quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Encontra-se diariamente , desde ontem, aberta a Sede de Campanha do PS de Caldas de São Jorge...

Encontra-se diariamente , desde ontem, aberta a Sede de Campanha do PS de Caldas de São Jorge.A candidatura do PS à Assembleia de Freguesia, convida todos os caldenses, independentemente da sua simpatia politica a visitarem a mesma.

Todos são Bem Vindos

Horario : Abertura 21H

In PS Blog.

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA...


As reuniões da Assembleia de Freguesia de Caldas de S. Jorge ficam sempre vazias de público, o que, sendo estranho, é sobretudo desolador. E mais desolador é concluir-se que, nem os candidatos, não eleitos, têm ao menos a curiosidade de ver como funciona o órgão a que, ao cabo e ao resto, se candidataram.


Já viram?... Em 2007 concorreram 5 listas. Cada lista integrava 9 elementos efectivos e 7 suplentes. Logo houve 80 pessoas que se declararam, assinando e tudo, prontos para participar. Mas, se contarmos só os efectivos, seriam 45, dos quais 12 ficaram eleitos. Poderíamos (e deveríamos) ter 33 candidatos efectivos a assistir, a participar, a fazer perguntas, a questionar o executivo ou a Mesa. Mas … parece que cabeças de listas há que, não tendo sido eleitos, nunca lá puseram os pés. Nem para assistir à primeira cerimónia que é a tomada de posse dos eleitos.


Esta ausência generalizada de público tem muito, muito a ver com a não divulgação das reuniões, divulgação, de resto, obrigatória por lei. E não custaria muito copiar a convocatória e afixá-la nos diversos locais da freguesia, inserir no site da autarquia e pedir a divulgação ao Pároco.


É imperioso que os eleitos, todos os eleitos, participem activamente nas reuniões, coloquem questões e é mais imperioso ainda que o Executivo, o seu Presidente como primeiro responsável, colabore tornando conhecida a sua actividade e colabore respondendo clara e prontamente às questões dos eleitos e do público que, se obtivesse respostas às suas dúvidas, passaria a comparecer.Coisas há que, de tão simples, fácil será fazê-las mudar.


Fátima Oliveira
In PS BLOG

Foguetes na Garagem…

Segundo o que circula pela freguesia, no domingo passado, um partido tinha o fogo de artificio preparado para estourar…Mas ao que parece as canas molharam-se, e na hora da verdade os foguetes não estouraram…

Hermínio Mota revoltado com obras eleitoralistas mal feitas…

 IMAG0161IMAG0157IMAG0158 IMAG0159 IMAG0160 

O Candidato do CDS-PP mostrou-se indignado com o alcatrão que está a ser colocado de forma apressada, mal feito e numa atitude eleitoralista vergonhosa.

O Candidato inclusive comparou o tapete colocado de forma estratégica, a um tapete velho que se coloca na estrada. Na rua do lago, a vergonha é por demais. Só foi colocado tapete, em frente ao estabelecimento comercial, para dar a entender que toda a rua, que se encontra degradada tinha levado tapete novo.

O Sr. Hermínio coloca mesmo o tapete de casa na estrada, para se ver o tamanho dos remendo que o resto da rua levou. Não deixa de ser curioso que só Arcozelo tenha direito a ruas completas com tapete, ruas essas em muito melhor estado que a rua do lago.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

CORREIO DE LEITORES…

De Neuchàtel ! à nossa Vila Termal !

Um bom dia !

Vendo S.Jorge por uma janela !

Agora que a campanha eleitoral acabou , para Assembleia da Republica .

E o P S ganhou em Caldas de S.Jorge , os meus parabéns a todos socialistas .

A sempre divergências diferenças de opiniões .

Mas temos as Autárquicas brevemente , não nos devemos iludir , continuando o partido socialista a trabalhar , mobilizando todas as suas forças .

Porque a batalha só é ganha no dia onze de Outubro em Caldas de S.Jorge .

Até lá é preciso continuar a trabalhar , para bem do nosso povo .

E tempo em breve para pensar e votar novamente , nas Autárquicas .

Por vezes é um passo difícil de dar .

Porque alguns tem sempre duvidas , quanto ao futuro candidato é normal .

Alguns já são conhecidos nossos , como Presidentes .

Mas vale a pena meditarmos bem , para não cairmos na tentação , de cometermos os mesmos erros de sempre .

Deixando tudo ou vários problemas num impasse , por falta de diálogo e contacto , etc.... .

Será este melhor ou aquele , compete a cada um de nos julgarmos os três candidatos .

E no dia das eleições e do voto , podemos nos pronunciar a esse respeito .

Ainda bem que podemos votar livremente , pois estamos numa democracia .

Em democracia o voto , é uma arma importante para defender-mos nossos direitos de cidadãos .

Não votar é deixar tudo nas mãos dos outros , e eles decidirem por nos .

Todos candidatos tem possibilidades de ganhar .

Eu gostaria de dar a minha opinião .

Pergunto !

Se queremos continuar num impasse em relação a muitos problemas de S.Jorge , ou no desenvolvimento da nossa Vila .

A boas perspectivas de um determinado candidato , ou candidata ganhar .

Para mim esse candidato ou candidata , vai ser exigente na resolução dos problemas de S.Jorge , em todos aspectos .

Precisamos de alguém com coragem , que prometa e cumpra , que seja honesto e sincero , com ideias novas .

Um candidato de proximidade , que resolva todos problemas em S.Jorge existentes e no futuro , com ajuda dos particulares , no diálogo , no contacto humano , para bem de todos .

Precisamos de alguém para ouvir e aconselhar tentando resolver os problemas da população e dos mais desfavorecidos .

No candidato P S D !

Vejo um candidato silencioso , reservado e fechado , na resolução , divulgação de contas e dos problemas em Caldas de S.Jorge .

Um candidato que trouxe muitos problemas à comunidade , a S.Jorge e a muitos particulares .

Reservado nas suas ideias e projectos , com falta de transparência .

Um homem não é perfeito , mas continuando a cometer tantos erros , manchando o nosso bom nome , não é digno de continuar à frente de S.Jorge e de todos nos , nos representando .

Todos nos somos responsabilizados pelos nossos erros , mais cedo ou mais tarde .

Vi pouco ou nada , em relação a propostas e projectos .

Estando aqui não tenho acesso a tudo .

Vi um género de ameaça , ou votais em mim , tenho um projecto no bolso para S.Jorge , caso não ganhar  o projecto é anulado .

Na minha opinião os projectos não tem a ver com o candidato , mas sim com a Câmara .

As verbas são estipuladas pela Câmara para S.Jorge e outras Vilas , independentemente do Presidente que ganhar e partido julgo eu .

No candidato C D S !

Vejo um candidato , popular de proximidade , com disponibilidade e diálogo .

Abordando vários problemas de interesse publico .

Com algumas propostas , transparência de contas , na limpeza , etc... .

Com boa disposição e experiencia para ajudar o próximo , etc... .

No candidato P S !

Vejo um P S , com um candidato , abordando vários problemas de interesse publico .

Com uma boa condução de campanha e divulgação dos problemas de S.Jorge .

Gente nova com capacidade e coragem para governar os próximos quatro anos .

Um candidato de disponibilidade , de contacto e de proximidade .

Um candidato generoso e atencioso , pronto a fazer algo pelo seu próximo .

Transparência nas contas , na limpeza , no diálogo , tempo e disponibilidade , para ajudar as pessoas mais carenciadas , e não só .

Para escutar e informar , ajudando a preencher e esclarecer os mais diversos documentos .

Assim dando apoio a todos e não só alguns .

Acabando com algumas descriminações .

Apoiando associações , comissões e moradores , etc... .

Um candidato para tirar do impasse problemas com particulares , vários problemas criados pela anterior Junta .

São diversos !

Por todas as nossas freguesias , acesso ao Calvário , placas dos Fontanários , paragens de camionetas , caminho publico , etc... .

No candidato C D U e BLOCO !

Vejo pouco ou nada no nosso correio de leitores , por isso não me posso pronunciar .

Nos Caldenses !

Não nos interessa um candidato , que faça promessas e que crie problemas à Freguesia e a particulares .

Prometendo , andando sempre a correr , sem ter tempo para nada e não cumprindo .

Precisamos de alguém , que nos escute e nos ajude a resolver os nossos problemas , por muito pequeno que ele seja , é para isso que ele é eleito .

Queremos um candidato de todos e não só de alguns .

Que ajude a população , a enfrentar os mais diversos problemas , estendendo-lhes as mãos .

Com determinação e coragem em todos aspectos , no diálogo e compreensão , com disponibilidade e apoio , para ajudar a resolver todos problemas de todos Caldenses .

Sem diferença do seu estatuto social .

Cumprindo com suas obrigações e deveres para com nos e S.Jorge .

E para isso que é eleito , para dar o melhor por S.Jorge e por todos nos .

E não só para dar nas vistas , mas sim para trabalhar no interesse publico , com todos partidos .

Queremos um Presidente , para divulgar metendo em cima da mesa , todos os problemas existentes de S.Jorge e não alguns quando bem entender no seu interesse ou de alguns , metendo o resto numa gaveta .

Para se dialogar e procurar soluções , no interesse de todos nos , um Presidente neutro de todos .

Está na hora de arrumar-mos a casa , para S.Jorge se valorizar , em todos aspectos .

Precisamos de alguém que seja limpo , nas acções e em tudo .

Uma mudança é necessária na minha opinião .

Para metermos a casa em ordem .

Não tolerando mais impasses na resolução dos problemas , e para haver mais transparência em tudo .

Os pequenos também tem o seu devido valor , mas alguns só o tem no dia do voto , a partir dai são esquecidos .

As abelhas dão-nos um bom exemplo , trabalham bem em conjunto dando-nos o mel , o paladar mais doce do mundo , é a recompensa do seu bom trabalho .

Quero eu dizer que os homens e os problemas pequenos , não se medem pelo peso do seu dinheiro , ou do seu tamanho .

Mas sim pelo peso dos seus valores e coração .

Não depende do que tem dentro dele , mas no que pode oferecer ao seu próximo .

Ganhe quem ganhar terá o meu respeito , visto ser a vontade do povo .

Mas nem sempre ganha o melhor , nesse caso não posso concordar com ele , talvez em todos os aspectos , mas isso é normal em democracia .

E nos devemos saber perder , reconhecer que erramos , pelo menos quando cometemos certos erros .

Para tentarmos melhorar e aprender-mos com nossos erros .

Temos de apostar na competência , na tecnologia , no ensino , aprendizagens e formação , etc... .

Não é por acaso que a Suíça é o Pais mais competitivo do mundo .

Os tempos mudaram , à competidade e selecção em tudo , quem não se preparar bem , fica pelo caminho .

Felizmente em S.Jorge , estamos de parabéns em relação ao trabalho , pois não tem havido desemprego , graças a Deus .

S.Jorge merece alguém que o honre , com honestidade , transparência , trabalho e dedicação .

Estou com esperança que o povo decida pelo melhor , através do voto , para a transparência , divulgação , resolução dos problemas existentes , através  do diálogo e compreensão de todos .

Comprimentos .

Albano Gomes .

1ª Sondagem Caldas de S. Jorge Blog…

image

image

image

Não perca… Hoje às 20:00h…A primeira de três grandes sondagens das autárquicas 2009 para as caldas de S. Jorge….

Verdade inconveniente V

IMAG0066IMAG0065IMAG0104  

Campo Relvado (de erva)

Milhares de euros gastos, e nem as balizas ficaram.

Pior mesmo só colocar nos prospectos como obra de relevo!!!

Será que o Mundo anda todo doido…

CDS-PP Em Jantar Convívio…

[image[23].png][image[18].png][image[21].png][image[22].png]

O CDS-PP, organizou um jantar convívio com os elementos da lista. Diga-se que o jantar decorreu de forma animada, e contou com a presença do candidato pelo CDS-PP à Câmara Municipal.

Segundo o Kouzas e Louzas o Sr. Hermínio disse:

“Não aceita a derrota nem meias vitórias… “posso dar um lugar a um ou outro, mas escolho-os a dedo! Não quero corrupção e ela está instalada em S. Jorge! Eu quero, limpar a sujidade nas Caldas!”

Pessoalmente só tenho a sugerir que faça mais jantares convívios, desde já agradecendo ao amigo SHREK pela cedência das fotos....

Pode ver mais em Em Kouzas e Louzas

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Vira-Casacas

Desde tempos imemoriais que os denominados “Vira-casaca” vão proliferando um pouco por todos os cantos deste sistema planetário.

O termo Vira-casaca, significa pois, alguém que de um momento para o outro ou após um período de reflexão, mudou de opinião relativamente a algo ou alguém. Normalmente, estas mudanças são de tal forma impressionantes que acabam por nos assustar.
- Não é, no entanto, o caso que hoje vos relato e que, seguramente, já todos conhecem.

Mas antes, dir-vos-ei que os “Vira-Casacas” podem ser encontrados nos mais diversos quadrantes da sociedade: da religião à politica, passando pelo desporto e acabando na orientação sexual.Os casos mais mediáticos estão ligados ao desporto (mais particularmente o futebol) e à orientação sexual, por serem assuntos que estão mais acessíveis às massas. Dou, como exemplo, o caso do Figo, quando mudou do Barcelona para o Real de Madrid (se bem que neste caso, as “pesetas” faziam toda a diferença). Temos também o caso do Helder Postiga que foi do Porto para o Sporting ou do “Cebola” que trocou a Luz pelo Dragão.

E por aí fora.Em termos políticos, tivemos casos recentes como por exemplo a Zita Seabra que era comuna desde pequenina e que assumiu preponderância nas lides Sociais Democratas numa das últimas direcções do partido. Temos também o caso do Freitas do Amaral, um dos fundadores do CDS que assumiu o cargo de Ministro dos Negócios Estrangeiros num governo PS, valendo-lhe o envio do seu retrato para a sede do PS, no Largo do Rato.

No nosso meio, posso então falar-vos da última aquisição do PSD que, não possuindo “gente de confiança” para assumir a candidatura à Junta de Freguesia em Caldas de S. Jorge (pelo menos é o que se diz por aí), tratou de “contratar” esse baluarte da independência e da defesa dos mais oprimidos de Arcozelo:
- José Martins.

Dizia pois que este caso, pela sua particularidade, não me assustou.
Não me assustou pelo protagonista. De facto, todos nós já nos vamos habituando a que as verdades de hoje não são, seguramente, e neste caso, as verdades do amanha. Politicamente falando.

No entanto, e por outro lado, o que mais me impressionou e me assustou foi, a interferência directa dos Senhores feudais de Santa Maria da Feira que, talvez de forma abusiva, fizeram prevalecer a sua vontade na escolha do candidato à Junta de Freguesia de Caldas de S. Jorge. Foi assim nas Caldas de S. Jorge. Foi assim aqui ao lado, em Lobão. Já o tinha sido em Escapães.

Por isso, fica a dúvida:
- Será que no universo de militantes e votantes do PSD de Caldas de S. Jorge não haveria alguém com perfil para se (re)candidatar à Junta de Freguesia? Será correcto o que fizeram com o Sr. Manuel Vilar? E aos membros da lista das intercalares? Pediram-lhes opinião?
Penso que esta atitude foi, na realidade, contra os militantes do PSD de Caldas de S. Jorge. Saibam por isso interpretar o devido significado.

Porque em política, não pode nem deve valer tudo…

Guga.Gago

Faleceu...

Verdade inconveniente IV

4

Água Potável ou Não???!!!

domingo, 27 de setembro de 2009

RESULTADOS NAS CALDAS DE S. JORGE…

PS

722

PSD

448

CDS

180

CDU

67

BE

143

PPM

6

PPV

3

MEP

4

PCTP-MRPP

14

PH

2

MMS

11

PMD

4

PNR

3

BRANCOS

40

NULOS

19

TOTAL

1666

 

 

Votantes da Sala A – 1268

Votantes da Sala B - 398

PARTIDO SOCIALISTA O GRANDE VENCEDOR…

COMENTÁRIOS NOVAMENTE ABERTOS..

Os comentários estão novamente disponíveis para todos os cidadãos que queiram comentar, quer de forma anónima quer identificada. solicita-se que em ambos os casos sejam moderados e foquem os seus comentários essencialmente no post em questão.

Barafunda nas Mesas de Voto…

Eleições

No acto eleitoral de hoje, em Caldas de S. Jorge, verificou-se que, alguém e dizem-me que esse alguém é a Junta de Freguesia,

resolveu colocar 1 690 eleitores na Assembleia de Voto 1 e somente 741 eleitores na Assembleia de Voto 2. Isto provocou que, por um lado, muitíssimos eleitores habituados a votar na 2 tivessem que passar para a um e sobretudo provocou que, enquanto na Mesa 1 se formavam filas grandes com a consequente demora, na Mesa 2 estava tudo "às moscas".

Seja quem for o responsável por esta divisão, deu provas de uma manifesta incompetência, diria mais, parvoíce, se é que tal não foi feito de propósito e, se foi, não encontro adjectivo insultador.

É absolutamente imprescindível que os cadernos sejam alterados até às eleições de 11 de Outubro, porque a manter-se a divisão, tendo a próxima eleição 3 boletins diferentes, a confusão será terrível.

E é esperável que a Câmara, se a si não cabe a responsabilidade, tenha a coragem de tornar público o nome ou nomes dos responsáveis por tal incompetência.

José Pinto da Silva

Notícias de Santa Maria da Feira…

TGV arrasa 116 casas

Quase metade (52) da casas a derrubar fica nos primeiros 20 quilómetros da linha entre Santa Maria da Feira e Gaia.

Pode ver toda a notícia AQUI...

****************************************************

Incêndio dá demissão

Em 24 anos que levo de bombeiro, nunca vi nada assim", conta Leonel Silva, de 39 anos. O bombeiro da corporação de Santa Maria da Feira, pai de uma menina de oito anos, foi despedido por ter ido a um incêndio.

Pode ver toda a notícia AQUI...

Sujos ambientais…

Hoje de manhã, uma cidadã de Caldas de S. Jorge que foi colocar lixo no Eco Ponto ao lado da Junta de Freguesia, chamou a atenção para dois grandes sacos cheios de garrafas vazias colocadas ao lado dos receptáculos.

Fui ver e constatei que, pelo tipo de vasilhame, só podem ser originárias de estabelecimento comercial.

Para além de ser "porco" quem quer que tenha assim agido, põe em causa o comportamento de todos os comerciantes do ramo.

É comum ouvir-se que autarquias ou outros organismos organizam palestras para educar crianças para a boa atitude ambiental. Adultos há que deveriam ser obrigados a frequentar essas palestras e em que os palestrantes fossem as crianças.

José Pinto da Silva

A Verdade inconveniente III

IMAGE_048 IMAGE_046 IMAGE_047

Lugar do Lago N. 223

sábado, 26 de setembro de 2009

Arquitecto Pedro Castro Silva orador na conferência sobre a visão estratégica da Cidade de Lourosa…

Santa Maria da Feira: Lourosa “do futuro” prevê equipamentos de lazer para as pedreiras

Visão estratégica para o desenvolvimento da cidade lança ideias e pontes para os empreendedores privados. Construção de “showroom da cortiça” é outra das propostas

As pedreiras abandonadas de Lourosa ocuparam lugar de destaque no debate sobre o futuro desta cidade do concelho de Santa Maria da Feira, levado a cabo, por iniciativa da Câmara Municipal, na noite de anteontem.
Segundo o arquitecto Pedro Castro Silva, da Divisão do Planeamento da autarquia - que respondia a uma questão sobre o assunto colocada por António Cardoso, docente e candidato do PS à presidência da Assembleia Municipal –, nas duas antigas pedreiras poderão nascer “equipamentos ludico-desportivos”.
Em concreto, este técnico enumerou um parque de merendas, um parque radical “e eventualmente uma escola de ténis”. Para ressalvar, no final, que “são só ideias que vão surgindo”, ainda dependentes do prévio tratamento do “passivo ambiental” que as pedreiras representam.
Recorde-se que, em recente reunião do Executivo municipal, foi aprovada, por unanimidade, a compra das pedreiras de Lourosa por 100 mil euros, a pagar faseadamente. E que a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) é parceira da edilidade no processo de compra e de requalificação ambiental dos terrenos envolvidos, havendo, ainda, uma candidatura – visando este projecto - ao QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional). 
In D.A.

A verdade inconveniente II

IMAGE_028

Lugar de Arcozelo N. 223

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

ESCOLA DE MUSICA…

im1

Moradores de Arcozelo indignados …

D9H_E161

Vários moradores de Arcozelo estão a ficar indignados e revoltados, com as cargas usadas ultimamente…

Dizem que só nos primórdios do “Victor” é que se usavam cargas tão elevadas. O mais estranho é o silêncio do actual presidente da Junta de freguesia bem como o actual Presidente da Associação de Moradores de Arcozelo, que ao que parece é a mesma pessoa. Não deixa de ser irónico que no tempo do “Victor” a pedreira fazia pó e danificava as casas, agora que o actual proprietário deu uma “migalha” para o Calvário, tudo seja permitido, mesmo o deslocamento de toneladas de terra e areia, para bem perto da população.

Não deixa de ser irónico que o actual presidente da Junta venha para a Assembleia de Freguesia dizer que nada sabia da transferência de uma caminho nas pedreiras de Propriedade pública, para propriedade privada. É irónico porquê???? Porque uma semana antes o mesmo presidente que não sabia de nada, tinha votado favoravelmente a transferência desse caminho na assembleia Municipal. Foram transferidos 6.100m2 de terra que ao valor comercial da freguesia teriam um custo de 300.000€ na moeda antiga 60.000 contos.

Mais irónico é que foi aprovado um aterro sanitário para a pedreira e ninguém saiba de nada…

Será que alguém anda a esconder algo à população de Arcozelo???

As Más Notícias...

Acabamos de tomar conhecimento de que está internado no hospital Pedro Hispano, em Matosinhos e a passar bastante mal o Dr. António Pinho Ferreira que bem recentemente cá esteve e foi orador oficial no acto do descerramento do busto do Dr. Carlos Ribeiro. Para os mais antigos acrescentarei que o conhecíamos como o "Tono da Isabel".

Também bastante doente está o Prof. Joaquim Francisco de Sousa e, está internado no Hospital Magalhães Lemos, no Porto.
Era por cá conhecido por o "Quim do Albertino".

E já agora, embora já bastante gente o saiba, tem passado mal o José OLiveira Santos que os mais antigos conhecem por
"Zequito do Munho".

Aos três nossos conterrâneos apresentamos votos de rápidas e firmes melhoras.

José Pinto da Silva

Alguns Pontos a ter em Consideração nestas duas eleições


Alguns Pontos a ter em Consideração nestas duas eleições
27 de Setembro
E 11 de Outubro
……………………………………………………………….
A Assembleia da República é o principal órgão legislativo do país.
Sem objectivos claros, e sem leis adequadas e respeitadoras da realidade e do bem comum, o país não pode progredir.
A Assembleia, constituída por deputados propostos pelos partidos políticos, é um lugar vocacionado para construir a unidade e o progresso da nação.
Os seus membros devem empenhar se no maior bem da comunidade nacional, ocupando se com os problemas e situações mais graves que urge resolver.
A diversidade dos deputados e dos partidos é enriquecedora.
Não menospreza nem anula o contributo de todos.
No acto de votar, há que estar atento para ver se os candidatos apresentados pelos partidos dão garantias de poderem realizar o que deles legitimamente se espera.
Critérios e valores a respeitar e promover

4. Em todas as eleições, como na acção política normal, o critério fundamental deve ser a pessoa humana concreta, servida e respeitada na sua dignidade e direitos. Assim poderá satisfazer também os seus deveres. É este respeito e cuidado que permite realizar a humanização da sociedade.
Ninguém deve esperar que um programa político seja uma espécie de catecismo do seu credo, mas um modo de compromisso para a solução dos problemas do país. Neste sentido, enumeramos alguns critérios que consideramos importantes para escolher quem possa melhor contribuir para a dignificação da pessoa e a realização do bem comum:
– promoção dos Direitos Humanos;
– defesa e protecção da instituição familiar, fundada na complementaridade homem mulher;
– respeito incondicional pela vida humana em todas as suas etapas e a protecção dos mais débeis;
– procura de solução para as situações sociais mais graves: direito ao trabalho, protecção dos desempregados, futuro dos jovens, igualdade de direitos e melhor acesso aos mesmos por parte das zonas mais depauperadas do interior, segurança das pessoas e bens, situação dos imigrantes e das minorias;
– combate à corrupção, ao inquinamento de pessoas e ambientes, por via de alguma comunicação social;
– atenção às carências no campo da saúde e ao exercício da justiça;
– respeito pelo princípio da subsidiariedade e apreço pela iniciativa pessoal e privada e pelo trabalho das instituições emanadas da sociedade civil, nomeadamente quando actuam no campo da educação e da solidariedade…
O eleitor cristão não pode trair a sua consciência no acto de votar. Os valores morais radicados na fé não podem separar se da vida familiar, social e política, mas devem encarnar se em todas as dimensões da vida humana. As opções políticas dos católicos devem ser tomadas de harmonia com os valores do Evangelho, sendo coerentes com a sua fé vivida na comunidade da Igreja, tanto quando elegem como quando são eleitos.

Apelo aos candidatos e eleitores

5. Reconhecendo a acção política como uma “arte nobre”, não podemos deixar de apelar, aos políticos em acção e aos candidatos à eleição, que se empenhem, com o seu exemplo e testemunho, em dignificar a actividade política, na edificação de uma sociedade justa e fraterna, sempre possível e mais necessária numa sociedade plural e democrática.
A Igreja não tem nem pretende ter nenhum partido político, mas não esquece o seu papel na defesa da democracia, reconhecido pelos políticos mais lúcidos e pelo povo, bem como o seu empenhamento nas causas sociais, onde o bem de todos e a solidariedade exigem a sua presença.
Vemos, com esperança, as próximas eleições, dada a importância que têm neste momento europeu e nacional, e tudo faremos pelo seu êxito, estimulando os membros das comunidades que nos estão confiadas, para que exerçam o seu direito e dever de votar, em consciência e liberdade.
Nota Pastoral da CEP

COMENTÁRIOS LIVRES NOVAMENTE….

Nota:

A administração do Blog, decidiu por bem, abrir uma semana os comentários a todos os cidadãos. Ficam informados que a partir do fecho das urnas de domingo, será aberto os comentários a todas as pessoas durante uma semana.

A verdade inconveniente I

IMAG0156IMAG0155  

Lugar de Arcozelo, na N. 223

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

A importância de um voto…

O meu voto pode parecer insignificante pode até parecer que nada decide, mas irá fazer sempre parte da decisão final, será esse voto que com todos os outros irá escolher quem nos governa.
Somos chamados a fazer avançar este pais em que vivemos.
O voto é o pilar essencial da democracia, só por isso, o suficiente para sentirmos o dever de votar.
Porque não votar, significa votar naquilo que não queremos.
Se não formos votar, estamos a deixar que os outros decisão por nós, e votar é expressar a nossa opinião.
Cada vez mais á decisões que mexem com a nossa vida quotidiana.
Não podemos estar sempre a criticar tudo e todos e depois ausentarmo-nos do acto eleitoral.
A minha necessidade cívica passa necessariamente pelo (meu) voto.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

E AS CALDAS DE S. JORGE????

+ Saúde

O secretário de Estado da Saúde, Manuel Pizarro, presidiu, hoje, à cerimónia de assinatura de um contrato-programa entre a Administração Regional de Saúde do Norte e a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira para construção de cinco novas Unidades de Saúde Familiar (USF) no Concelho - Argoncilhe, Canedo, Escapães, Fiães e Milheirós de Poaires - e do novo edifício-sede do Centro de Saúde, num investimento global que ronda os oito milhões de euros. As unidades de Argoncilhe e Milheirós de Poiares serão as primeiras a avançar, devendo estar concluídas no final do próximo ano.
Na cerimónia de assinatura do contrato-programa, o presidente da Câmara Municipal, Alfredo Henriques, recordou que a Santa Maria da Feira é o município do País com mais Unidades de Saúde Familiar, sublinhando a “melhoria substancial do serviço prestado aos utentes” desde que as oito unidades do Concelho entraram em funcionamento. O autarca destacou ainda o acompanhamento da Administração Regional de Saúde do Norte neste processo, vincando que “foi essencial o empenhamento do secretário de Estado da Saúde”.
Por sua vez, o governante salientou os benefícios “do modelo diferenciado das Unidades de Saúde Familiar”, nomeadamente a proximidade e qualidade do serviço prestado, e destacou a “atenção que a Câmara Municipal tem dado às questões relacionadas com os cuidados de saúde primários”, terminando a sua intervenção com um agradecimento pelo “apoio incondicional” da Autarquia na definição do plano gizado para o Concelho.
Refira-se que os terrenos para os seis novos edifícios a construir foram cedidos pela Câmara Municipal, que e é também responsável pelas obras. O financiamento é suportado pela Administração Central.

ento pelo “apoio incondicional” da Autarquia na definição do plano gizado para o Concelho.
Refira-se que os terrenos para os seis novos edifícios a construir foram cedidos pela Câmara Municipal, que e é também responsável pelas obras. O financiamento é suportado pela Administração Central.

In http://23kronikasfeirenses.blogspot.com/

Homenagem a Caldas de S. Jorge…

Pequeno comentário de Alferes Pereira, Candidato à Câmara Municipal à Lista do CDS-PP às Caldas de S. Jorge…

CDS-PP - Caldas de S. Jorge

Ora viva!
Não quero ser obvio e muito menos parcial, mas não tenho a mínima duvida da qualidade da lista do CDS-PP `Junta de Caldas de S. Jorge: liderança forte e disponível, equipa jovem e competente e um programa que será o mais audaz e adequado para esta vila.
Nunca baixar os braços e lutar, lutar... que por um voto se perde e por um voto se ganha.
E o CDS-PP vai ganhar por um... ou mais!
Para que quem ganhe efectivamente seja Caldas de S. Jorge!!!
Abraço,

Alferes Pereira

In http://cds-caldas.blogspot.com/

QUEM SE LEMBRA DAS PODAS DE 2008…

mart

Em Fevereiro de 2008, o Zouvineiro criticava duramente a forma como as podas das árvores estavam a decorrer.

A Autarquia local inicialmente dizia que estavam a ser efectuadas pela Câmara Municipal, o que levou o vereador Sr. Emídio a vir desmentir e dizer o seguinte “o vereador Emídio Sousa explicou segunda-feira na reunião do Executivo que o alegado corte mais radical ocorreu depois da poda encetada por funcionários camarários.” Dias depois vem a Junta de Freguesia confirmar que a ordem foi dada por ela, “mas que estavam técnicos credenciados para o efeito, e o tempo ia dar razão a eles”.

Passado quase dois anos o tempo vem dar razão, mas que a poda foi feita por incompetentes, e que várias árvores na rua Domingos Oliveira Santos secaram.

Agora pergunto se vão ficar aqueles paus ao alto, ou vão ter vergonha e substituir o que estragaram por irresponsabilidade na poda?...

IMAG0111 IMAG0110

Fotos das árvores secas, derivado a uma poda irresponsável…

terça-feira, 22 de setembro de 2009

CALDAS | Programa Andar a Pé conquista milhares na região…

caldascaminhada400(Participante)  Seja nos maiores grandes prémios de Atletismo das Terras de Santa Maria, como a Corrida do Castelo na Feira, o Grande Prémio do União de Lamas, o da Vila Cesari, ou a festa do Atletismo em Pinheiro da Bemposta, há um denominador comum. Centenas de pessoas a caminharem na região. Em Santa Maria da Feira, a edilidade apostou no programa “Andar a Pé”, que passou por desafiar as organizações dos grandes prémios a incluirem uma caminhada, antes ou depois das provas rainhas.

A moda pegou e, hoje, todos aderem. A última demonstração disso mesmo aconteceu na vila termal das Caldas de S. Jorge, este domingo, com mais de 100 pessoas a caminharem pelas ruas de uma vila única, pelo encanto genuíno que possuí na zona envolvente das Termas de S. Jorge, com o Rio Uíma ao lado.

(Caminhar faz bem) Crianças e seniores, avós e netos seguem na prática do exercício físico. Os exemplos sucedem-se pelo concelho. No Grande Prémio do Grupo Desportivo de S. Paio de Oleiros, do Centro Cultural e Recreativo de Santa Maria do Vale, na organização da Juventude Unida de Fornos, sem descurar as iniciativas da Lourocoop da cidade de Lourosa, da Juventude Atlética Mozelense, do Centro de Incentivo Cultural de Lobão, entre outras.

In RCF Online…

Politica…

image001

Comício Com Francisco Louçã no distrito de Aveiro

Próxima quinta-feira, dia 24 de Setembro, ás 21.30h, comício com Francisco Louçã, Ana Drago e Pedro Filipe Soares. No cine teatro António Lamoso em Santa Maria da Feira.

Para mais contactos: Joaquim Dias 963533479

Comissão Coordenadora Distrital do Bloco de Esquerda de Aveiro

FAZER, OU NÃO, OBRAS…

 

Sempre que aparece uma candidatura que se oponha ao poder estabelecido, surge muito o fatima_oliveira argumento de que quem está sempre fez alguma coisa e que quem pretende a sucessão é inexperiente, é de partido diferente do da Câmara que é quem solta os carcanhóis, que por ser mulher tem mais dificuldade, que por ser jovem tem a dificuldade acrescida.
Não colhe a maior dificuldade por se tratar de mulher. As juízas não as sentem, não as sentem as advogadas, nem as estudantes universitárias, nem as professoras, nem as enfermeiras, porque haveria de sentir mais dificuldades uma Presidente de Junta?
Costuma dizer-se que elogio em causa própria pode ser vitupério, mas mesmo assim não me escuso de invocar, para além da formação académica que tive o privilégio de obter, tenho cultivado o gosto pela leitura de escritos sobre a res politica, sobre a res autárquica e, por força da formação específica, tenho alguma facilidade de pesquisar quase tudo o que existe do conhecimento humano. E, por formação humanística, não tenho dificuldade de contactar com pessoas de qualquer nível e sou muito dada a consensos. Por mim não preciso de apelar à volta de estabilidade, pois me considero a estabilidade personificada.
Que, enquanto autarca, não tenho provas dadas. Claro que não, pois não fui executivo. Mas tenho a meu crédito o não ter feito coisas erradas e tenho-me apercebido do muito que tem sido feito de forma incorrecta e de forma incompleta. Não desdenho algo que tenha sido feito de bem, e, nisso, saberei dar-lhe continuidade. Durante estes dois anos consegui pôr à prova a incapacidade do actual executivo para o diálogo, para a informação sobre a vida da autarquia, nomeadamente sobre as suas contas, sobre a utilização dos meios colocados à disposição da Junta. Quanto, a quem, de que forma e por que meio.
Eu darei explicação de tudo a todo o tempo. A Assembleia de Freguesia merecer-me-á o respeito que a lei lhe atribui.

In PS Blog

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

CORREIO DE LEITORES…

Asfixia Democratica!

É com alguma pena que vejo chegar ao blog das Caldas de S. Jorge a asfixia democrática, era um espaço que gostava de visitar, de ouvir as vozes populares, as brejeiras e as mais serias.

Agora só ouço as vozes do senhores administradores. Se era o que pretendiam de inicio, não publicavam o blog como o jornal da terra e independente.

Da terra sim, jornal não. Num jornal ouvem-se todas as partes e muitas vezes anónimas.

Estamos em período de eleições, era lindo agora irmos votar e assinar o boletim de voto, só para não ser anónimo. O povo é quem mais ordena, e não se devem calar as vozes do povo, sejam elas boas ou não.

Brenda Martinez

******************************************************************************************************

Nota de Ângelo Cardoso

O Que É a Democracia?

Democracia vem da palavra grega “demos” que significa povo. Nas democracias, é o povo quem detém o poder soberano sobre o poder legislativo e o executivo.

Embora existam pequenas diferenças nas várias democracias, certos princípios e práticas distinguem o governo democrático de outras formas de governo.

• Democracia é o governo no qual o poder e a responsabilidade cívica são exercidos por todos os cidadãos, directamente ou através dos seus representantes livremente eleitos.

• Democracia é um conjunto de princípios e práticas que protegem a liberdade humana; é a institucionalização da liberdade.

• A democracia baseia-se nos princípios do governo da maioria associados aos direitos individuais e das minorias. Todas as democracias, embora respeitem a vontade da maioria, protegem escrupulosamente os direitos fundamentais dos indivíduos e das minorias.

• As democracias protegem de governos centrais muito poderosos e fazem a descentralização do governo a nível regional e local, entendendo que o governo local deve ser tão acessível e receptivo às pessoas quanto possível.

• As democracias entendem que uma das suas principais funções é proteger direitos humanos fundamentais como a liberdade de expressão e de religião; o direito a protecção legal igual; e a oportunidade de organizar e participar plenamente na vida política, económica e cultural da sociedade.

• As democracias conduzem regularmente eleições livres e justas, abertas a todos os cidadãos. As eleições numa democracia não podem ser fachadas atrás das quais se escondem ditadores ou um partido único, mas verdadeiras competições pelo apoio do povo.

• A democracia sujeita os governos ao Estado de Direito e assegura que todos os cidadãos recebam a mesma protecção legal e que os seus direitos sejam protegidos pelo sistema judiciário.

• As democracias são diversificadas, reflectindo a vida política, social e cultural de cada país. As democracias baseiam-se em princípios fundamentais e não em práticas uniformes.

• Os cidadãos numa democracia não têm apenas direitos, têm o dever de participar no sistema político que, por seu lado, protege os seus direitos e as suas liberdades.

• As sociedades democráticas estão empenhadas nos valores da tolerância, da cooperação e do compromisso. As democracias reconhecem que chegar a um consenso requer compromisso e que isto nem sempre é realizável. Nas palavras de Mahatma Gandhi, “a intolerância é em si uma forma de violência e um obstáculo ao desenvolvimento do verdadeiro espírito democrático”.

Chamar de “Asfixia Democrática” a uma atitude que tem como objectivo salvaguardar os direitos de quem é várias vezes lesado com calunias e ofensas pessoais e profissionais, escondendo-se através da hipocrisia e do anonimato, alegando que é o multiculturalismo crítico, não deixa de ser utópico. Seguindo o pensamento de A. Heller, isto quer dizer que as formas alternativas de vida do Outro, são de nosso interesse, ainda que não vivamos essas formas. O respeito pelo Outro, não admite força, violência ou dominação; admite sim o diálogo, o reconhecimento e a negociação das diferenças. Estou também me referindo aqui, a democracia dialógica (Giddens), a qual significa o "reconhecimento da autenticidade do Outro, cujas opiniões e ideias estamos preparados para ouvir e debater, como um processo mútuo" mas principalmente com a cara de quem escreve, assumindo assim toda a responsabilidade das atitudes, actos e possíveis ofensas. Existe uma frase que resume o que ultimamente se estava a passar no Blog das caldas de S. Jorge de A. Giddens, que diz o seguinte "Onde a conversa deixa de existir, a violência tende a se iniciar". O que se via nos últimos tempos não era conversa, não era discussão, era sim uma violência verbal sem precedentes, e acima de tudo sem rosto. Para terminar gostava de saber qual é o Jornal que publica opiniões anónimas! Não conheço nenhum…

Ângelo Miguel Magalhães Cardoso

FOTO DO DIA…

D9H_E177

ATLAS S.M.F.

Novo Pároco: Romariz e Arrifana!!! Boas Vindas !! É mais um Feirense!!!




Em tarde soalheira duas Paróquias recebem sorridente o seu novo Pároco:
Romariz e Arrifana Santa Maria da Feira dá entrada e toma o Reverendo Pároco P. Marco António Moreira da Silva vindo das Paróquias Rio de Moinhos e Peroselo e Vigário Paroquial de Pinheiro e Portela do concelho de Penafiel.




 



O Jovem sacerdote nascido  em 31 de Agosto de 1981 e ordenado em  9 de Julho de 2006, com 28 anos de idade e já com a experiência  de 3 anos de pastoreio das paróquias acima referidas entra  com o “pé direito” assume a paroquialidade de duas Paróquias grandes, amplas e muito povoadas da Terras de Santa Maria da Feira.



 


O relógio da Torre da Igreja Matriz da Paróquia de Romariz corria apressado juntamente com as gentes para as 16 horas na ânsia de receber pressurosa o seu novo pastor e o mesmo sucedia na Matriz da Vila Gloriosa da Arrifana aguardando a todo instante o bater das 18.00horas.


Foi bonito belo ver tanta gente, tantos sorrisos de expectativa, de esperança no rosto de tanta gente particularmente nas crianças e nos jovens já que os mais crescidos já que os mais crescidos estão habituados a estas andanças!!!
Todo o ritual de acolhimento, recepção, tomada de posse e primeiro contacto com o povo se realizou religiosamente.
Uma tarde para nunca mais esquecer.
De referir a anterior titularidade do Pároco de ambas as Páróquias o Reverendo Pároco Padre Artur Jorge Silva Soares, de 39 anos presentemente em serviço na Paróquia da sua terra Natal e onde deu o seu contributo pastoral a estas paróquias conferindo e dotando-as de um dinamismo humano. Social, pastoral e paroquial inovador e criativos.
No meio de tudo o que se diz por vezes fica esquecida a referências importantes como foi o caso de Romariz da sua passagem durante dois anos do Reverendo Padre António Baptista de Oliveira, recentemente homenageado nas Paróquias de Sandim e Vila Maior pelos seus 50 anos de Sacerdote!
Mas mais notória foi a ausência da referência, esquecida, ao Reverendo P. Manuel dos Santos Silva, nascido a 27-05-1923 em Parada, S. Vicente de Louredo, ordenado Sacerdote em 10-10-1948 e actualmente com 86 anos e que assumiu a administração Paroquial de Romariz a título voluntário, de grande disponibilidade, com tomada de posse incaracterística e que durante 16 anos paroquiou, pastoreou e deixou obra feita
( Salão Paroquial novo de raiz com todas as valências pastorais, sociais, culturais, etc.
e ampliação, construção de adequado e funcional coro alto,
restauro da Igreja Matriz, aproveitamentos fundos e caves da Igreja e envolvências configurativas ao corpo da Capela-Mor,
um moderníssimo e imbatível órgão Johanus de três teclados, pedaleira, registações
e ampliação acústica, tudo oferta pessoal do pastor e muitas recordações nas suas gentes.
Parabéns à Paróquia de Santo Isidoro de Romariz
E à Paróquia de Nossa Senhora da Asssunção da Vila Histórica da Arrifana!

ATM

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL