quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Até as rodas já se foram...

Antes...Agora...
O carro que se encontra abandonado no calvário, após o vandalismo sofrido nas últimas semanas, acabou por sofrer mais um rude golpe. Agora foram furtadas as rodas e bancos do veículo, pouco mais resta que a carcaça. Será que não será altura de retirar este veículo, ou melhor o que resta dele e enviar para uma sucata?

Ficam aqui agora as últimas imagens para comprovarem a degradação do mesmo...

7 comentários:

Anónimo disse...

ACHO QUE NAO DEVIAMOS RETIRAR.
MAIS UMA SUCATA PARA A FREGUESIA.
JA COLECIONAMOS FABRICAS VELHAS, CASAS VELHAS NO CORAÇÃO DAS CALDAS E AGORA UM CARRO O QUE VIRÁ A SEGUIR ?
PARA A FREGUESIA DA SUCATA

Anónimo disse...

Isto é o que a junta gosta,
Gosta do PERM
Gosta das PEDREIRAS
Gosta da LIXEIRA
Este lata é como monumento da freguesia, devia ser colocado no jardim mesmo em frente às Termas.

Anónimo disse...

requer confirmação...

nao sendo de fonte segura....

a um morador da zona involvente onde se encontra o automovel, foi-lhe comunicado que o mesmo seria de propriedade de uma senhora de Lisboa, que nao teria seguro, imi, inspecçao, ect em dia, e que tambem nao teria meios para regularizar a situação.

e ainda...

o automovel fora abandonado no centro das caldas de s jorge e posteriormente levado para este local....

como a gnr nao possui parque para o efeito ....

a gnr recomenda ainda a este morador o favor de avisar no caso de presenciar amigos do alheio junto do veiculo....

resalvo, carece confirmação...

Paulo Fontes disse...

Pois mas se o dito cujo pudesse ser rebocado para ganhar uma multazita...

LA disse...

Isto é sem duvida a melhor imagem das Caldas de S. Jorge.

LA

Anónimo disse...

A culpa em grande parte não é da Junta mas sim das autoridades, que mesmo sabendo do caso cagaram po assunto

Anónimo disse...

Constou-me ainda que o Sr. Martins teria já avisado a GNR, bem a tempo de não se chegar a esta situação e mesmo assim nada foi feito para salvar mais um bem, seja ele de quem for e em que situação se encontre.
Penso que, também neste caso o Sr. Martins não tem nenhuma “influência” junto da GNR e isso só demonstra que para o caso da Freguesia necessitar de uma ajuda importante dessa força de ordem, NADA SERÁ FEITO.

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL