quarta-feira, 30 de abril de 2008

Assembleia Municipal no seu melhor...

Caldas de S. Jorge na Assembleia Municipal...

terça-feira, 29 de abril de 2008

33 Anos de Secção do PS em Caldas de São Jorge

Aniversario do PS Caldas

Tomada de posse dos membros eleitos

29 de Abril 2008

21h30

Apeaderio bar


Vídeo de Apresentação das Termas S. Jorge...


Conheça melhor o nosso balneário termal!

Através deste vídeo poderá visualizar alguns dos espaços das Termas de S.Jorge e seus tratamentos termais.

Faça uma visita pelas nossas instalações!

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Anotações

Gostaria de imaginar o que disto pensarão os que, aqui em Caldas de S. Jorge, entenderam, e expressaram-no, que o PS perdeu as eleições nas intercalares de 25 de Novembro de 2007, porque levou na lista demasiadas mulheres, mesmo tendo levado o mínimo que a apalhaçada lei determina.

1 - Têm sido consumidos uns bons gramas de tinta e usadas muitas centenas de linhas de texto a falar, com expectativa nuns casos e com cepticismo às vezes, da ampliação e reformulação do Europarque, com a transferência da Exponor para o lado de cá do Douro. Suportando-me numa expressão com graça do anterior presidente da Câmara de Matosinhos, sempre estive do lado dos cépticos, pois disse Narciso Miranda, a propósito de transferir aquele centro de feiras para este concelho, que a Exponor não tinha rodas. Disse há dias o Vice da Câmara de Gaia que a saída da Exponor de Leça da Palmeira estaria "suspensa" a partir da saída do projecto do financiador a 90%, uma tal de TCN que agora parece ter-se voltado para a requalificação do Bolhão. Não será de os "visionários" de cá de baixo imaginarem que já não há PIN que lhes valha e que deverão pensar em dar uma utilização mais terráquea daqueles terrenos. Se é que estavam já afectos ao tal projecto de ampliação. Com ou sem a tal fábrica de painéis solares.

2 - Vinha na grande imprensa que Lisboa é a região europeia com a maior densidade de auto estradas e vias rápidas. E lembrava que a Finlândia tem 176 km de AE, para 173 da Noruega. Ora Portugal já tem cerca de dois mil quilómetros e mais se vão construir e com a curiosidade de haver duas auto estradas paralelas a distarem três ou quatro quilómetros uma da outra, com destinos quase iguais e, para que se não riam uma da outra, vai-se construir uma outra, esta mais pequenina, a distar aí 9 km e a que se vai chamar A32. Uma pergunta aparece inevitável. Não seria bem mais proveitoso melhorar as estradas interiores que viabilizem acessos mais expeditos às vias rápidas já existentes? Cumpre-se o dito. Somos o país dos betões.

3 - Não imagino se, no sistema político espanhol, existe aquela disposição apalhaçada que é a das quotas de mulheres na vida política em geral e partidária em particular. Acho que não existe. Parece que por lá as mulheres têm mais autonomia. Mas não havendo a tal disposição, na formação do governo actual, há mais mulheres do que homens. O que significa que não é preciso impor. O que se impõe é a participação, é o gosto pela política, é a determinação. Gostaria de imaginar o que disto pensarão os que, aqui em Caldas de S. Jorge, entenderam, e expressaram-no, que o PS perdeu as eleições nas intercalares de 25 de Novembro de 2007, porque levou na lista demasiadas mulheres, mesmo tendo levado exactamente o mínimo que a apalhaçada lei determina. E, claro, foi o aqui signatário o responsabilizado pela ignomínia. Assunto a ser relançado um dia.

4 - Também pela imprensa grande se soube que, em Espanha, uma mãe foi condenada pelo Tribunal a uma multa de 14.000,00 (catorze mil) euros por um seu filho menor ter agredido, na escola, um colega. Dir-se-á que foi uma pena demasiado gravosa. E foi. Sobretudo quando, por cá, agridem-se colegas, agridem-se professores e fazem-se todas as tropelias e o pior que pode acontecer, pena extrema, é mudar de escola. Normalmente, para o que por aqui chamam pequenos delitos, dá-se o "prémio" de suspender da ida à escola alguns dias. Então não seria possível suspender por alguns meses a concessão de abono de família? Aí os pais talvez exercessem alguma atenção.

5 - Que o Ministério Público tem estado a investigar o Departamento de Habitação Social da Câmara de Lisboa, por suspeita de atribuição de casas a quem a elas não tinha direito. A leitura de tal notícia suscita de imediato a necessidade de generalizar a investigação em todos os departamentos de (quase) todas as Câmaras que têm esses tipos de blocos de alojamento.

6 - Diz-se que o tempo vai curando quase tudo. Em Cuba, agora, os nacionais cubanos já podem hospedar-se nos hotéis construídos em Cuba. Sinal de que, até aqui, só os podiam ver. De longe. Agora os cubanos também podem, os que podem, comprar telemóveis e computadores e frigoríficos. Sinal de que até há pouco não podiam. E, também agora, estão a ser entregues porções de terrenos incultos (5 ha) a pessoas que os queiram arrotear para produção de alimentos, açúcar e tabaco. Não ficam de plena posse para os cultivadores, mas ficam usufrutuários a título inteiramente gracioso. Demorou, mas acordaram para que a iniciativa individual dá mais e melhor produção. Não há mal que sempre dure. Diz o povo.

♦ José Pinto da Silva In Terras da Feira Online.

Oferecido livro sobre as Termas às escolas do concelho

No âmbito das comemorações do Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor (23 de Abril), o Pelouro da Educação da autarquia feirense, em parceria com a Sociedade de Turismo de Santa Maria da Feira, vai oferecer um exemplar do livro “O Gotinhas nas Termas das Caldas de S. Jorge – Histórias do (en)canto das águas” a cada sala/turma dos jardins de infância, escolas EB1 e rede de bibliotecas escolares do concelho, num total de cerca de 500 exemplares.

Esta será a primeira fase de um projecto de educação ambiental, intitulado “Conhecer para preservar”, que será desenvolvido pelas duas entidades junto das escolas e que pretende sensibilizar os alunos para as questões ambientais e para a valorização dos recursos naturais, com enfoque especial na água mineral, tendo por base o livro infantil.

Para além da oferta do livro da autora feirense Maria Gracinda Coelho de Sousa, com ilustrações de Maria Isabel Pelaez da Silva, a Sociedade de Turismo e a Câmara Municipal vão incentivar as escolas a dinamizarem actividades em torno da temática do livro: uma forte mensagem de defesa ambiental, que, de forma divertida e didáctica, pretende transmitir às crianças a importância da conservação do ambiente e, especificamente, da água mineral.

Assim, numa segunda fase, serão agendadas visitas do ‘Gotinhas’ - a mascote das Termas de S. Jorge - a todas as escolas do concelho (Jardins de Infância e EB1), onde serão promovidas diversas actividades didácticas e lúdicas, tais como sessão de conto infantil e desenvolvimento de ateliês de trabalhos manuais enquadrados na temática ambiental.

Este projecto itinerante terá início ainda este ano lectivo, com o Agrupamento de escolas de Fiães pelo factor de proximidade às Termas de S. Jorge e pelo seu natural envolvimento, culminando com uma festa infantil no parque termal no dia 5 de Junho, Dia Mundial do Ambiente. No próximo ano lectivo, seguir-se-ão as visitas pelas restantes escolas.

Também assinalando o Dia Mundial do Livro, a CP distribui um espólio de 15 livros de caracter diverso sobre aspectos relativos ao impacto que o comboio teve na sociedade e na mobilidade em Portugal. Várias bibliotecas dos municípios da região atravessados pela Linha do Vouga são contempladas por este conjunto de obras sobre o comboio.

domingo, 27 de abril de 2008

PAINTBALL...

O terreno da Casa da Pines, já está transformado num verdadeiro “campo de combate”.
A organização do PAINTBALL, tem-se empenhado na preparação da actividade.

O Blogue das Caldas vem por este meio dar os parabéns a toda organização, esperando que tudo corra a 100%.

sábado, 26 de abril de 2008

Junta promove viagem ao estádio da luz...

A junta de Freguesia ofereceu a todas as pessoas do Bairro Social, ida ao estádio da Luz para assistirem ao jogo Benfica – Belenenses.

Todas as pessoas que deram o nome à Autarquia Local, ficaram de se encontrar junto à Casa do Benfica, a fim de apanharem o autocarro.

O Blog só pode desejar a todas a essas pessoas, uma boa viagem e um bom jogo...

Blog das Caldas de S. Jorge ganha prémio...


Obrigado ao Kaska e Deskaska pelo prémio...

sexta-feira, 25 de abril de 2008

Assembleia de Freguesia de Caldas de S. Jorge...

RESPIRA...

Senhor Administrador,

Atrevo-me a pedir a publicação do logótipo da RESPIRA e uma anotação a sugerir que os visitadores acedam á página 165 do TELETEXTO da RTP1 - Solidariedade Conseguiu a Associação o que designo de proeza de conseguir tal destaque.

Saudações José Pinto da Silva

Imagens para recordar...

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Modificação Orçamental!!!


Aumento da verba dos órgãos autárquicos de 600,00 para 1.100,00

Aumento da verba de Prémios, condecorações e ofertas de 2.000,00 para 4.000,00

Aumento da verba de construção, reparação e beneficiação de edifícios de 500,00 para 3.500.00

Aumento da verba de viadutos, arruamentos e obras complementares de 10.163,00 para 11.551,60

Aumento da verba da sinalização de 2.000,00 para 4.000,00

Aumento da verba para o cemitério de 2.500,00 para 5.500,00

Aumento da verba da construção do calvário de 28.500,00 para 43.500,00
tal das dotações iniciais era de 52.263,00 passando depois de corrigi81.651,60. or de

" E ATÉ O PADRE FOI À BRUXA" teatro de Padre João Bezerra...


Teatro apresentado por : GÓLGOTA - Grupo de Expressão Cultural e Social da Espiritualidade Passionista,

" E ATÉ O PADRE FOI À BRUXA" teatro de Padre João Bezerra, missionário passionista,

Sábado 10 de Maio de 2008 - 21.15h. - Salão Paroquial de Caldas de S. Jorge,

apresentado com sucesso em diversos palcos do concelho, inclusivé no Cine Teatro António Lamoso.

Bilhetes: 5€ / Na secretaria do Centro Social Paroquial, Junta de Freguesía e no dia do espectáculo.

terça-feira, 22 de abril de 2008

As Intrigas do Zouvineiro!!!

Informação Financeira do primeiro trimestre do ano 2008!!!

Estando eu a ler por alto quer a rectificação do plano e orçamento que foi votado nem há três meses, quer a informação financeira do primeiro trimestre de 2008, fiquei com algumas dúvidas que vou expô-las aqui. Amanhã espero bem que me sejam entregues por os meus agentes secretos, as restantes folhas, visto o site da Junta de freguesia teimar em não publicar as informações financeiras, vai-se lá saber porquê!!!???

Primeira duvida.
Como é possível que um plano e orçamento votado há três meses, seja agora rectificado em valores superiores, na percentagem aproximada de 60%. Não deixa de ser inédito que uma rectificação chegue aos 60%, terá de haver uma resposta para tamanha discrepância em tão pouco tempo.

Segunda Duvida.
Será possível que em três meses não tenha entrado nenhuma verba de canídeos!!!??? Aceito que não...

Terceira e a maior duvida.
Como é possível que em três meses a Junta de Freguesia, não tenha passado nenhum atestado, declarações ou certidões??? É que a verba que aparece no relatório de receitas correntes para este código foi de 0,00€. Não digo que não seja verdade, mas acho no meu entender, e volto a referir no meu entender, estranho que a população em três meses, não tenha requisitado uma única certidão. Mas PODE ser possível.

Gostava de ir amanhã ao site da Junta de Freguesia das Caldase no link apropriado estarem os documentos para consulta da população. No entanto vou tentar encontrar cópias para expor no blog.

Obras da fonte de Casaldoído entram na recta final

A fonte tem, agora, duas bicas.

Está na fase final o arranjo do fontanário de Casaldoído, Caldas de S. Jorge, e da área envolvente. A Junta e Freguesia explicou, em tempos, a obra como necessária em função da degradação em torno da fonte, um terreno público então votado ao abandono. Agora, a água brota em duas bicas, para minimizar o tempo de espera de quem a procura.

Leia mais na edição impressa do "Terras da Feira"

segunda-feira, 21 de abril de 2008

TERMAS "Anúncio Publicitário UPA08"

As Termas de S.Jorge associaram-se à causa "UPA 08 - Unidos para ajudar", promovida pela "Encontrar+se", uma Instituição de Solidariedade Social, de reabilitação psicossocial das pessoas com doença mental grave.
Este vídeo produzido pela "Cimbalino Filmes" foi realizado nas Termas de S.Jorge, contando com a participação de alguns termalistas do balneário, promovendo uma mensagem positiva, activa e bem disposta.

domingo, 20 de abril de 2008

Obras na Igreja vão custar cerca de 150 mil Euros.

"Pretendemos que a intervenção esteja feita até à Festa de S. Jorge, em Julho", revela Carlos Paiva, ao Correio da Feira.

Transmitir a verdadeira dimensão de uma Igreja com história. São cerca de 150 mil Euros para uma intervenção arrojada da Comissão Fabriqueira, sempre com a intenção de respeitar a origem de um espaço que é referência da região.
"É fundamental o apoio do povo das Caldas de S. Jorge, porque trata-se de uma verba significativa". Carlos Paiva, em declarações ao Correio da Feira, adianta que uma das ideias foi a de modificar a área exterior da Igreja. "Encontrava-se muito danificada. O azulejo que tinha sido aplicado, há cerca de 25 anos, estava com má qualidade, estava estourado, e já não estava adequado".
Como tal, acrescenta o responsável, "daí a decisão de retirar o azulejo e repor as paredes, conforme a origem da Igreja, ou seja pintada em branco, mantendo-se o azulejo antigo na torre e na parte poente, de forma a respeitar as verdadeiras origens", ressalva.
Por outro lado, na zona do telhado da Igreja "a telha está danificada, vamos proceder à sua substituição, limpar toda a esquadria da torre. Vamos substituir a cruz, que foi colocada há uns anos, oferta de um paroquiano da região. Vamos por a cruz na altura no tipo da original, como existia".
Para o líder da Comissão Fabriqueira da freguesia caldense é, ainda, fundamental a reparação do chão. "O piso do adro encontrava-se bastante danificado, era em paralelos numa parte, com um cenário actual muito feio. O que se fez, agora, de início foi colocar os tubos para as águas pluviais, para um eficaz escoamento das águas". O chão será colocado em granito, de forma a não ficar "estragado e não crescerem ervas, como estava a suceder, actualmente", refere, em consonância com o trabalho que tem sido efectuado pelo pároco da vila termal António Teixeira Machado.
Em estudo, garante Carlos Paiva, estão as condições sanitárias, vistas como verdadeira mais valia para a população das Caldas de S. Jorge. "Uma vez que se está a mexer debaixo das Sacristias, norte e sul, existe um espaço que foi rebaixado e tem um pé direito suficiente para arrumos. Nesse espaço logo veremos o que podemos colocar. Vamos, obviamente, aproveitar para colocar produtos da Igreja, produtos de limpeza e, numa outra área, logo veremos o que poderá ser colocado".
O referido caldense lembra a necessidade, em zona absolutamente central das Caldas, de sanitários públicos. "Não tem, os que existem na Capela Mortuária estão fechados em grande parte do tempo. As pessoas reclamam sanitários. Na minha opinião eles deveriam ser colocados aqui, na zona do arraial. Existe espaço para isso, porque se forem feitos no adro da Igreja ficam limitados, apenas para os paroquianos, quando devem servir toda a população", opina.
Por último, o que Carlos Paiva adianta ser o mais importante, o apoio dos caldenses e da Câmara Municipal. "Podem não ser necessários 150 mil Euros, mas sabemos que, neste tipo de intervenções, podem sempre surgir alterações, com as quais não contámos, como foi, agora, o caso do espaço disponível por baixo das sacristias".

Texto de Ângelo Pedrosa
In correio da feira online

Serão necessários cerca de 200 mil Euros para gerir o espaço

O Ilha é lembrado com saudade. "Faz falta à freguesia"

O executivo municipal aprovou o projecto de reconstrução do "Ilha Bar", estabelecimento na zona envolvente às termas de Caldas de S. Jorge.

O executivo municipal aprovou o projecto de reconstrução do "Ilha Bar", estabelecimento de restauração e bebidas de apoio na zona envolvente às termas de Caldas de S. Jorge. O projecto será entregue à junta de freguesia local, que abrirá concurso de concessão. A reconstrução ficará a cargo do vencedor do concurso.
.
Localizado no perímetro da ilha existente no rio Uíma, o espaço com uma área de aproximadamente 300 m2, será dividido em duas áreas: espaço interior onde se localizam todos os espaços funcionais do equipamento e ainda espaço coberto exterior que funciona como prolongamento da zona social.
.
Trata-se de uma projecto arquitectónico moderno, com grandes pano envidraçados, betão branco e aço corten, bem como a utilização de materiais convencionais no interior, como reboco, granito e madeira.
.
Por questões de enquadramento e de localização, o edifício será assente num sistema de pilares que o destacam do solo natural. Uma medida que salvaguarda o equipamento, em caso de subida do nível das águas do rio.

Texto de Vera Campos
In correio da feira online

"S. Jorge 2008" na zona escolar... Os ensinamentos de Baden-Powell marcam a vida de cada um. Ser escuta é único...

Nem o mau tempo conseguiu travar a força de uma iniciativa única no mundo. A Fernando Pessoa e a Secundária da Feira recebem mais de 3400 escuteiros.


Os jovens escutas não ficam a conhecer todos os encantos do centro histórico da Feira, mas estão a viver uma jornada única de convívio, de cumplicidades, entre a Fernando Pessoa e a Secundária da cidade fogaceira.
Baden Powell inspira a vida de milhares de pessoas...Uma lição de autenticidade, de respeito, completo, pela natureza, que muitos homens, com responsabilidades, desprezam, a capacidade em acreditarmos, ousar concretizar, independentemente dos desafios e adversidades...Ser escuteiro é ser amigo, acreditar, sempre, em valores como a liberdade, com responsabilidade, a disponobilidade para aprendermos mais todos os dias... Palavra de escuteiro! Passar pela Promessa, pelas ocasiões de convívio, de cumplicidade é, de todo, único.

Apesar do tempo de inverno que varre o País, Santa Maria da Feira é palco de uma actividade regional, denominada "S. Jorge 2008" da Região/Diocese do Porto, com cerca de 3500 escuteiros. Só no concelho de Santa Maria da Feira existem sete agrupamentos. Fiães, Arrifana, Romariz, Caldas de S. Jorge, Canedo, S. Miguel de Souto, Santa Maria da Feira, no maior movimento juvenil do mundo.

Ficam os nomes dos Agrupamentos presentes. Do centro norte: Ermesinde, Gondomar, Fânzares, Baguim Monte, Valongo, Alfena, S. Pedro da Cova e Corim. Da cidade do Porto: Bonfim, Campanhã, Cedofeita, Sé, Aldoar, Sra. Conceição, Antas, Paranhos e Ramalde. Do Douro Sul: Mafamude, Santa Marinha, Oliveira do Douro, Vilar do Paraíso, Sto. Ovídio, S. Félix da Marinha, Grijó, terra de sonho e de encantos mil, Anta-Espinho, Canidelo e Valadares. Do Este: Amarante, Penafiel, Margaride, Rebordosa, Vilela, Lordelo, Fornos e Sobrosa. Das Terras de Santa Maria: Cucujães, Cortegaça, Nogueira da Cravo, Castelões, Santa Maria da Feira, Fiães, Maceda, Romariz, Santiag de Riba Úl, Arada, Castelo de Paiva, S. João da Madeira, Caldas de S. Jorge, Canedo, Santa Maria de Arrifana e S. Miguel de Souto.

Do Norte: S. Tomé Negrelos, Trofa, Burgães. S. Eulália, Roriz, Santo Tirso, S. Romão do Coronado e Lustosa. Por fim, do Litoral: Maia, S. Mamede de Infesta, Moreira da Maia, Leça do Balio, Perafita, Mindelo, S. Pedro de Fins e S. Cruz do Bispo, para um total, exacto, de 3446 escuteiros, englobando Alcateia, lenço amarelo, Exploradores, lenço verde, Pioneiros, lenço azul, Caminheiros, lenço vermelho, e Dirigentes, no topo de um trabalho que é único em todo o mundo. Não há outro movimento com tanta força e com tantos jovens.
Texto de Ângelo Pedrosa
In Correio da Feira Online.

sábado, 19 de abril de 2008

Aprovado projecto do “Ilha Bar”

Concurso para a concessão do espaço está na fase de elaboração do caderno de encargos.

A Câmara Municipal aprovou segunda-feira o projecto da casa de chá que vai substituir o Ilha Bar, na zona termal das Caldas de S. Jorge. O “risco” é da autoria do arquitecto Pedro Castro Silva, natural na vila.

Os serviços da Câmara prestarão, agora, apoio à Junta de Freguesia na elaboração do caderno de encargos do concurso público que há-de ser aberto. Os concorrentes obrigam-se a construir o edifício, beneficiando da concessão por um período a determinar.

Na edição da próxima segunda-feira do “Terras da Feira”, veja a memória descritiva do projecto agora aprovado.

Mensagem recebida do nosso amigo SHREK

Assembleia de Freguesia de Caldas de S. Jorge...

No "próximo" Dia 23-04-2008, pelas 21:00h

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Aniversário do Blog...

Entrevista ao Sr. Ilídio

Três mil escuteiros em grande iniciativa na Feira

Actividade regional "S. Jorge 2008" da Região/Diocese do Porto vai juntar um número significativo de escuteiros.

Baden Powell inspira a vida de milhares de pessoas...Uma lição de autenticidade, de respeito, completo, pela natureza, que muitos homens, com responsabilidades, desprezam, a capacidade em acreditarmos, ousar concretizar, independentemente dos desafios e adversidades...Ser escuteiro é ser amigo, acreditar, sempre, em valores como a liberdade, com responsabilidade, a disponobilidade para aprendermos mais todos os dias... Palavra de escuteiro! Passar pela Promessa, pelas ocasiões de convívio, de cumplicidade é, de todo, único.

Este sábado e domingo, Santa Maria da Feira recebe uma actividade regional, denominada "S. Jorge 2008" da Região/Diocese do Porto, com cerca de 3 mil escuteiros. Só no concelho de Santa Maria da Feira existem sete agrupamentos. Fiães, Arrifana, Romariz, Caldas de S. Jorge, Canedo, S. Miguel de Souto, Santa Maria da Feira, no maior movimento juvenil do mundo.

Texto de Ângelo Pedrosa

Programa geral do evento para Santa Maria da Feira:
Dia 19 de Abril -Sábado-Jantar Medieval-20:00 horas-Escola EB 2,3 Fernando Pessoa Festa da "Chama de Ouro"-21:30 horas-Escola EB 2,3 Fernando Pessoa Oração de Taizé - 23:30 horas-Congregação dos Passionistas
Dia 20 de Abril - Domingo - Celebração da Eucaristia - 9:00 horas - Castelo de Santa Maria da Feira Forum de Caminheiros - 11:00 horas - Escola EB 2,3 Fernando PessoaActividades diversas - 10:30 até 16:30 horas - Espaços circundantes ao Castelo Cerimónia de Encerramento - 17:00 horas - Castelo de Santa Maria da Feira.
In Correio da Feira Online.

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Troço da EN 223 entre os Dezassete e Arcozelo considerado ponto negro

A EN-223 entre S. João de Ver é considerado um “ponto negro” em termos de sinistralidade.

Em 2007, foram registados nove acidentes com cinco feridos graves e 14 ligeiros num troço de três quilómetros.

O troço da EN-223 entre o cruzamento dos Dezassete, S. João de Ver, e Arcozelo, Caldas de S. Jorge, foi considerado um ponto negro em termos de sinistralidade pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. No decorrer do ano passado, registaram-se nove acidentes dos quais resultaram cinco feridos graves e 14 ligeiros. Na definição oficial da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, um ponto negro traduz-se por um lanço de estrada com um máximo de 200 metros onde se registaram cinco acidentes com gravidade durante um ano.

Leia mais na edição impressa do "Terras da Feira"

Aniversário do Blog...

Entrevista Ao Sr. Jorge Pinto...

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Projecto Final do Ilha Bar...



Esta Segunda-feira, foi aprovado o projecto final do Ilha Bar. Esse projecto foi concebido pelo arquitecto da terra, Pedro Nuno Castro e Silva.

Pelo que o blog apurou, brevemente será lançado o concurso público para a construção deste estabelecimento.

O Blog pediu opinião de vários técnicos, com o objectivo de saber qual o valor aproximado para a construção dum empreendimento desta natureza. Segundo eles o valor mais consensual rondará os 200 Mil Euros ou talvez um pouco mais.

O blog sondou alguns possíveis interessados, e descobriu que existe investidores quer da terra, quer de fora, que estão dispostos a investir essa verba para a conclusão da obra, só aguardam os termos em que a exploração vai ser atribuída.

Humor da Terra. Por "Ratatui "

Escola de Futebol Os Caldinhos com grande força

Entre os Benjamins e as Escolas B, o Caldas de S. Jorge tem, já, mais de 30 atletas, um número considerável.

São já 17 os jovens que garantem o futuro do emblema caldense

A, clara, afirmação de uma equipa jovem, liderada por Domingos Gomes. O Caldas de S. Jorge Sport Clube aposta forte na formação de jovens talentos, entre os Benjamins e as Escolas B. Conheça na edição em papel do Correio da Feira, os atletas das Escolas B e da Escola de Futebol os Caldinhos.

José Miguel e Daniel Soares Gomes. "Juliana, uma menina no meio dos rapazes, João, joga a guarda-redes e a avançado, Francisco, Diogo, João II, Almeida, Tomás, Carlos, Daniel, outro Francisco", são alguns dos nomes lembrados da Escola de Formação Os Caldinhos, já com 17 artistas de palmo e meio, que garantem, de todo, o futuro do clube.+

Nuno Dias é o homem do leme da mais jovem equipa, em competição, do Caldas de S. Jorge, as Escolas B. Gabriel, avançado. João Pedro, defesa-direito, João Nuno, avançado, Xavier, avançado, Sousa, defesa-central, Nuno, avançado, Verónica, super guarda-redes, José Paulo, médio, Bruno, avançado e Sérgio, defesa-esquerdo.

Texto e fotos de Ângelo Pedrosa

In Correio da Feira Online.

Junta de Freguesia trabalha a todo gás...



Desde a entrada desta junta de freguesia, tem sido iniciado várias obras de relevo para a freguesia. A obra mais avançada é sem duvida a zona envolvente do fontanário de Casal-Doído.

Esta obra que constava no programa eleitoral da lista independente, é sem duvida uma obra que se tem de elogiar pelo gosto que têm tido. No entanto é desconhecido o custo total da obra, mas acho que se ela está feita é porque decerto que existe verbas para o financiamento da mesma.

Não podia deixar de lamentar o pequeno erro ortográfico no fontanário, na qual foi esquecido parte do nome da freguesia, pois no local onde está as iniciais «J.F.C.S» devia estar «J.F.C.S.J». É um pormenor, mas que não passa despercebido a quem lá se desloca.

terça-feira, 15 de abril de 2008

1º Torneio de Paintball...


O 1º Torneio de Paitball, que terá inicio no dia 3 de Maio de 2008, já está a mexer em toda a área da Pines, com o objectivo de criar um verdadeiro local de acção e divertimento.

Esta iniciativa espera contar com inúmeras equipas, umas do concelho de Santa Maria da Feira, bem como outras de várias regiões do país.

Podes-te inscrever no sitio http://www.namirapaintball.blogspot.com/

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Obras no Calvário até à festa de Julho

O presidente da Junta de Caldas de S. Jorge, José Martins, quer ver grande parte da obra em curso no Calvário pronta por ocasião da Festa de S. Jorge, que se realiza no terceiro fim-de-semana de Julho.

Aquela que, no seu entender, é “a obra mais emblemática da freguesia” prevê um pequeno arruamento, um altar no centro do Calvário, cruzeiros ao longo da rua, uma área em relva e em cubo de granito.

Leia mais na edição impressa do "Terras da Feira"

domingo, 13 de abril de 2008

Danos Colaterais!!! “Obras do Calvário”

As novas obras do calvário já causaram alguns danos colaterais.

Diga-se que vários camiões de terra foram descarregados em frente ao bairro social, tendo um deles danificado a rede que separa o bairro do “mato das da Dº Inês” espera-se que a Junta de Freguesia, repare mais breve possível o estrago.

Campo de Futebol Relvado...

Junta está a construir um campo de futebol relvado. O blog foi ver esta obra, verificando que ainda se encontra um pouco atrasada.

Deu para notar que as ultimas chuvas danificara um pouco o piso, espera-se que a zona envolvente também seja remodelada...

Lançamento do livro o Rei do Volfrâmio...

Esta sexta-feira, na biblioteca municipal, o Exmo. Sr. Dr. Miguel Miranda, promoveu com uma sessão de autógrafos os seu ultimo romance, o “Rei do Volfrâmio”.

Nesta sessão de lançamento, a pessoa escolhida para falar e comentar sobre este romance, foi o Sr. Dr. Strech Monteiro. Devo dizer que foi um discurso magnífico, que cativou a plateia de tal forma que me surpreendeu, pois não estava à espera de uma apresentação simples, directa e concisa.

Só é de lamentar a tão pouca afluência do público, quer das Caldas de S. Jorge, quer do resto do Concelho da Santa Maria da Feira. Diga-se que no discurso do Dr. Strech Monteiro, as Caldas de S. Jorge, foram por diversas vezes focadas, lembrando que o Concelho da Feira tem poucos escritores, e que um dos que mais escreveu, era natural dos Carvalhos, e vinha para a zona envolvente das Termas inspirar-se e escrever quase todos os seus livros.

sábado, 12 de abril de 2008

Exercícios para crianças com quilos a mais

Professora de Educação Física e nutricionista orientam programa que trabalha o corpo e aconselha a corrigir hábitos alimentares.

A música não pára e os movimentos também não. Uma hora de intensa actividade física. Rita Santos está atenta aos passos e não permite que o corpo se dê à preguiça. Começa-se com jogos, acaba-se com abdominais. "Faço jogos para que seja divertido e para que tenham sucesso no que estão a fazer. E tento ao máximo que estejam em movimento, que estejam a correr. Trata-se de uma actividade de baixa intensidade, mas prolongada no tempo, que é o que faz perder peso, queimar a caloria", explica a professora de Educação Física. Carolina Brito, de sete anos, não pára. "Gosto do jogo 'Cola e descola'", desabafa. "É um programa bem fixe", acrescenta no final do esforço físico, enquanto bebe água e limpa o suor. Foi o pediatra de Carolina que aconselhou os pais a que entrasse no programa. João Carlos, de 10 anos, recebeu o mesmo conselho do seu médico e desde Outubro do ano passado perdeu quilo e meio. "É um programa divertido e ajuda-nos a perder peso", refere. Renata Alves, de 10 anos, considera o programa "divertido". "O médico deu um papel à minha mãe e cá estou". E quantos quilos perdeu? Renata Alves confessa que ainda não fez as contas.
Três horas por semana, uma professora de Educação Física, uma nutricionista e três crianças. Uma sala com objectos desportivos, música e muita actividade física. O Programa de Actividade Física para Crianças Obesas (Paco) arrancou em Outubro do ano passado. Não é um projecto inovador, trata-se aliás de uma réplica de outros que existem no país, mas é o único que dá resposta ao concelho de Santa Maria da Feira e municípios vizinhos. A professora de Educação Física Rita Santos importou a ideia do local onde estudou, a Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, para a implementar no Complexo Desportivo do Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas, Santa Maria da Feira. Começou com duas crianças, hoje tem três. O objectivo é continuar e chamar a atenção para um programa que pretende controlar o peso, queimar calorias e aumentar a auto-estima. Para crianças e adolescentes obesos ou com excesso de peso, com idades compreendidas entre os 5 e os 16 anos. A primeira aula é gratuita.

Curiosidades do nosso património escondido!!!


Poucas são as pessoas que nasceram posterior aos anos 70, que saberão o que é uma “carreta funerária”, e muitos menos sabem que Caldas de S. Jorge tem uma, e diga-se em bom estado de conservação.

Recentemente um idoso, falou-me de uma “carreta funerária” que terá sido oferecida pelo Sr. Fernando Ferreira, antigo proprietário da “Sóbrinca”. Como a minha curiosidade é muita, tratei de ir procurar essa “carreta” e de tirar umas fotos para quem nunca viu, nem sabe o que é, ficar com o registo da mesma.

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Encontro de Bandas Nas Caldas de S. Jorge...

PS Caldas lança novo Blog.


Partido Socialistas de Caldas de S. Jorge lança um novo Blog.
Este novo blog vem substituir o anterior que foi criado para as eleições intercalares.
Este Blog pode ser visto em: http://caldas-ps.blogspot.com/.

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Termas de S.Jorge promovem campanha promocional, dirigida a todos os professores do concelho de Santa Maria da Feira

A Sociedade de Turismo de Santa Maria da Feira, SA marca presença na Feira das Profissões - mostra de oferta formativa, que decorre até ao próximo dia 11 de Abril, no Europarque, dando destaque aos seus principais produtos turístico: na vertente do turismo de saúde, as Termas de S. Jorge e no âmbito cultural, as Ceias Medievais.

Durante o decorrer desta feira é promovida uma campanha promocional dirigida a todos os professores do concelho de Santa Maria da Feira, em que estes poderão beneficiar de um desconto de 50% na inscrição termal (válido até ao dia 31 de Maio 2008), na realização de um programa termal, igual ou superior a 14 dias de tratamentos.
Para o efeito, basta apresentar no balneário termal o respectivo vale de desconto juntamente com comprovativo da actividade profissional.
Com o intuito de esclarecer algumas dúvidas, sobre a actividade termal, aos jovens visitantes da feira que procuram definir o seu percurso profissional ou formativo, as Termas de S. Jorge prepararam suportes de informação específicos que descrevem as profissões que o balneário dispõe e apresentam alguma oferta formativa na área da saúde, com destaque para o curso de técnico de termalismo, a leccionar pela Escola Secundária Coelho e Castro de Fiães, em resultado de uma parceria entre ambas as instituições.

Termas de S.Jorge oferecem sessões de saúde e bem-estar a idosos do Centro Social das Caldas de S.Jorge



No intuito de assinalar o Dia Mundial da Saúde, as Termas de S.Jorge promoveram no passado dia 7 de Abril, no Centro Social das Caldas de S.Jorge, a iniciativa "tardes de mimos", que teve como objectivo proporcionar aos utentes deste espaço alguns momentos especiais de bem-estar.
Centrados na definição mundial do conceito "saúde", enquanto estado de bem-estar físico, psicológico e emocional, as "tardes de mimos" surgem como uma aposta clara na promoção da saúde dirigida aos seniores da vila termal, entre os quais se encontram antigos funcionários do balneário.
Esta acção contemplou a visita de alguns técnicos do balneário ao Centro Social das Caldas de S.Jorge, para a realização de tratamentos de bem-estar, com destaque para as máscaras de algas e as massagens manuais.
Com esta iniciativa as Termas de S.Jorge pretenderam promover uma mensagem sobre a importância dos cuidados de saúde do idoso, determinantes na promoção da sua saúde e bem-estar e, consequente, melhoria da sua auto-estima e qualidade de vida.
Face ao sucesso da iniciativa e ao excelente ambiente de convívio entre os técnicos das termas, do centro social e os idosos, esta iniciativa será certamente repetida, durante a corrente época termal.
Na época passada, o balneário feirense recebeu mais de 1.500 termalistas, com idades superiores a 65 anos, por motivos de patologias do foro músculo-esquelético, vias respiratórias, pele ou simplesmente por prevenção.

quarta-feira, 9 de abril de 2008

O Rei do Volfrâmio de Miguel MIranda...


Sessões de Lançamento


Sexta-Feira pelas 21:00 - Biblioteca de Santa Maria da Feira.

O REI DO VOLFRÂMIO

Na primeira metade do século XX, o mundo foi flagelado por guerras sucessivas, que causaram milhões de mortos, destruição e sofrimento. Houve também quem prosperasse com o esforço bélico, como os volframistas. Portugal foi um dos principais exportadores de volfrâmio, durante a Guerra Civil de Espanha e a Segunda Guerra Mundial.O enriquecimento súbito dos volframistas e a sua queda na penúria do pós-guerra são motivo para uma tese de doutoramento do investigador João de Deus. Mergulhado numa conturbada vida amorosa, investiga o passado de Petrónio Chibante, o Rei do Volfrâmio, explorador da mina Paraíso, em Vilar das Almas. O passado, convocado de forma estranha pela alma de Serafina Amásio, antes de abandonar o corpo, cruza-se com o presente, revivendo amores e desamores de cada época, no lugar recôndito de Vilar e por esse mundo fora.O Rei do Volfrâmio é a saga de um país e das suas almas, vivendo de um passado faustoso e iluminado, sem canalizar forças para o futuro. É uma reflexão sobre a diáspora e as gerações de novos párias.É também uma ode ao amor, nas suas mais diversas e estranhas formas. É ainda uma elegia aos que das fraquezas fizeram forças, em nome da razão.
Trailer do Livro: http://www.youtube.com/watch?v=zn1CjyeVXEE
sem IVA: 16,50 €
Preço com IVA: 15,71 €

Pedro Abrunhosa, GNR e EZ Special juntos pelas "Diferenças"



Pedro Abrunhosa (na foto), GNR e EZ Special vão dividir, no próximo dia 22 de Abril, o palco do Europarque de Santa Maria da Feira, no espectáculo de solidariedade, "Concerto pelas Diferenças".

A iniciativa visa contribuir para a criação de um novo Centro de Desenvolvimento Infantil "Diferenças", em Santa Maria da Feira, à semelhança daquele que existe em Lisboa.

O Centro de Desenvolvimento Infantil "Diferenças" foi inaugurado em 2004, pela mão da Associação de Portadores de Trissomia 21 (APPT21), com o objectivo de prestar cuidados a crianças afectadas por esta e outras doenças genéticas e pelos vários tipos de défices cognitivos.
Segundo comunicado enviado à imprensa «os lucros do concerto pela 'Diferenças' reverterão (...) para a formação de técnicos locais, para equipar o novo centro e para a criação de um 'Fundo social' que permita a crianças carenciadas da região o acesso a cuidados de qualidade, em condições de igualdade relativamente a todas as outras».
Os bilhetes custam 10 euros e estão à venda no Europarque, no Centro de Juventude de Santa Maria da Feira e nas sucursais do Millenium BCP.
AT

Feira das Profissões em Santa Maria da Feira

A Feira das Profissões – Mostra de Ofertas Formativas vai decorrer no Europarque de Santa Maria da Feira entre esta quarta-feira e o próximo dia 11 de Abril.
Nesta mostra de oferta formativa estarão presentes dezenas de instituições ligadas ao ensino e formação profissional, bem como actividades diversas e animações.
A Feira das Profissões é destinada a professores, formadores, pais e encarregados de educação e à comunidade em geral, tendo como principal objectivo combater o insucesso e o abandono escolar.
A mostra pretende divulgar e fomentar a oferta formativa existente no concelho e promover a qualificação escolar e profissional.

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Perigo em frente às Termas...




O painel publicitário que se encontra em frente ao edifício termal, Tem há vários meses o vidro partido. Deve-se dizer que uma criança facilmente pode-se cortar.

Também não esquecer que é a zona mais frequentada por quem nos visita, ficando este abandono como imagem da nossa freguesia.

Fica aqui este reparo, para que se tome medidas o mais rápido possível.

domingo, 6 de abril de 2008

SEXO – DROGAS – PÍLULAS – MENORES – ASSISTENTE SOCIAL!!!

Estava eu em conversa com um amigo, e veio à “baila” o bairro social. Foi-me dito algo que me perturbou imenso. Segundo ele, a assistente social chamou a maior parte das raparigas do Bairro Social, diga-se a grande maioria menores, e levou-as à farmácia para comprar pílulas. Não deixa de ser curioso, que uma assistente social que nada tem feito para obrigar as menores frequentarem a escola; uma assistente social, que expulsou uma jovem mãe solteira da habitação social, agora se preocupe em distribuir pílulas em vez de criar umas sessões de educação sexual, e mais grave ainda, em vez de se preocupar a fazer teste de HIV e de outras possíveis doenças (DST), anda a promover a pílula a essas “crianças”, deixando de lado e sem informação que o vírus da sida é uma realidade, as hepatites existem, e a lista das (DST) existem inúmeras doenças como; HPV; DIP; LGV; sífilis entre outras, sendo que estas transmitem-se na mesma caso não sejam tomadas outras medidas. Tendo a consequência de quando não diagnosticadas e tratadas a tempo, podem evoluir para complicações graves como infertilidade, infecções neonatais, malformações congénitas, e aborto (no caso de gestantes), câncer e até a morte.
Estas pessoas que ganham para isso, devem parar para pensar que caminhos estão a levar estas “jovens crianças”!!! É sabido que a toxicodependência no bairro é uma realidade indesmentível. É sabido que esta assistente social mostra-se mais preocupada em ajudar, quem de facto não precisa em detrimento daquelas jovens que tem lutado para ter uma vida melhor, uma família e se possível e porque não um futuro.

Eu nunca estudei esta área de sociologia, nem tão pouco comportamentos de sociedades, mas uma coisa é certa, tudo o que esta assistente social está a fazer no meu ver, não passa de um incentivo à prostituição e quem sabe à degradação da comunidade e o aumento da toxicodependência.
Será esta a assistente social que este bairro precisa???
Será este o caminho mais dignificado da vida Humana???
Para que mentalidade caminhamos???
E em que ano é que estamos???
Depois as pessoas admiram-se, dos problemas das escolas, quando se vê atitudes irresponsáveis de quem devia ter responsabilidade.
Não posso aceitar que uma jovem mãe, solteira, tenha sido posta na rua por estar a viver com o pai da criança, e autorize a promiscuidade, e troca de namorados todos os dias pernoitando os mesmos na habitação. É esta dualidade de critérios que não aceito, muito menos deixar passar em claro pelas entidades oficiais.
Ass: AMMC

sábado, 5 de abril de 2008

RESPIRA...


Na qualidade de elemento dos Corpos Sociais da RESPIRA, tive ensejo de, no passado fim-de-semana (29 e 30 de Março), por amável convite da APTEC – Associação Portuguesa de CardioPneumologistas, assistir a parte dos trabalhos do 14º. Congresso daquela Associação de Técnicos da Saúde.
Fixei-me sobretudo nas exposições do Prof. Dr. Segorbe Luís, Presidente da Sociedade Portuguesa de Pneumologia e do Pneumologista Dr. João Cardoso porque dissertaram sobre a DPOC, Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica.
Sobre esta doença foi salientado que a rede pública de saúde está muito longe de atingir os mínimos para dar alguma satisfação assistencial.
O primeiro diagnóstico será feito através da Espirometria e, lamentavelmente, mais de 80% dos Centros de Saúde não dispõem de Espirómetro. Salientaram ambos os técnicos acima referidos que todas as pessoas que fumam há mais de 10 anos e os que fumaram durante 10 anos ou mais devem pedir ao seu médico de família uma Espirometria, porque muito provavelmente terá indícios de DPOC que deve começar a tratar. Por graça invocou um spot publicitário muito antigo: “Já fez a sua Espirometria hoje?”
Uma das tarefas da RESPIRA é alertar para esta necessidade e tentar fazer lóbi junto dos poderes centrais para que se alargue a rede de rastreio da DPOC, para além do aumento das comparticipações nos medicamentos específicos.
E, para se fazer lóbi com força, temos que aumentar o número de associados. Todos os fumadores e ex-fumadores poderão vir a beneficiar do esforço que venha a ser feito, pelo que daqui apelo a que se inscrevam como sócios. Pagam uma quota de € 12,00 por ANO.
Disponho de fichas de inscrição. Aguardo contacto e agradeço.

José Pinto da Silva

quinta-feira, 3 de abril de 2008

OLHO VIVO...

Estrada Nacional 223. São largos quilómetros com tampas de saneamento nestas condições e outras, até, piores.

In Terras da Feira Online.

De oito para oitenta

Tem sido insistentemente assinalada, nestas páginas e também na blogosfera local, a desordenação do estacionamento na zona envolvente das Termas, com forte saliência para o que se passa na Rua Graciete Santos, porque aí, há um sinal de proibição de estacionar do lado direito (a rua é de sentido único) que ninguém respeita e, estacionando-se de ambos os lados, deixa de haver passagem para um qualquer pesado. Fala-se que há dias um camião esperou ali quase uma hora porque os donos das viaturas estacionadas e a estorvar a passagem deviam estar no bem bom de alguma massagem ou banho bem temperado. Muito se tem falado também para o estacionamento em cima dos passeios, em cima mesmo, as quatro rodas nos passeios, nalguns casos de gente com responsabilidade no funcionamento da estância.

Situação bem distinta é a com que foram confrontadas diversas pessoas que, na Rua Rio Uima, na faixa do lado direito, sentido norte/sul, tinham as viaturas estacionadas em frente da Pensão São Jorge. Estavam os carros bem arrumados, um deles com 2 ou 3 cm em cima do passeio (notar que é um passeio à cota do asfalto), e uma brigada da GNR parou (por sinal a estorvar a entrada num parque privado) e começou a anotar as matrículas das viaturas, por estarem, segundo os agentes, em contravenção.

Concluiu-se, depois de se conversar com aquela autoridade que, naquele dia, era objectivo chamar à atenção, mais do que passar contra ordenações. Claro que foram os condutores aconselhados a retirarem as viaturas e deu para, depois, se tecerem alguns comentários. De forma cordial, seja dito.

Que naquela rua, disse um, sempre se estacionou naquele lugar, até porque não há na rua qualquer sinal de proibição, nem existe ali a linha longitudinal amarela que iniba a paragem. Que se está a transgredir, porque os carros que vierem no mesmo sentido, para ultrapassarem, terão que pisar a outra faixa de rodagem, ripostou o guarda. Mas qual o problema, se ali está marcada a linha descontínua a separar as faixas? Está a transgredir o código da estrada, diz um agente. E ademais, tem vindo nos jornais, referiu especificamente o "Terras", que a polícia tem feito vista grossa ao estacionamento desordenado em Caldas de S. Jorge e logo lhe foi ripostado que as notícias se reportavam à Rua Graciete Santos com estacionamento dos dois lados e alguns estacionamentos nos vértices de curvas impeditivos de passagem de autocarros. Que já tem sido preciso ir chamar "ao banho" condutores de viaturas deixadas a estorvar o autocarro. E às vezes ficam carros "poisados" em cima dos passeios. Que em ambos os casos, lá como ali no caso em apreço, são transgressões ao código, foi dado como resposta.

Claro que não ficaram os circunstantes convencidos, porque para se impedir o estacionamento são precisos os sinais de proibição e, no caso apreciado, havendo ali uma linha descontínua, não se vê que transgressão haverá, se uma viatura ao ultrapassar outra estacionada passar à outra faixa, se não vem outro de frente. Não se pode ultrapassar um carro em andamento?

Oxalá não se trate de um excesso de zelo ou uma tentativa revanchista só porque a comunicação falou de alguns casos aberrantes e tratados com olhos de soslaio.
nnn
Têm sido assunto recorrente em conversas mais restritas, como nos meios de comunicação, a pesquisa, detecção e denúncia das mais recônditas fórmulas de corrupção, com destaque para as mais miúdas, as que passam por entre os dedos das mãos de todos. As grossas só com o arpão da especializada investigação.
Cai no conhecimento de quase todos (quem poderá dizer que não conhece um caso no seu lugar, na sua freguesia ou no seu concelho?) a corrupção e fraude ao nível das prestações sociais, nomeadamente os subsídios de desemprego e doença e o RSI (vulgo rendimento mínimo) e muitas formas de untos de mãos para obtenção sub-reptícia de antecipações, de aprovações de direito duvidoso, etc.
Têm as tutelas reforçado os esquemas de fiscalização, gastando balúrdios de euros, mas parece estar interiorizado e provado que apenas 10% dos prevaricadores serão detectados pelas fiscalizações físicas nos locais de transgressão. Espera-se sempre estar no lote dos 90% não apanhados.
Uma fórmula expedita e barata de dissuadir a fraude seria a de afixar nos locais de estilo, em cada freguesia, listagem mensal dos beneficiários das prestações aludidas. Outra seria a de envolver obrigatoriamente as Juntas de Freguesia na validação dos processos de candidatura a alguns subsídios (RSI e Complemento Solidário) com despacho obrigatório de confirmação das declarações dos requerentes. As Juntas, pela proximidade, podem sempre, em caso de alguma dúvida, proceder a algumas averiguações confirmativas ou infirmativas das declarações.
Contou-se por aí que uma pequena empresa transformadora, com 8 ou 10 trabalhadores, em nome individual, apresentou a declaração de cessação de actividade. Diz-se que tinha instalações próprias e um razoável parque de equipamento específico. Fechou, portanto, e passou aos trabalhadores a respectiva declaração para o Fundo de Desemprego.
O titular da firma terá arranjado um (pseudo) emprego numa firma amiga, através da qual descontou sobre (pseudo) farto salário durante meio ano, após o que foi (pseudo) despedido, caindo no desemprego. Como já tinha 60 anos, esgotado o tempo de desemprego, haverá de tentar a reforma antecipada que, normalmente, é concedida.
O melhor da questão é que, desabafava-se com estupor, a firma, a que cessou a actividade, continuou a laborar nas mesmas instalações, com o mesmo equipamento, com o mesmo pessoal, com a mesma gerência, com os mesmos clientes, com os mesmos fornecedores, só que com todo o movimento ao negro e, claro, com o pessoal a receber por dois canais e passando todo o movimento para a dita economia subterrânea. Com tudo à vista e só o rabo escondido. Se houvesse a divulgação, por edital, das pessoas em subsidiação, não haveria algum decoro e mesmo receio de incorrer em tamanho desplante? É seguro que haveria. Funcionaria como as convocatórias para as juntas médicas de confirmação de incapacidades. Diz-se que mais de 20% dos convocados não comparecem e pedem a alta.
Com a cooperação dos institutos mais próximos das pessoas é que se agilizariam os procedimentos e se poupariam incontáveis recursos tão necessários.


♦ José Pinto da Silva (In Terras da Feira Online)

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL