemas, não viria a ser o candidato do agrupamento em que estava integrado. Estava a representar o PSD.

Saiu o veredicto eleitoral e lá se confirmou a situação de vitória por margem mínima, proporcionando uma distribuição de três mandatos a cada força política (a CDU e BE não conseguiram qualquer expressão).

Isto significa que os eleitores disseram que queriam determinada personalidade para presidente da Junta e disseram que, quanto aos vogais (secretário e tesoureiro), ficava a Assembleia mandatada para, de entre os nove eleitos, os escolher.

E vários cenários se colocam desde logo. (1) A lista vencedora propõe dois candidatos seus e a maioria (PSD e PS) por voto afirmativo ou por abstenção deixa passar e fica um Executivo monocolor. É, claro, o que gostariam que acontecesse o presidente eleito e a sua lista. (2) A maioria propõe dois nomes (um de cada ou dois de um só) e constitui-se um Executivo tricolor ou bicolor, ao jeito do que estava antes das eleições. Há quem defenda esta solução. (3) A maioria não apresenta candidatos, mas rejeita a proposta da lista Ind. E, se assim acontecer e não houver recuo, cria-se uma situação de absoluto impasse só resolúvel com novo acto eleitoral. Resumindo, terá que haver um consenso negociado ou aceite por omissão.

Claro que quem haverá de fazer a opção final é a Assembleia de Freguesia depois de legitimada pela instalação e um que outro cenário começa a ter traços mais visíveis. Isto a partir de declarações isoladas e logo no post contagem dos votos. O Alexandre Pinto deixou sair que estaria disponível para deixar a lista com mais votos formar o Executivo. Será esse o pensamento dos outros dois eleitos? E o que pensa a Comissão Política Concelhia do PSD, a real impulsionadora da candidatura? Nas hostes do PS também já se ouve uma que outra voz a insinuar que, quem sabe, se calhar mais vale deixar os fulanos fazer a Junta. E os eleitos, o que pensam e dizem?

Sou um claro defensor dos executivos monocolores, formados por qualquer força que ganhe as eleições, nem que seja por um só voto. Mas…só e quando a Assembleia de Freguesia (outro tanto nas Municipais) tiver poderes para fiscalizar o exercício do poder do executivo. A todos os níveis. Agora só pode dizer sim ou não aos documentos base (orçamento e relatório e contas) e se disser não, não há consequências. Elege os vogais, mas não os pode destituir, mesmo que se manifestem verdadeiras inutilidades. Se apresentar uma moção de censura, mesmo que aprovada, não tem consequências. Depois de eleger os vogais da Junta, para que serve a Assembleia de Freguesia? Para autorizar a compra ou venda de património imobiliário? Se o houver
.
Quem ganhou e quem perdeu nestas intercalares de Caldas de S. Jorge? Claro que o grande vencedor foi a candidatura "Futura Já", porque arrecadou mais votos e foi roubar um mandato ao PSD, o maior derrotado na contagem de votos e mandatos. Mas e apesar de tudo, considero ser o PS o sofredor da maior derrota. Não pelos votos perdidos, mas porque foi a primeira vez que desceu ao terceiro lugar na escala eleitoral em Caldas de S. Jorge. Mesmo quando chegou a ter só dois mandatos não deixou de ser o segundo na tabela. Motivo para cogitar.

Já agora um desabafo contra certo populismo e demagogia mentirosa. É que a pedreira não fechou nem vai fechar e muito menos por influência de quem quer que seja. Fecha tanto como vai o muro abaixo. Lembram-se dos comunicados, editais e coisas mais? Trata-se de um pequeno período de transição advinda da transferência de propriedade. Certo? Do mesmo modo que o posto médico não vai fechar coisa nenhuma, como criminosamente andaram por aí a espalhar, provocando alarme junto de muita gente. Mas… parece que populismo e demagogia compensam.

♦ José Pinto da Silva
In Terras da Feira Online.

Presidente eleito abordou PSD e equaciona todos os cenários

Posse dos novos eleitos deverá ter lugar a 7 de Dezembro; a única certeza é que o presidente da Junta será José Martins, líder da lista mais votada.

O recém-eleito presidente da Junta de Caldas de S. Jorge está disposto a governar a freguesia mesmo que lhe seja imposto um executivo tricolor. Na ressaca de uma vitória eleitoral arrancada a “ferros” - nove votos mais do que o PSD e 25 do que o PS - José Martins só tem uma certeza: será o próximo presidente de Junta. Seja qual for o desfecho das negociações com outras forças políticas.

Leia mais na edição impressa do "Terras da Feira"

In Terras da Feira Online.

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Humor da Terra. "Tono do Pardal"

Olá cambada.. Antes de mais e para que não me insultem passo a apresentar-me. Sou o Tono do Pardal, mais conhecido aqui nesta nossa terrinha por Pardalito. Nestes últimos anos da minha já longa existência tenho bibido por aqui, de telhado em telhado sobreboando toda esta nossa terra cheia de charme e encanto. ( Afinal de contas não podemos estar sempre no mesmo local num é ? )

Tal como todos bós eu também estibe atento a todo o reboliço que se passou nesta freguesia.

Mas aquilo que eu mais gostei, que eu adorei mesmo foram os produtos de marketinge com que os nossos partidos nos brindaram. Por um lado foram os postalitos da antiguidade juntamente com um bloco de notas. Por outro os rebuçados para os putos (que os mais graúdos comeram) juntamente com as fitinhas porta-chaves cor de rosa e uma caneta; que coisa tão mimosa.

E os carros alegóricos? Num é que acordei um destes dias de manhã e pensei que tinha estado em coma e já era o carnabal? Era bêr o Herminio cabeça de fora do seu jipe e microfone em punho a gritar PSD enquanto se cruzava com o Martins na sua fragunete de atrelado e tudo com uma gravação de alguém que ninguém conseguiu perceber. E o senhor Jorge Pinto canudo? Sempre com a mesma música tipo: na na na na na nia nai ai... Foi o descalabro total. Isto foi mesmo uma campanha rica digna de um filme daqueles antigos. E nao é que tivemos avião e tudo caraças!!.. é berdade meus amigos. É berdade. Já para não falar das figuras públicas que nos foram bisitando nestas ultimas três semanas.

Conforme se foram aproximando as eleições, tudo começou a ficar mais claro... quanto todos acusabam um de comprar a rádio, o outro alugou-a por uns bons 100 minutinhos.. ah ah ah .

Mas aquilo que mais me marcou foi o dia das eleições. Mesa posta na Junta de Freguesia (afinal de contas um Pardal também come num é? e sendo a borla.!!!..) e boletins de botos a postos era ber o nerbosismo dos candidatos. Um para cada lado juntamente com os demais elementos das listas concorrentes a roerem as unhitas e cigarro atrás de cigarrito (quem diz cigarro diz cachimbo ) tentando conbencer os ainda indecisos. Foi um domingo e pêras este de 25 de Novembro de 2007. Muita afluência do eleitorado onde toda a gente quis vir botar? Era ber Avós, Pais , Netos, Sobrinhos, Tios e Primas, Reformados, Desempregados, Inválidos, Dorminhocos e ... Bêbados... è berdade cambada até um amigo embriagado foi votar de braço dado com outro (devido ao bento) após ter chegado de um fim de semana fora da terra vinte minutos antes do fecho das urnas. Falta saber qual deles fez a cruz no boletim de boto...

E bateram as dezanove horas e dez minutos quando rompe um grito no meio da escuridão soando IMDEPENDENTES. Foi um frenesim. A festa durou até as tantas e contou com as mais ilustres figuras de todos os partidos e cores políticas. Parecia o 25 de abril de 74. Até eu boei até lá para dar uma bicadas nos frangos de churrasco e nas tiras de entrecosto regadas com um bom tintol.

É assim cambada, para alguém festejar bitoria outro alguém tem de chorar a derrota. a ber bamos no que bai dar isto...

Daqui a dois anos há mais (ou antes)

Deste bosso amigo:

Tono do Pardal


Proxima edição: " O Homem que é eleitor a 45 anos em Caldas de São Jorge mas não podia votar por não constar no caderno eleitoral". Mais uma crónica de Tono do Pardal com o alto patrocinio de Caldas-são-jorge.blogspot.com. Estreia brevemente.

terça-feira, 27 de novembro de 2007

Pedra Grande encerra?

Correm rumores que a famosa pedreira denominada “Pedra Grande”, encerrou as suas “portas” na passada semana.
A confirmar-se esse desfecho, será caso para dizer que o Presidente da Associação de Moradores, eleito agora Presidente da Junta de Freguesia, já começou a cumprir as promessas eleitorais, mesmo sem ter tomado posse.
Talvez fosse este o desfecho previsível depois da entifada levada a cabo pela Associação de Moradores de Arcozelo e seus amigos, contra a “maior obra de engenharia” feita nos últimos anos em Caldas de S. Jorge (o muro de todas as lamentações).

Ora muito bem.
A questão reside em saber se ouve negócio ou não. Ou seja, se, como se diz para aí, os vizinhos “Cavaquinhos”, que estavam à frente, destacadíssimos, na corrida para a compra da dita “Pedra Grande”, consumaram ou não o negócio de milhões.

Sem querer profetizar o que seja, espero bem poder vir a enganar-me e que o problema até agora irresolúvel não se transforme num facto consumado só porque, a mudança do “primeiro nome” do proprietário a isso “aconselhará”.
Aguardam-se as cenas dos próximos capítulos.

Estaremos cá todos para ver.

FESTIVAL CINEMA LUSO BRASILEIRO.

Ass: Diana Mota.

Caldas São Jorge Blogspot recebe prémio...


1. Este prémio deve ser atribuído aos blogs que considerem serem bons, entende-se como bom os blogs que costuma visitar regularmente e onde deixa comentários.
2. Só e somente se recebeu o “Diz que até não é um mau blog”, deve escrever um post: - Indicando a pessoa que lhe deu o prémio com um link para o respectivo blog; - A tag do prémio;- As regras; - E a indicação de outros 7 blogs para receberem o prémio.3. Deve exibir orgulhosamente a tag do prémio no seu blog, de preferência com um link para o post em que fala dele.
4. (Opcional) Se quiser fazer publicidade ao blogger que teve a ideia de inventar este prémio, ou seja – Skynet - pode fazê-lo).

Queria agradecer ao Kaska, por ter atribuído este prémio ao Caldas Blog, e pela regra temos de escolher mais sete blog`s para atribuir este prémio. Os escolhidos por nós foram:

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Menezes falha «cartão amarelo» a Sócrates

PSD não conseguiu ganhar eleições intercalares em Caldas de São Jorge, Santa Maria da Feira

O PSD perdeu as eleições intercalares em Caldas de São Jorge, apesar do empenho pessoal de Luís Filipe Menezes.

Há oito dias, o líder laranja foi apoiar o candidato do seu partido, tendo afirmado então que uma vitória nesta freguesia de Santa Maria da Feira seria o primeiro passo para a derrota do PS e de José Sócrates nas legislativas de 2008.

Só que a lista independente «Futuro Já» ganhou as eleições intercalares de ontem para a assembleia de freguesia de Caldas de S. Jorge, no concelho de Santa Maria da Feira, frustrando as intenções do líder do PSD.

Menezes tinha desejado que este acto eleitoral inaugurasse um ciclo de vitórias do partido. «Votar em Alexandre Pinto é também votar no PSD em 2009, é mostrar um pequeno cartão amarelo ao Governo», disse na sua primeira acção de campanha como líder social-democrata.

A lista de Alexandre Pinto obteve 454 votos (31,88 por cento) e ficou em segundo, atrás da lista independente liderada por José Carlos Martins, que somou mais 9 votos (32,51 por cento).

Caldas de São Jorge é uma das 31 freguesias do concelho de Santa Maria da Feira, no norte do distrito de Aveiro. Conta com 2728 habitantes, segundo o Censos 2001/Instituto Nacional de Estatística, ocupando uma área total de 5,6 quilómetros quadrados.

O PS, que apresentou Jorge Pinto como cabeça-de-lista, ficou em terceiro lugar com 438 votos (30,76 por cento). As três primeiras listas - independentes, social-democratas e socialistas - elegeram três elementos, cada uma, para a assembleia de freguesia.

Estavam inscritos 2290 eleitores para as eleições, a que concorreram a Lista Independente Futuro Já, PSD, PS, CDU e Bloco de Esquerda.

Votaram 1469 eleitores, tendo-se registado 22 votos em branco e 14 nulos, e uma percentagem de abstenção de 35,85 por cento. As eleições resultam da renúncia, em 28 de Setembro passado, dos membros do PS e da Lista Unitária Independente aos seus mandatos na junta de freguesia.

Hermínio Mota (PSD), então presidente da junta de freguesia, ocupava o cargo há cerca de meio ano, tendo sucedido ao também social-democrata Fernando Coelho, entretanto falecido, eleito nas autárquicas de 2005.
In Portugal Diário / SOL / Lusa.

Independentes ganham na Feira

A assembleia de freguesia de Caldas de S. Jorge, de Santa Maria da Feira, foi conquistada pela lista de independentes "Futuro Já" nas eleições intercalares deste fim-de-semana, liderada por José Carlos Martins, vencendo os adversário do PS e do PSD.

Hermínio Mota, do PSD, já não é o presidente da Junta.

A eleições intercalares deveram-se ao abandono, em Setembro, dos cargos, pelo PS e Independentes, na Junta de Freguesia.

In On Line News - Aveiro

Aos órgãos de comunicação social...



A Coligação Democrática Unitária saúda a população das Caldas de S. Jorge pela elevada participação nas eleições intercalares do passado domingo.

Mesmo sem atingirem plenamente todos os seus objectivos, os candidatos da CDU deram um forte contributo para a participação dos eleitores e para o debate e resolução dos grandes problemas com que a freguesia se continua a debater.

O aumento significativo da votação obtida pela Coligação, num quadro adverso de uma nítida polarização e tendência para o voto útil, além da desproporção flagrante de recursos e meios usados na campanha em relação às restantes listas, constitui contudo um importante incentivo para a acção futura e atribui-lhe novas responsabilidades que, como sempre, não deixará de honrar.

Os resultados ditaram a repartição dos mandatos da futura Assembleia de Freguesia de forma igual por 3 forças políticas, que terão agora que respeitar a vontade expressa pelo voto dos caldenses e de facto assumirem de uma vez por todas a gestão da nossa terra sem rivalidades e lutas pessoais.

É precisamente esse o significado destas eleições. Que não pode portanto, ser defraudado e desrespeitado por ninguém.



Caldas de S. Jorge, 26 de Novembro de 2007


CDU / Caldas de S. Jorge

PERM na Quinta da Lage com decisão favorável condicionada

Ajustamento do “layout” do projecto para acautelar Pegadinhas e sistema de pré-tratamento dos efluentes antes do seu lançamento na rede de saneamento são algumas das condições colocadas.

O secretário de Estado do Ambiente, Humberto Rosa, emitiu uma declaração de impacte ambiental favorável condicionada à construção do Parque Empresarial de Reciclagem de Materiais na Quinta da Lage, na confluência das freguesias de Pigeiros e Caldas de S. Jorge.
Leia mais na edição impressa do "Terras da Feira"

In Terras da Feira Online.

O Futuro é Já, mas ainda com muitas incertezas.


José Martins, candidato mais votado, pede que o deixem governar, lembrando que prometera o mesmo na campanha.

PSD admite ponderar a viabilização do Executivo, “em nome da freguesia”, mas ainda não decidiu.

Cabeça-de-lista do PS põe o futuro nas mãos da lista vencedora.

A lista independente “Futuro Já” venceu as eleições das Caldas de S. Jorge, com mais nove votos do que a segunda força votada, o PSD. Mas sem maioria absoluta. Os nove mandatos são repartidos pela lista vencedora, o PSD e o PS, que arrecadaram três cada um. Será, pois, necessário um entendimento para que o Executivo seja constituído.
Total de votos
BE - 29
Futuro Já - 463 (3 mandatos)
CDU - 49
PS - 438 (3 mandatos)
PSD - 454 (3 mandatos)
Inscritos: 2.290
Votantes: 1497
Abstenção: 34,63 por cento
Veja todas as reacções, na edição impressa do "Terras da Feira"

In Terras da Feira Online.

domingo, 25 de novembro de 2007

Resultados....

1º Independentes - 454VOTOS
2º PSD - 445VOTOS
3º PS - 438VOTOS
4º CDU - 49VOTOS
5º BE - 21 VOTOS
3 - Mandatos para cada partido dos três primeiros.

NOVO PRESIDENTE DA JUNTA DE FREGUESIA DAS CALDAS DE S. JORGE



Nº da Abstenção a esta hora...

A esta hora nas mesas de votos a abstenção era de 37%,

faltando ainda mais de 30 minutos para o fecho das urnas.

Logo que se saiba os resultados serão publicados aqui no Caldas de S. Jorge Blogspot.

sábado, 24 de novembro de 2007

Vai iniciar-se o período de reflexâo....

Vai iniciar-se o período de reflexâo....
para a votação!
O blog entra de quarentena!
De férias!
De fim de semana!
Não publica comentários....
apenas notícias de interesse para a nossa Vila!
A partir das 19.00 horas de Domingo...
toca a rasgar nas vias do progresso!
É preciso avisar toda a gente!

Exmo. Sr. ou Sr.ª leitores do Caldas de S. Jorge Blog,

Recebi este e-mail de uma pessoa que muito apreço, e reflecti sobre o que ele me disse. Mediante o que tenho vindo a assistir nestes últimos dias, achei por bem fazer o que esta pessoa me aconselhou.

Por ser uma altura de decisão do futuro da freguesia, os comentários bem como notícias politicas estão “em fase de reflexão”, e logo que faça 19:00h este domingo, o Blog estará aberto a toda a população para comentar e dizer o que bem entender.

Espero que compreendam que a altura é muito importante para o futuro da freguesia.

Sem outro assunto de momento,

O Administrador do CSJ

Formação ao mais alto nível.

Formação ao mais alto nível.Promovido pela Federação das Colectividades de Cultura e Recreio de Santa Maria da Feira terá lugar sábado, dia 24 de Novembro na sede do Rancho Folclórico "As Florinhas" de Caldas de S. Jorge o encerramento da formação de Folclore com a presença de um grande número de grupos de Folclore do nosso concelho entre os quais o Rancho "As Florinhas" e o Grupo de Danças e Cantares das Margens do Rio Uíma,(Associações da nossa Vila)
No Domingo na sede do mesmo continua a formação de teatro também promovida pela FECOFEIRA onde também estão inscritas duas Associações da nossa Vila, O Rancho "As Florinhas" e a Associação Juventude Inquieta.
Felicito as colectividades e que continuem a trabalhar em plol do desenvolvimento e da cultura da nossa terra.
Uma amiga das tradições.

Vamos Votar


VAMOS VOTAR….

Os mais de dois mil eleitores caldenses estão a viver um período eleitoral que antecede e prepara a escolha do futuro presidente da Junta. É momento para que a cidadania conheça os projectos e as propostas que os vários candidatos defendem como alternativas para organizar a vida pública da nossa Vila. É momento em que cada eleitor é convocado a exercer a cidadania pelo voto. É momento de exercer o poder, com liberdade e consciência. Afinal, o voto é um direito fundamental, é poder, é exercício de cidadania.

Nas eleições autárquicas está em jogo a criação de condições para que a cidadania possa dizer o que quer e como quer organizar a autarquia, o mais próximo espaço colectivo de convivência e de exercício da cidadania. Não se trata apenas de escolher este ou aquele candidato a presidente. Trata-se de escolher Lista e Homens que efectivamente demonstrem respeito à comunidade e compromisso com a implementação de políticas públicas que venham para atender às necessidades da população.

A escolha de cada eleitor precisa ser livre e cidadã. Para isso, é necessário basear o voto em convicções e em argumentos. Não basta votar por qualquer motivo. É preciso que cada eleitor tenha bons motivos para votar. Receber algum favor pessoal, promessas vazias ou de boa vontade, uns metros de brita ou areia, alguns tijolos e até dinheiro não são, definitivamente, bons motivos para votar. Aliás, são motivos muito contraditórios. São exactamente motivos para não votar nesse candidato que os apresentar ou propuser. Votar dessa forma é deixar de ser livre e fazer do voto um produto de compra e venda.

AMIGOS VOTEMOS EM CONSCIENCIA. POIS ESTA É A BASE DA RAZÃO….

ÀGUIA ATENTA

Comunicado - CDU

A RÀDIO CLUBE DA FEIRA DESRESPEITOU
A POPULAÇÂO DAS CALDAS DE S. JORGE !


O Impensável aconteceu. Ao contrário do que havia anunciado publicamente e acordado inclusive com todas as candidaturas às eleições para a Assembleia da Freguesia do próximo domingo de que o debate com os respectivos cabeças de lista se realizaria ontem à noite na Vila termal, a Rádio Clube da Feira, num gesto inadmissível, resolveu, a poucas horas do seu início, invocando razões “tecnicas“, transferi-lo para o seu próprio estúdio.

Perante o insólito e a gravidade da situação, que impedia a presença e a participação dos eleitores das Caldas de S. Jorge no citado debate, o candidato da CDU, depois de acusar a direcção deste órgão de comunicação social de desrespeitar a população desta freguesia, abandonou o estúdio em solidariedade com a mesma, logo secundado pela maioria dos outros intervenientes.

Infelizmente esta opção limitativa do debate democrático não constitui novidade por parte desta Rádio. Na verdade, são conhecidas as várias tentativas que a mesma fez nas últimas semanas para reduzir as entrevistas a só alguns dos candidatos, o que só não se concretizou pela pronta e decidida imposição dos restantes, incluindo do cabeça de lista da CDU.

A Rádio Clube da Feira, além do respeito pela lei eleitoral a que está obrigada, tratando por igual todas as candidaturas, não pode defraudar desta forma os compromissos assumidos e muito menos o direito de participação da população das Caldas de S. Jorge.


StªMª da Feira, 23 de Novembro de 2007

CDU/ Caldas de S.Jorge

CDU / StªMª da Feira, R: João António de Andrade, 4 – 4520-232 StªMª da Feira
Telefone/fax 256-363745; email: pcp.feira@gmail.com

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

COMUNICADO "PARTIDO SOCIALISTA"

COMUNICADO

A candidatura do Partido Socialista vem repudiar com toda a veemência as atoardas que andaram ontem, quinta feira, a ser difundidas pela freguesia através de aparelhagem sonora, àcerca do eventual encerramento do POSTO MÉDICO.

Logo que apareceu a primeira indicação de alarme (indevido e injusto, saído talvez intencionalmente e com fins obscuros), elementos da nossa Candidatura contactaram quer a responsável do nosso Posto Médico, quer a Direcção do Centro de Saúde de S. M. Feira e foi dada a garantia de que o nosso Posto de Saúde continuaria nas mesmas condições. A Sra. Dra. Alice, que vai para outro lugar, será substituída, bem como a enfermeira que também sairá.

Saúda-se o comunicado da Candidatura "FUTURO JÁ" a desmentir a atoarda, pois colheu as informações na mesma origem e espera-se que, por detrás do irresponsável difusor deste alarme injusto para a população de Caldas de S. Jorge, não esteja qualquer interesse eleitoral inconfessável.
A Candidatura do Partido Socialista
In PS Blogspot

ENCERRAMENTO DE CAMPANHA


A candidatura do Partido Socialista às Intercalares de 25 de Novembro, para a Eleição da Assembleia de Freguesia de Caldas de S. Jorge, informa que a sessão de encerramento de campanha, será realizada na Sexta-Feira, dia 23 de Novembro no Restaurante Taverna, pelas 20 horas, e contará com a presença do;

Dr. Miranda Calha (Coordenador Nacional do PS para as Autárquicas),

Dr. Afonso Candal (Presidente da Federação Distrital do PS – Aveiro),

Dr. Costa Amorim (Deputado pelo Circulo de Aveiro),

Dr.ª Margarida Gariso (Presidente da Concelhia do PS – Feira),

entre outros.

Este jantar pretende ser, acima de tudo, um momento de confraternização de todos os apoiantes e simpatizantes da lista do Partido Socialista, demonstrando o apoio incondicional ao Sr. Jorge Pinto, que se espera poder vir a ser, a partir deste Domingo, o novo Presidente da Junta de Freguesia de Caldas de S. Jorge.

In PS Blogspot.

Comunicado - lista Independente Futuro Já


Comunicado

"DEBATE NA RCF"

A Lista Futuro Já, vem informar das razões que justificaram a ausência do nosso cabeça de lista José Carlos Baptista Martins no debate que seria promovido pela Rádio Clube da Feira.

O debate estava marcado para o salão paroquial de Caldas de S. Jorge, seria moderado pelo director de programas Nélson Pais.
Razões de ordem interna da mesma rádio impediram que Nelson Pais estivesse presente nas caldas de S. Jorge.
Pelas mesmas razões a Rádio Clube da Feira informou a nossa candidatura que o debate seria nos estúdios e que a moderação seria da responsabilidade de outra pessoa.
Em solidariedade com um grande número de populares que tinham manifestado interesse em marcar presença no salão paroquial com o sentido responsável de ouvir as diferentes propostas, decidimos não participar no mesmo.
A tranquilidade da nossa decisão está provada pelo facto das outras candidaturas terem feito o mesmo, exceptuando uma, aproveitou a oportunidade de falar sozinho, já que o vazio de ideias o impede de debater com os adversários.
Salientamos o facto de o nosso cabeça de lista ter sido chamado de mentiroso num momento oportunista e demagogo quer do candidato isolado, quer do moderador.
Devolvemos o apelido de mentiroso a quem o proferiu.

O Sr. Ângelo Pedrosa numa iniciativa idêntica à que fez no Jornal Correio da Feira tentou beneficiar o “amigo” fazendo uma segunda entrevista ao candidato do Partido Socialista violando todas as regras do jornalismo, da independência e do pluralismo.
Tendo nós tomado conhecimento dessa entrevista, a nossa candidatura questionou o Director de Programas da Rádio Clube da Feira sobre os critérios utilizados ao que nos informou que ia investigar o sucedido.
Certo que algumas horas depois o nosso candidato José Martins recebeu um telefonema da parte de Ângelo Pedrosa, convidando-o para uma entrevista e informando-o de que apenas seriam convidados os nossos cabeças de lista e do PSD, José Martins e Alexandre Pinto.
Perante esta informação, José Martins informou que só participaria nesta entrevista se a RCF garantisse que todas as candidaturas sem excepção seriam convidadas.
Nesse pressuposto contactou Alexandre Pinto informando-o das pretensões de Ângelo Pedrosa e da decisão que entretanto tomou, isto é, aceitar a mesma, depois de garantidas as entrevistas a todos os candidatos.
José Martins só participou na entrevista depois de todos os candidatos lhe terem garantido que tinham sido convidados.
Nelson Pais director de programas na altura foi informado em cada passo e poderá se entender confirmar a veracidade destes factos.

_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-_-

Comunicado "CENTRO DE SAÚDE"

foi lançada uma notícia que alarmou a nossa Freguesia - a possibilidade do fecho do Posto Médico de Caldas de São Jorge. A verdade é que este assunto já tinha sido aflorado anteriormente pela nossa lista quando alertamos para o risco de tal acontecimento, fruto da negligência do anterior executivo da Junta de Freguesia ao não garantir um conjunto de melhoramentos mínimos e essenciais para o seu bom funcionamento.

Devido ao alarme agora criado por esta notícia, a nossa candidatura solicitou uma reunião com carácter de urgência com a Direcção do Centro de Saúde de Santa Maria da Feira. Fomos recebidos por responsáveis do Centro de Saúde que nos deram garantias de que o nosso Posto Médico não irá encerrar.

Explicaram-nos que há três anos atrás se a Junta de Freguesia de Caldas de São Jorge tivesse garantido mais um gabinete, que teria sido colocado mais um médico residente nesta unidade de saúde. Depois da promessa não cumprida do melhoramento necessário, o médico não foi colocado.

De acordo com estes responsáveis o que vai acontecer, é que no próximo dia 21 de Dezembro vai entrar em funcionamento a nova Unidade de Saúde Familiar de Santa Maria da Feira. A Senhora Doutora Alice e as Senhoras Enfermeiras colocadas, até aqui, em Caldas de São Jorge irão desempenhar as suas funções nesta nova unidade de saúde.

No entanto, ficou a garantia de que irão ser colocadas duas novas enfermeiras, no nosso Posto Médico, assegurando, assim, o normal funcionamento do serviço nas Caldas de São Jorge. A substituição da Senhora Doutora Alice vai decorrer em sistema de reforço, o que significa médicos diferentes a prestarem serviço rotativamente garantindo dessa forma com a eficácia possível as consultas de clínica geral.

Segundo estes responsáveis não estão no horizonte previsões para o encerramento do Posto Médico de Caldas de São Jorge. Colocaram-se também à disposição para prestarem mais esclarecimentos à população se for necessário.

Lista Unitária Independente
FUTURO JÁ

Bomba... "POSTO MÉDICO"

Exmos. Senhores,

Afinal é uma bomba de pó de talco. Falámos com a Sra. Dra. Alice e esteve um emissário a falar no Centro na Feira, quer qom quem coordena médicos, quer quem coordena enfermeiros.
Disse-nos a Dra. Alice ser verdade ir sair para constituir uma USF e levará uma enfermeira. Mas o seu lugar haverá de ser coberto ou por outro médico designado, ou por médicos destacados pontualmente, como a Dra. Alice ia de quando em vez "tapar" em Romariz, Milheirós, etc. Continuaremos, pois, a ter a mesma cobertura médica. Podemos ter azar de ter pior médico do que ela? Oxalá não. O mesmo quanto à enfermeira.
O espalhar de semelhante notícia e da forma como foi feito é irresponsável. De resto, ao que sabemos, o José Martins contactou também a Feira e está em condições de confirmar isto mesmo.
Acho que o Sr. Administrador deveria procurar confirmar em detalhe a situação e.se achar por bem, para bem da terra, desmentir tudo o que tem sido por aí abaixo dito em comentários despropositados.
Cumprimentos.

José Pinto da Silva

Exmo. Sr. José Pinto da Silva e Leitores do Blog,

Eu como Administrador do Blog das Caldas, tenho por obrigação informar a população do que me chega à “redacção”. No entanto antes de publicar-mos, neste caso a notícia da possibilidade de vir a encerrar valências do Posto Médico, foi-nos confirmado por pessoas bem estabelecidas no Centro de Saúde de Santa Maria da Feira a notícia por nós ontem publicada. No entanto a resposta oficial que nos deram hoje a esta questão foi a seguinte:

- O “Posto Médico” vai sofrer reestruturação de quadros no âmbito da mobilidade dos profissionais, sendo movidos as duas enfermeiras, juntamente com uma médica, mas que serão substituídos por outros profissionais, no caso das enfermeiras. Quanto à médica será substituída por médicos alternativos que serão variados consoante a disponibilidade dos mesmos. Podendo os utentes optarem por ficarem a ser atendidos por médicos rotativos ou mudarem-se para Fiães juntamente com a médica.
Com consideração,
O Administrador do CSJ

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Grupo Coral de Santa Cecília... 34º Aniversário

22 de Novembro 19.30 horas

Grupo Coral de Santa Cecília... 34º Aniversário


22 de Novembro 19.30 horas
Grupo Coral de Santa Cecília... 34º Aniversário


Era pelo ano de 1973. Nasceu a vontade firme de animar a Liturgia com cânticos e música. É o núcleo inicial do Grupo Coral de Santa Cecília. Caminhou, cresceu e conta com 34 anos de Existência.

Parabéns!



Parabéns!

Ocorreu pelo ano 230 o martírio de Santa Cecília, Virgem e Mártir. Sòmente pelo ano 316 com a pax romana de Constantino terminou a perseguição e martírio dos cristãos. Exemplar a conduta desta cristã e do seu marido Valeriano e cunhado Tibúrcio que põem de parte vaidades deste mundo e entregam-se ao martírio não sacrificando aos deuses e sendo testemunhos para os outros cristãos mesmo os mais periclitantes!

DEBATE SEM MICROFONES ANTES, LEVAM OS CANDIDATOS A VIR EMBORA SEM DEBATER.

Pelo que se sabe a vergonhosa maneira em que os cidadões das Caldas foram tratados pela Rádio Clube da Feira levou a que a maioria dos candidatos abandonasse a rádio antes do debate.

Debate na rádio ao vivo cancelado...

Por motivos de falhas técnicas a Rádio Clube da Feira, cancelou o debate e passou para os estúdios da rádio.

Quem quiser acompanhar o debate tem de sintonizar a rádio e ouvir em casa.


Ao que se diz, as pessoas que estavam para ver o debate ao vivo, vão-se juntar no café do "vizinho" para ouvirem em conjunto. por isso não perca este debate...

Posto Médico vai parcialmente fechar...

Por fontes de alguém ligado à Delegação de Saúde do Norte, na qual nos comprometemos não revelar, foi-nos avançado que entre os dias 15 e 17 do próximo mês fechará definitivamente a parte de enfermagem do Posto Médico das Caldas de S. Jorge.

Disse a mesma fonte que a médica Dra. Alice vai também ser transferida juntamente com a secção de enfermagem ficando o Posto Médico a trabalhar somente com uma médica, Dra. Filomena, sendo a maior parte dos utentes transferidos para Fiães.

Pelo que o Blog apurou tudo isto se deveu à autarquia local ter recusado construir uma nova sala, que teria custos baixíssimos e que era viável com o dinheiro apurado apenas com a venda das sepulturas. Essa nova sala teria evitado tudo isto, bem como ainda trazia um novo médico para esta unidade de saúde.

Esta é uma das mais tristes notícias que o blog está a publicar. È não esquecer que o Zouvineiro em tempos já tinha alertado a população para esta possibilidade e que o delegado de saúde de Santa Maria da Feira, estava a adormecer a população para espetar a estucada final.

Pelos vistos o Sr. Zouvineiro não se enganou, até porque as enfermeiras já foram tirar medidas para a nova farda, da clínica que se chamará “TERRAS DE SANTA MARIA”.

Queixas dão entrada na CNE contra Correio da Feira...

Pelo que o Blogue conseguiu apurar deu entrada hoje na CNE (comissão Nacional de Eleições) várias queixas contra um órgão de comunicação social, nomeadamente o Jornal Correio da Feira.

Pelo que aporei a CDU foi o primeiro partido a efectuar a queixa, seguida do PSD e Futuro Já, só não foi possível saber se o Bloco de Esquerda também efectuou a queixa.

Mas de acordo com o responsável da CNE a CDU passado poucos minutos de ter enviado o fax a alertar para a não isenção do Correio da Feira, enviou novamente outro fax retirando a mesma queixa. Pelo que nos foi dito na CNE está a ser averiguadas as queixas bem como a causa da CDU para retirar a mesma reclamação.

Logo que tenhamos mais informações divulgaremos a todos os leitores do CSJ Blogspot.

Cinco à procura do tempo perdido

Ilha, espaço emblemático das Caldas de S. Jorge. Todas as condidaturas propõem intervenção.

São 2.290 os eleitores aptos a votar. Haverá duas secções de voto, ambas na biblioteca escolar, frente ao edifício da Junta.

A requalificação do espaço conhecido como “Ilha” e o centro escolar dominam as propostas das cinco forças concorrentes às eleições autárquicas intercalares que vão definir as novas Assembleia e Junta de Freguesia das Caldas de S. Jorge.
A edição impressa do "Terras da Feira" publica nesta edição os programas e as listas concorrentes ao acto eleitoral de domingo.
In Terras da Feira Online.

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Setenta candeeiros desaparecem do cemitério.

Vários cemitérios do concelho de Santa Maria da Feira estão a ser alvo predilecto de ladrões que se apoderam de centenas de objectos em bronze e outros metais facilmente vendidos no mercado negro. Na madrugada de anteontem foi a vez do cemitério das Caldas de S. Jorge receber a "visita" de assaltantes que roubaram cerca de 70 candeeiros. Este caso vem juntar-se a outros idênticos ocorridos, nas últimas semanas, na cidade da Feira e em S. João de Ver, Fornos e Rio Meão.
"Isto é inadmissível. Se os apanhasse aqui nem sei o que lhes faria". A afirmação pertence a Fernando Santos, o zelador do cemitério das Caldas de S. Jorge. Reflectindo a indignação da população, confirma que os ladrões aproveitaram a escuridão da noite para "rebentar com o portão de acesso para deficientes e roubarem os candeeiros".
"Desatarraxaram os candeeiros que se encontravam presos às pedras de mármore e atiraram as velas para o interior de uma sepultura vazia", explica o zelador do cemitério das Caldas.
Não havendo ninguém identificado, as suspeitas recaem sobre um condutor de uma viatura preta que, dizem testemunhas, andou a rondar o local durante a semana. "Ele não era daqui e perguntava se havia pessoas que quisessem vender baterias usadas" recorda Fernando Santos.
O cemitério da Feira foi também alvo de um assaltado recente. Então, os ladrões levaram cerca de uma centena de candeeiros de bronze depois de rebentarem um dos portões. Uma semana antes, furtaram duas vezes o cemitério de Rio Meão, e uma o de S. Paio de Oleiros e de S. João de Ver.
Alguns dos candeeiros de bronze furtados custaram mais de 120 euros. Depois de fundido, o bronze pode ser vendido no mercado negro a cerca de 100 euros o quilo. As autoridades tomaram conta da ocorrência.
In JN Online.

RESULTADO FINAL DA SONDAGEM.

EM QUE PARTIDO VAI VOTAR.
.
PS 157 VOTOS (31%)
.
FUTURO JÁ 153 VOTOS (30%)

BLOCO DE ESQUERDA 77 VOTOS (15%)

PSD 70 VOTOS (13%)

CDU 18 VOTOS (3%)

NÃO VOU VOTAR 30 VOTOS (5%)

TOTAL DE VOTOS: 505

O NOSSO DINHEIRO PARA ONDE VAI??

Um dia destes estava no campo de futebol a observar os nossos rapazes e lateralmente alguém falava das diversas dificuldades, em gerir toda aquela máquina, principalmente no aspecto financeiro.

Não deve ser nada fácil, concerteza. Trabalhar em prol de Associações, é quase sempre um trabalho inglório, e nem sempre reconhecido.

Mas, como estamos em período de campanha, naturalmente as ideias devem ser lançadas, debatidas e, se fundamentadas postas em prática.

E agora pergunto eu?
- Não seria possível as nossas empresas e todos os trabalhadores individualmente, assinalarem nas declarações do IRS e IRC, que desejam que uma parte dos seus impostos seja aplicada na nossa Vila?.
- Não seria mais confortável eu saber que os meus impostos (ou parte deles) são aplicados na minha terra?
Se assim for possível, solicito à nossa Junta de freguesia que promova uma campanha neste sentido, sensibilizando a nossa população para o “Cá se paga, cá se gastam”.

Temos muitas associações que de certeza agradeciam este feito, e ajudariam esta terra a ser grande

ÀGUIA ATENTA

terça-feira, 20 de novembro de 2007

20 de Novembro - Dia Universal da Criança

Em 1954, a Assembleia Geral das Nações Unidas recomendou [resolução 836 (IX)] que todos os países instituíssem o Dia Universal da Criança, para celebrar a fraternidade e compreensão entre as crianças do mundo inteiro e organizar actividades adequadas à promoção do bem-estar de todas as crianças. Propôs que celebrassem o Dia na data e da forma que cada um considerasse mais conveniente. A 20 de Novembro assinala-se o aniversário do dia em que a Assembleia aprovou a Declaração sobre os Direitos da Criança, em 1959, e a Convenção sobre os Direitos da Crianças, em 1989.

Participação dos leitores

Entramos na recta final da campanha eleitoral para as eleições intercalares de 25 de Novembro. De certa forma, a campanha tem decorrido com elevação e respeito mútuo entre as diversas listas candidatas à Assembleia de Freguesia.
Ao nível do CSJ blogspot, temos procurado retractar tudo o que de mais relevante vai acontecendo e é nosso objectivo continuar esse trabalho.
No entanto, alguns comentários (de alguns leitores) têm ultrapassado os limites do razoável, razão pela qual nos vemos obrigados a apelar, mais uma vez, à serenidade de todos e a reforçar a ideia de que “... a nossa liberdade termina quando começa a dos outros...”.
Este blog não me pertence nem aos restantes administradores e colaboradores assíduos.
Este espaço é de todos e é para todos. Este é um espaço da terra e para a terra.
Não se esqueçam que todos os candidatos e todos quantos integram as listas são pessoas conhecidas, respeitáveis cidadãos e homens ou mulheres de família que têm direito a serem respeitados.
Apela-se mais uma vez ao civismo e ao respeito perante quem teve a coragem e disponibilidade de se candidatar à Assembleia de Freguesia.
Façamos deste espaço um local para debate de ideias e de projectos para Caldas de S. Jorge.
Por fim, não hesitaremos em accionar a moderação dos comentários caso as intervenções dos leitores a isso nos obrigue...

Personalidades Relevantes de C.S.Jorge.

Miguel Miranda nasceu no Porto, em 1956. Licenciou-se em medicina em 1979, especializando-se em Medicina Familiar. É membro da Associação Portuguesa de Escritores, da Associação de Escritores de Gaia, da Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto e do Pen Clube Português. Venceu o Grande prémio do Conto 1996 APE com o livro Contos à Moda do Porto e o Prémio Caminho de Literatura Policial 1997 com o livro: O Estranho Caso do Cadáver Sorridente. Em 2002 recebeu a medalha de ouro de mérito cultural e científico do município de V. N. Gaia. Está representado no Dicionário de Personalidades Portuenses de Século XX - publicado pela Porto Capital da Cultura 2001. Participou em várias colectâneas de contos: Dez Contos com Livro Dentro (Campo das Letras Editores, 2004); Quarenta (Publicações D. Quixote, 2005); Os Melhores Amigos (Texto Editores, 2006). Está traduzido em Itália com a obra Due Avvoltoi Crocifissi nel Cielo (Nonsoloparole Edizioni, 2006).

Obras publicadas: O Complexo de Sotavento (Athena Editora, romance, 1992); Contos à Moda do Porto (Edições Afrontamento, contos, 1996); Caçadores de Sonhos (Edições Bial, 1996); Bailado de Sombras (Edições Afrontamento, romance, 1997); O Estranho Caso do Cadáver Sorridente (Editorial Caminho, 1998); Livrai-nos do Mal (Campo das Letras, romance, 1999); A Mulher que Usava o Gato Enrolado ao Pescoço (contos, Edições Afrontamento, 2000); A Maldição do Louva-a-Deus (romance, Campo das Letras, 2001; prémio de ficção Fialho de Almeida 2001 da SOPEAM); Dois Urubus Pregados no Céu (romance policial, Campo das Letras, 2002); A Princesa Voadora (literatura infantil, Campo das Letras, 2003); Como se Fosse o Último (contos, Campo das Letras, 2004); Caçadores de Sonhos (literatura infanto-juvenil, Campo das Letras Editores, 2004) O Silêncio das Carpideiras (romance, Publicações D. Quixote, 2005)

COMENTÁRIOS

«...A história que cada conto conta raramente é a que está à vista, é antes a "outra" história, a história que, sob a história narrada, pulsa como um fio de água subterrâneo correndo entre as circunstâncias e os episódios da narração e desaguando lentamente no coração, mais do que na razão, da leitura.» Manuel António Pina, texto de apresentação de Contos à Moda do Porto, Ateneu Comercial do Porto, 27/02/1996.

«ALTAMENTE – ... uma expressão enxuta, exacta, por vezes envolvente e alada.» Fernando Venâncio, sobre Contos à Moda do Porto, JL, 10/04/1996.

«O PRAZER DA DESCOBERTA – Congeminar ou idealizar, escrever e convencer, são nesta obra atributos indesmentíveis, independentemente do grau de fantasia efabuladora, que é verdadeiramente surpreendente.» Ramiro Teixeira, sobre Contos à Moda do Porto, Primeiro de Janeiro, 5/05/1996 e Matinha, 5/05/1996.

«Pela escrita de Miguel Miranda se revela que o autor está apaixonado pelas pessoas.» José Manuel Mendes, texto de apresentação de Bailado de Sombras, Ateneu Comercial do Porto, 28/11/97.

«GARBOSO – Surpresa já não era. A grande qualidade narrativa era previsível. A malícia da linguagem fazia parte da promessa. O desenlace é altamente inesperado.» Fernando Venâncio, sobre O Estranho caso do Cadáver Sorridente, JL, 8/04/1998.

«A verdadeira dimensão do romance está muito para além do traje policial que o reveste.» Mário Cláudio, texto de apresentação de O Estranho Caso do Cadáver Sorridente, Convento dos Loios, Santa Maria da Feira, 17/04/1998.

«Em O Estranho Caso do Cadáver Sorridente, Prémio Caminho de Literatura Policial, Miguel Miranda mistura ingleses gananciosos e ex-operacionais do período revolucionário, criando uma mistura explosiva.» Francisco Mangas, DN, 12/051998.

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Chove nas Caldas!!! Uma bênção!!!





Chove nas Caldas!!! Uma bênção!!!

Assalto e vandalismo no cemitério...

Esta noite o cemitério das Caldas de S. Jorge foi alvo de assalto e de vandalismo por parte de larápios, que simplesmente limitaram-se a roubar 74 candeeiros em cobre e bronze e umas centenas de imitações de chama de vela.

È caso para dizer que já nada está a salvo, nem mesmos o cemitério, que é um local sagrado para todas as religiões sem excepção.

Foi pela madrugada dentro, em que o cemitério novo, foi o mais atingido. Tendo os ladrões entrado pela porta de acesso a deficientes que fica nas traseiras, destruindo parte do muro de suporte da estrutura da porta.

As autoridades foram chamadas ao local, mas pelo que nos comunicaram, foi impossível a tentativa de descobrir as impressões digitais, visto durante o inicio da manha ter chovido bastante.

Operação faz 30 detenções por crimes na estrada



A operação policial “Distrito Seguro 2007” desenvolvida pela PSP e GNR nas noites de sexta-feira e sábado, em vários pontos do distrito de Aveiro, para «prevenir comportamentos de risco de âmbito rodoviário», fiscalizaram 2145 viaturas, de onde resultaram 221 autos de contra-ordenação por infracções ao Código da Estrada, resultando ainda 30 detenções por crimes rodoviários.
A operaçãom foi realizada através da colocação de postos de controlo no terreno; controlo e fiscalização de velocidade; controlo e fiscalização da taxa de alcoolémia no sangue; controlo e fiscalização de posse de estupefacientes e armas proibidas; controlo e fiscalização de viaturas furtadas/roubadas, bem como o controlo e fiscalização de viaturas que transportem indivíduos suspeitos da prática de furtos/roubos e outros ilícitos criminais».
Foram montados diversos postos de controlo (STOP'S), nomeadamente em Aveiro, Espinho, S. João da Madeira, Santa Maria da Feira e Ovar, Anadia e Águeda, nos quais foram fiscalizadas viaturas e respectivos condutores/passageiros.
O SEF – Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, de Aveiro, realizou uma operação na noite de sábado em estabelecimentos de diversão nocturna, de controlo de cidadãos estrangeiros de que resultou a identificação de 6 cidadãs estrangeiras, tendo sido detectadas 4 com permanência irregular em território nacional e 1 já arguida em processo de expulsão em curso tendo uma entidade empregadora sido alvo de aplicação das respectivas coimas.

«Os portugueses devem castigar o PS»

António Guterres e José Sócrates desbarataram o crédito de desenvolvimento que tinha sido deixado ao país pelos governos de Cavaco Silva, considerou Luís Filipe Menezes, nas Caldas de S. Jorge, em Santa Maria da Feira.

«Os portugueses devem castigar de forma irreversível o PS», afirmou o presidente do PSD, sublinhando que está crente de que o seu partido vai entrar «num ciclo eleitoral vitorioso», que fará dele o novo primeiro-ministro, em 2009. Realçou que o país «vai continuar a empobrecer face à média da União Europeia».

E fez as contas, constatando que, após os governos de Cavaco Silva, o PS ocupou o poder «durante três quartos do tempo». «O país está mal devido às governações de Guterres e de Sócrates», sublinhou.

Informa a agência Lusa.

Líder do PSD esteve em Caldas de S. Jorge em campanha "Menezes acusa governação do PS"

Luís Filipe Meneses criticou ontem o governo socialista durante a campanha eleitoral para as eleições intercalares da junta de freguesia de Caldas de S. Jorge, aproveitando para apontar baterias para as eleições legislativas de 2009.
O líder social-democrata apelou, perante algumas centenas de apoiantes, ao voto no PSD para as eleições da Junta de Freguesia das Caldas de S. Jorge, do concelho de Santa Maria da Feira, afirmando que a vitória na localidade será “a primeira de muitas vitórias” e que votar no PSD nas eleições intercalares da localidade é igualmente “mostrar um pequeno cartão amarelo a José Sócrates”. Filipe Menezes afirmou que, quanto a 2009, “É evidente que não há nenhuma eleição fácil”. Em democracia é preciso trabalhar muito, ter propostas claras, fazer por merecer. Mas nós temos todas as razões para acreditar que merecemos ganhar em 2009 e que o País precisa de nós em 2009”, disse. O líder social-democrata acusou José Sócrates de “passar a vida a olhar para o passado, a apontar erros do passado ao PSD”, lembrando-os, na sua óptica, “dez anos em que com o PSD se levou a democracia a ser uma democracia escorreita, os dez anos em que com o professor Cavaco Silva se modernizou Portugal”, acusando os governos socialistas de Barroso e Sócrates pela actual situação do País. “São estes doze anos e meio, desde que Cavaco Silva deixou de ser primeiro-ministro em que o País andou para trás, em que o País se afastou da Europa”, disse, isentando o PSD de responsabilidades, uma vez que governou somente “pouco mais de dois anos”.Luís Filipe Menezes aproveitou ainda para chamar a atenção para as promessas socialistas não cumpridas, questionando os “dois anos e meio [de Governo] com maioria absoluta, com um Presidente da República escrupuloso no apoio institucional, com a Europa a crescer a um nível muito aceitável, sem os problemas de terrorismo internacional que causaram a instabilidade no ciclo anterior de liderança PSD”.“Aumentou impostos, faltou a compromissos, quer obrigar os portugueses a pagar portagens quando há poucos anos atrás dizia que iria ser eleito porque iria isentar as SCTUT de portagens, fez com que se pague mais na saúde, com que se pague mais na educação, mas em contrapartida, a meio do mandato, já se sabe que vamos ter mais quatro anos em que os portugueses vão continuar a empobrecer”, acusou, apelando ao voto na equipa liderada por Alexandre Pinto para as intercalares da junta de freguesia, mas tendo já como alvo as legislativas de 2009.
HOJE IN PRIMEIRO DE JANEIRO.

Participação nas Termas e limpeza do Uíma na agenda dos candidatos.


As intercalares estão marcadas para o dia 25. Até lá, cinco candidatos andam pelas ruas da vila em campanha.

Após a “queda” do executivo da Junta de Freguesia de Caldas de S. Jorge apontam-se baterias para o acto eleitoral que se segue. As intercalares estão marcadas para o dia 25. Até lá, cinco candidatos andam pelas ruas da vila em campanha. A apresentar ideias, a prometer o que garantem que podem cumprir. O “TF” ouviu os cabeças de lista sobre as propostas que têm para a freguesia. As principais linhas de acção, os motivos das candidaturas, quais as prioridades imediatas, o que farão se não houver maioria absoluta, a avaliação que fazem do crescimento da terra. Jorge Pinto encabeça a lista do PS, José Martins volta a concorrer pelo grupo independente Futuro Já, António Resende apresenta-se pela CDU, Jorge Santos pelo BE e Alexandre Pinto estreia-se pelo PSD.
Leia entrevistas com todos os candidatos, na edição impressa do "Terras da Feira"
IN TERRAS DA FEIRA ONLINE.

domingo, 18 de novembro de 2007

A MELHOR FOTO DO DIA ! ! !


FESTA COMÍCIO DA CANDIDATURA DO PSD.

Momentos de Campanha...



POR UM FUTURO MAIS DOCE...A Candidatura distribui aos mais novos (e aos menos novos) um original brinde.Sente-se Esperança nesse futuro.Um futuro em que Caldas de S. Jorge assuma o seu verdadeiro desígnio.O calor e as mensagens de incentivo e apoio são cada vez mais.Denota-se que muitos são os jovens que estão com o PS.

Dr. Costa Amorim, distinto Deputado do PS pelo Circulo de Aveiro, junta-se à caravana Socialista.É conhecida a sua especial simpatia pela Vila de Caldas de S. Jorge.Estamos certos que o Dr. Costa Amorim contribuirá, naquilo que lhe for possível, para o desenvolvimento de Caldas de S. Jorge.Mais uma vez, o PS vai ao encontro das pessoas.O PS fala com as pessoas.O PS trabalha para e com as pessoas...


Domingo, 18 de Novembro.Nova iniciativa levada a cabo pela Lista do Partido Socialista.Em Azevedo, lugar muitas vezes esquecido, mas que o PS olhará com especial atenção, a candidatura apresentou aos eleitores os seus propósitos.Grupo de Tambores anima a Campanha e confere-lhe uma maior alegria.Há pessoas que vêm ter connosco apresentando as suas ideias e depositando no PS a confiança necessária para levar a cabo o seu projecto para Caldas de S. Jorge.


Sábado, 17 de Novembro.Candidatura do Partido Socialista percorre o maior lugar da freguesia - Arcozelo -, dando a conhecer o seu programa aos eleitores.De realçar as palavras simpáticas e de incentivo à vitória que fomos recebendo de muitas pessoas durante a acção de campanha.O PS vai sempre ao seu encontro.É preciso ter "Paixão" naquilo que fazemos...


Sábado, 17 de Novembro de 2007.Entre as 15 e as 16 horas, numa iniciativa inédita na freguesia, um ultra-leve sobrevoou a freguesia, incentivando os eleitores de Caldas de S. Jorge ao voto.Incentivando ao voto no Partido Socialista.Momento fantástico de uma campanha séria, coesa e mobilizadora.
In PS Blogspot.

Programa da Candidatura do Futuro Já.


In Futuro Já Blogspot.

FESTA COMÍCIO DA CANDIDATURA DO PSD.


A lista de candidatura do PSD, liderada por Alexandre Pinto, informa todos os Caldenses que irá promover uma festa comício com a honrosa presença do Presidente do Partido Social Democrata, Luis Filipe Menezes, no próximo domingo dia 18 pelas 15h.
Este evento terá lugar junto ao Coreto das Termas e contará com a presença de grupos regionais.
Haverá também um mega-magusto com oferta de castanhas e bebidas.
Contamos com a vossa presença.
In PSD Site.

HUMOR DA TERRA

sábado, 17 de novembro de 2007

Chip7 oferece mil portáteis a 0 euros no 1º dia da promoção...

Campanha implica adesão a um pacote de comunicações móveis por três anosA Chip7 ofereceu mais de mil portáteis a zero euros no primeiro dia da sua campanha.

«Computadores a zero euros encheram as lojas Chip7 de todo o país, tendo havido 1.033 registos na campanha mais insólita do ano», refere a empresa em comunicado.

A promoção, válida até 31 de Dezembro, passa pela adesão dos utilizadores a um pacote de comunicações móveis por três anos, ao preço de mercado: 39,90 euros, ao longo de 36 meses. Além da oferta do portátil, a Chip7 resolveu inovar através da abertura desta campanha a qualquer interessado, sem quaisquer tipo de restrições.

«Esta é uma promoção com o objectivo de democratizar o acesso às novas tecnologias, aumentando assim de forma exponencial o número de utilizadores de computadores e de comunicações móveis em Portugal», refere a empresa.

Desenvolvida em parceria com a Acer e com um operador móvel, a campanha disponibiliza o acesso de banda larga móvel a 6GB de tráfego e a uma velocidade de 1,8 MBPS. O utilizador recebe um portátil Acer (Intel Centrino Core Duo, disco de 80 GB, memória de 1024 MB e Windows Vista).

Violência doméstica - Projecto com agressores

Desde Janeiro de 2006 até Outubro último o Espaço Trevo, em Santa Maria da Feira, registou 300 casos de violência doméstica e em Janeiro do próximo ano será operacionalizado um projecto-piloto de intervenção em grupo com agressores, no contexto da violência doméstica.

No dia 30 de Novembro, a problemática da violência doméstica vai ser debatida num seminário. Às vítimas, aquela organização disponibiliza «apoio social, psicológico e jurídico. Aos agressores proporciona acompanhamento psicológico e terapia de casal, quando existirem condições para o fazer».
O Espaço Trevo faz parte do projecto “Direitos & Desafios” e funciona desde Janeiro de 2006 em articulação com as IPSS´s concelhias, PSP e GNR, Hospital S. Sebastião, Centro de Saúde, Associação de Alcoólicos Recuperados, Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, Ministério Público, Direcção-Geral de Reinserção Social e escolas do concelho.

Arte-Terapia Recentemente, o Espaço Trevo começou a trabalhar com um grupo de mulheres vítimas de violência doméstica, com base na metodologia da Arte-Terapia, que visa a partilha de experiências e estimular a sua autonomização e auto-estima. O Espaço Trevo desenvolve ainda campanhas de sensibilização junto da comunidade, através da apresentação pública da performance teatral “Casa me queres, casa me feres”, ciclos de cinema e programas de rádio.

Na prevenção, já abrangeu 681 alunos do 9º ano de escolaridade de seis EB 2.3 do concelho, em acções acompanhadas e avaliadas pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.

O Espaço Trevo vai associar-se à semana da “Luta contra a violência sobre as mulheres, incluindo a violência doméstica”, no âmbito do Conselho da Europa. Assim, de 25 a 30 de Novembro, serão distribuídos cinco mil laços brancos, simbolizando a luta contra a violência, numa acção que vai envolver escolas, instituições e empresas locais.

No dia 30 de Novembro, temáticas como “A intervenção com agressores”, “Mulheres e crianças vítimas” e “Aspectos legais no âmbito da violência doméstica” estarão em debate no seminário “Violência doméstica – que direitos e desafios?”, na Casa Ozanam, em S. João de Ver.

O projecto “Direitos & Desafios” resultou de uma candidatura ao PROGRIDE – Programa para a Inclusão e Desenvolvimento, do Instituto da Segurança Social.

Tem como entidade promotora a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira e como entidade executora a Associação Pelo Prazer de Viver.

HUMOR DA TERRA...a saga continua....

Exmo sr administrador,
Peço desculpa...mas existem 5 candidatos!!!!
Por acaso ou não,tinha esquecido que este exmo senhor também estava na corrida,ou melhor,fez questão de estar....Parece justo também dar a conhecer as iniciativas que este promove...só não conseguimos perceber se ele quer voltar para a Suiça ou quer mesmo pôr "vaquinhas" a pastar por cá para fazer o bom do "chocolatinho"!!!

Atenciosamente
Pois pois

HOJE MAGUSTO NO CORETO...


Aproveitamos para convidar todos os caldenses e demais feirenses para o Magusto que terá lugar no Sábado, dia 17, pelas 16 horas, no Coreto do centro da Vila das Caldas, com a presença de Rosa Rabiais, da Comissão Política do Comité Central do PCP. Espera-se um agradável momento de convívio e encontro da população, traduzindo a essência da democracia local - a proximidade da população aos órgãos de poder, para que seja a voz das populações a guiar os caminhos das políticas.

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL