sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Correio de leitores...

Sede dos Escuteiros da Nossa Vila: Do projecto para o terreno
Obra aguardada há muitos anos, a sede do Agrupamento de Escuteiros da Vila de Caldas de S. Jorge vai deixar, em breve, de ser um desejo ou um sonho para passar a ser uma realidade. Com o projecto pronto, foram já solicitados orçamentos a diversas empresas para que o início das obras tenha lugar nos terrenos já cedidos. «O projecto é constituído por seis casas (contentores tipo bairro da lata) e balneários, que estarão ligados por passadiços de madeira», explicou o Eng.º encarregado da obra, entidade que, em conjunto com a Câmara da Feira, está a apoiar os escuteiros na concretização desta obra. Localizado na encosta do Passal, o terreno cedidos pela Brisa, que se situam no sopé do Passal, têm mil metros quadrados. «Foram adquiridos a preços muito especiais, porque sabendo qual o seu destino, os proprietários facilitaram a venda», afiançou o responsável, garantindo ser o local ideal para os membros do agrupamento poderem executar as suas actividades. «As casas serão de areia, assentes em estacaria, e destinadas a cada um dos grupos: lobitos, exploradores, pioneiros e caminheiros», revelou, adiantando que, sendo amplas, o interior de cada casa será decorado pelos próprios elementos. Com um custo previsível na ordem dos 50 mil euros, estas casas (uma das quais é com dimensões mais reduzidas) serão suportadas pela Brisa, que já atribuiu um subsídio no valor de 20 mil euros. «O muro tipo pedreira, será o miradouro ex-líbris, já construído, foi custeado pela Brisa, e a construção dos balneários e passadiços são, também, obras da responsabilidade dos mesmos», disse, o Gabinete Técnico, adiantando que apoiará no que for possível, «quer financeiramente, quer com mão-de-obra».
Pretende-se que a sede fique pronta no final de Outubro ou início do mês de Novembro do próximo ano, e que os balneários estejam prontos até Fevereiro ou Março de 2010.
O Agrupamento de Escuteiros desta Vila foi criado há 20 anos, sendo actualmente constituído por 65 pessoas. De acordo com o chefes do agrupamento, os diversos grupos promovem os seus encontros em condições muito difíceis em salas cedidas pela Junta de freguesia.
Ass: Cinda Braga.

18 comentários:

Anónimo disse...

O.K. Também só se for assim.
É que a malta só se lembra dos escuteiros em tempo de eleições, ou para fazerem bonito nas festas da paróquia.
Só falta construir o campo de treinos do C.S.Jorge e Adeus Passal.
È uma pena

Anónimo disse...

Eu faço a seguinte sugestão:

SE FOSSE ESCUTEIRO MUDAVA DE FREGUESIA

Anónimo disse...

E quando é que os escuteiros se lembram da freguesia?
Que têm eles feito?

Anónimo disse...

ATM
diz;
Estou espantado com tanta verborreia da Cinda Braga!
Não sei quem é
nem de quem se trata!
Estou basbaque com o post!!!
Desconheço e ignoro tudo o que é dito!
Protesto contra o que é dito em desfavor do Nosso Agrupamento 901!
Com 20 anos de existência!
E mais ainda estou indignado com os comentáruios anónimos exarados.
Por ora me calo.
O agrupamento foi fundado no ano de 1989, por iniciativa dos Chefes José Maria da Costa, Alberto Neves, Vitor Pereira, Inês Santos
e Padre António Teixeira Machado.
Ponto final

Anónimo disse...

O que têm eles feito??? Este "gajo" só pode ser de outra freguesia....Fui em tempos membro do CNE das Caldas onde paasei momentos daqueles que queremos contar aos netos e fique a saber que já naquela altura, como ainda agora, os escuteiros prestam inumeros serviços. Mas o melhor mesmo é ACORDAR e passar alguns dias com eles.

Anónimo disse...

O Primeiro comentário diz tudo, os escuteiros só servem para ir na procissão e para se venderem nas eleições.
esta gente é tão burra que até só diz asneiras.

Que obras importantes é que fizeram?
Que eventos criaram?

Olhem o exemplo do grupo de jovens, criaram a festa do doce, o festival de rua, a festa do idoso, e os escuteiros que fizeram?
Limitam-se a ir na procissão, como se os outros não fossem...

Porque razão eles não foram à primeira missa do Abade Machado na vergada??? Porque estavam chateados, e vigam-se na pessoa que mais defende os escuteiros nas Caldas, o chefe maximo dos escuteiros.

Os chefes deviam ter vergonha do que fizeram e pior ainda é escrever estas barbaridades.

disse.

C.E. Caminheiro disse...

Que moral têm estas pessoas que falam mal dos escuteiros.

!Porque não organizam eventos!
!Porque não fazem obras!

Pelo menos são um corpo.
E honram esse corpo há 19 anos levando o nome de Caldas de S. Jorge cada vez mais longe.
Eu pertenço ao agrupamento há mais de uma década e orgulho-me muito disso.
Lá aprendi muitas coisas.

Estas pessoas que aqui comentam que razão têm quando nem o seu nome conseguem dizer escondendo-se por detrás do anonimato.

Ajudem antes de criticar.

Anónimo disse...

Os amigos da tasca do camões, tambem são um grupo, e que já existe à muitos anos. O que é certo que nome é que levam?
Que é que a freguesia ganhou com isso?
Quantas pessoas vieram para cá por causa do CNE?
Quanto a Junta de Freguesia dá por ano a este grupo, que não passa de um grupo de patoscadas e de acampamentos?
Já agora este anónimo que diz isto "Estas pessoas que aqui comentam que razão têm quando nem o seu nome conseguem dizer escondendo-se por detrás do anonimato." cuspiu para o ar e levou com o escarro, pois tambem não assinou.

Aprendam com a Juventude inquieta, esses sim levam o nome bem longe das Caldas, e trazem muita gente.

Aneclete.

Anónimo disse...

nÃO SEI O QUE É QUE OS ESCUTEIROS QUEREM?
o QUE FOI FEITO ESTRAGOU ALGUMA COISA DELES?
SERÁ QUE ELES JÁ MANDAM NO PASSAL?
PARA O QUE FAZEM, NOMEADAMENTE AS ACTIVIDADES, DE COMER CALDEIRADA, E IR À PROCISSÃO NA FESTA DE s. jORGE ESTRORVA MUITO OS CONTETENTORES?

Anónimo disse...

Quanto aos contentores acho que o povo terá o direito de saber quanto rende o aluguer e para quem é o dinheiro.Será para a Comissão Fabriqueira? Será para a Junta?ou será repartido pelas duas Entidades?

NUNO COSTA disse...

Caros sem abrigo sou parte do grupo, minto corpo de escuteiros há mais de 20 anos, já por lá passaram mais de 1000 pessoas, alguns fizeram uma promessa (escuteiro um dia escuteiro para sempre, apesar das contradiçoes da jornada).
Mas como eu comecei sinto-me um sem abrigo sem sede propria.
Nunca vi um escuteiro na cabeça de uma lista partidaria.
Quanto a trazer pessoas as caldas, nunca fiz, não trbalho em nenhuma empresa de transportes publicos, sinto-me é triste pelo não reconhecimento do meu trabalho com jovens.
DEIXO UM CONSELHO:NEM SÓ DE FESTAS VIVE O HOMEM. Se tiverem algo a dizer-me podem dizer .....Não precisam de escrever mas deixem quem esta no seu canto em paz.

NUNO COSTA disse...

Caros sem abrigo sou parte do grupo, minto corpo de escuteiros há mais de 20 anos, já por lá passaram mais de 1000 pessoas, alguns fizeram uma promessa (escuteiro um dia escuteiro para sempre, apesar das contradiçoes da jornada).
Mas como eu comecei sinto-me um sem abrigo sem sede propria.
Nunca vi um escuteiro na cabeça de uma lista partidaria.
Quanto a trazer pessoas as caldas, nunca fiz, não trbalho em nenhuma empresa de transportes publicos, sinto-me é triste pelo não reconhecimento do meu trabalho com jovens.
DEIXO UM CONSELHO:NEM SÓ DE FESTAS VIVE O HOMEM. Se tiverem algo a dizer-me podem dizer .....Não precisam de escrever mas deixem quem esta no seu canto em paz.

Ass: Escuteiro para toda a vida! disse...

Meus caros e principalmente Nuno Costa: Porque é que será que 1000 pessoas já passaram pelos escuteiros das CSJ, fizeram a sua promessa e o agrupamento só consegue ter actualmente cerca de 65 elementos contando com os Chefes? Eu sei porque eu já lá estive e já vi como outros agrupamentos tratam o escutismo:
1º Não, não é por falta de condições de espaço…isso já tinha sido há muito concretizado pelas 1000 pessoas que já lá passaram se os Chefes tivessem um bocado de espírito de iniciativa e não estivessem sempre à espera da dádiva caída do céu…sempre à espera que o Senhor Padre Machado e freguesia lhes desse mais um cantinho. Já têm uma sede e um “passal” e querem mais??? Conheço agrupamentos bem mais novos que já têm o seu espaço próprio por outros meios…meteram mão à obra!
2º Não, não é por velhice…maior parte dos elementos têm entre 6 a 16 anos. Os meninos que entram com uma tenra idade crescem, começam a ter raciocínio próprio e começam a ver que o que se pratica no Agrupamento 901 está muito aquém do que se devia de praticar como escuteiro e simplesmente desistem. A promessa escutista fica connosco para toda vida…não precisamos é de nos prender a pessoas com quem não nos identificamos principalmente as que são autoritárias e não sabem ouvir o outro.
3º Não, não é porque as restantes 935 pessoas mudaram de distrito…maior parte destas 935 pessoas são levadas a desinteressarem-se completamente por um símbolo que deveriam acarinhar toda vida. Tantas pessoas e maior parte nem querem saber como está a velha sede que os acolheu como lobitos/exploradores/pioneiros e não têm nenhuma ligação com os chefes que, curiosamente o chefe de agrupamento é o mesmo há mais de 15 anos.
4º Não, não é porque ser escuteiro do agrupamento 901 despende muito tempo…o que é que os escuteiros realmente fazem em prol da freguesia para merecerem uma sede? Estamos em crise meus amigos…esse dinheiro faz falta às pessoas que estão doentes e não conseguem ter acesso a um médico/medicamentos quando precisam, às pessoas que não têm condições de habitabilidade, às pessoas que passam fome, às pessoas que não têm acesso a elementos para ter uma educação completa…
5º Não, não me acabaram as razões…não posso é despender mais tempo com este assunto que me rodeia há demasiado tempo.

C.E. Caminheiro disse...

Eu não disse o meu nome porque represento um grupo que são os caminheiros do 901.

Não somos dinamizadores da freguesia.
Mas sim dinamizadores de quem quer seguir a filosofia de Baden Powell.

Mas também Vos digo que não é com tantos críticos que a freguesia segue em frente.

Se todos puxar-mos a brasa para a nossa sardinha bem que as come-mos cruas.
Podemos tratar cada um da sua sardinha para que todos tenhamos uma boa refeição.

Anónimo disse...

eu não sou natural de Caldas de S Jorge, apesar de já cá morar há 16 anos, nem me consigo identificar como tal, (já sei que para alguns eu não faço falta nenhuma, é verdade , mas se calhar já fiz mais que esses senhores do bota abaixo, não estou aqui a defender os escuteiros, nem coisa nenhuma, apenas quero dar os meus parabéns a todos os grupos e associações ,(incluindo os escuteiros), e chamar a atenção desses senhores do bota-abaixo, que enquanto existirem estas associações que chamem jovens, pequenos grandes e velhos, estão entretidos com algum objectivo, sem andarem na droga, roubos, e outras coisas como tal, que não são desejaveis em qualquer freguesia. (atenção para esses senhores do bota-abaixo, não estou a dizer que eles são todos santos, quanto á questão das sedes/aparições nas procissões/regulamento do trânsito em algumas circunstâcias, eu penso, e desculpem-me meter o dedo na ferida, isso é muita, muoita dor de cotovelo, por verem que alguém quer fazer obras, e é mais fácil criticar do que apoiar, desculpem-me mas bem hajam estas actividades que acabam de impedir de alguns jovens se perderem.

João Petit

Anónimo disse...

eu nao pertenço a nenhuma actividade de grupo de jovens nem aos escuteiros mas tive presente na missa do sr padre Machado na VERGADA e verdade os escuteiros n estiveram presentes e o grupo juventude inquieta tbm teve presente?? no fim de semana passado teve ca o Padre Nuno e nas missas antes desse fim de semana foi avisado que o padre ia ca tar e k as 21 h havia uma reuniao para crismandos dos 3 anos que vao fazer o crisma e para os jovens da freguesia.onde estiveram os jovens da juventude inquieta peo k m constou nem eles nem jovens escutas apareceram.n defendo um nem outro so k axo k os grupos desta paroquia podiam ser mais unidos e nao indivualistas pk precisamos uns dos outros querer aceitemos ou nao... estas guerrinnhas entre os grupos nao sao boas as pessoas so sbm criticar em vez de se apoiar e ajudar-se mutuamente ....deviam se esquecer as coisas antigas e lutar se por um futuro de amizade entre tdos os grupos paroquiais....

Anónimo disse...

Respondendo à pergunta do anónimo anterior... o grupo de jovens "Juventude Inquieta" esteve presente.

Caminheira do 901 disse...

Venho também dar o meu parecer enquanto ex-elemento do grupo Juventude Inquieta» e elemento do grupo de escuteiros para dar a minha opiniao naquilo que muitagente nao sabe, ou desconheçe ou nao quer ver: o grupo de Jovens nao tem nada a ver com o grupo de escuteiros. Os dois grupos sao muitos distintos portanto nao queiram por os escuteiros a fazer aquilo que o grupo de jovens faz.É verdade que Nós deviamos fazer mais pelas freguesia, deviamos estar mais atentos pois é esse o NOSSO lema «Sempre Alerta». Mas não são opiniões como estas quepenas demonstram ignorancia por parte de quem as profere que nos desmotivam. EU sei perfeitamente o quanto cresci neste agrupamento e o quanto vou continuar a crescer. Nós nao presisamos de fazer cartazes par aparecer e ja apanhei muito sol na cabeça enquanto fazia coisas pela freguesia. Quando os escuteiros participam ninguém repara. E quando falta toda a gente aponta. E se pensam que acampamentos são só para passear é porque ignoram mesmo o assunto.
Tenho dito.

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL