sábado, 20 de novembro de 2010

Observatório...Político

foto: ...não tem nada a ver

Segundo informação veiculada pelo Terras da Feira esta semana, a freguesia de S. João de Ver, recebeu nos últimos quatro anos, “mais de 10 milhões de euros de investimento público.

Água e saneamento com um investimento “superior a cinco milhões”, a via do Parque Empresarial da Cortiça e requalificação da Avenida Sá Carneiro (“2,5 milhões”), centro escolar de S. João de Ver (2,5 milhões), apoio “superior a 200 mil euros” para a requalificação do adro da igreja, balneários do polidesportivo das Airas (“cerca de 40 mil euros de despesa totalmente suportados pela Câmara, apesar do equipamento pertencer à Junta”)

Ainda segundo a mesma fonte, acresce a esta lista, os parques empresariais de âmbito municipal, como o projectado PEC e o FeiraPark, ruas da Silveirinha (em curso, “mais de 100 mil”), e Albarrada (100 mil), apoio de 20 mil euros para o polidesportivo da Quinta do Areeiro, comparticipação de 65 por cento na pavimentação de vários arruamentos e apoio à intervenção no cemitério.

Por outro lado, e em igual período, Caldas de S. Jorge recebeu a título de compensação e por várias vezes a visita do Exmo Presidente da Câmara da Feira, Alfredo Henriques, bem como de alguns elementos da sua vereação que foram manifestando em cada uma dessas ocasiões total empenho e disponibilidade para apoiarem o desenvolvimento desta Vila Termal.
Naturalmente este(s) acto(s) simbólico(s), mereceram por parte dos habitantes locais efusivos aplausos, não só pela generosidade política que foi demonstrada, mas sobretudo por ter ficado claro que apesar de tudo, estes autarcas ainda sabem onde fica Caldas de S. Jorge.

Espera-se que doravante optem por visitar mais vezes a freguesia de S. João de Ver e que, em contrapartida, compensem as Caldas com um bocadinho mais de investimento público.

Digo, eu.

Até Já

Bettencourt

4 comentários:

Anónimo disse...

Ainda dizem que o Sr ATM
está pasado quando sugere a dita Associação para o Desenvolvimento
quando se vê irem para São João de Ver cerca de 10 milhões de Euros a fundo perdido
e que são comidos ao erário público e autarquico,
quando na verdade o Senhos ATM
para as obras que sugere bastariam 1,5 mihões de Euros amortizados e transformada a Obra em utilidade pública.

Anónimo disse...

a foto do camêlo está o maximo!!!
será o Areias.....
ou anda-mos a pensar como pensa os camêlos, perdidos no deserto.
será isso que o Sr Presidente do s.c.p, quer dizer....

Anónimo disse...

Há até em S. João de Vêr os cães recebem o 4º. e 5º. escalão do abono de familia....
já vai da sorte.
são bons caçadores de €€€€€€€€€....

Anónimo disse...

fáro apurado para o €€€€€€

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL