terça-feira, 4 de janeiro de 2011

enganei-me... e daí ??

Líder da junta alerta contra potências estrangeiras
O generalíssimo Than Shwe, líder da junta militar da Birmânia, apelou hoje ao país para estar alerta contra tentativas de potências estrangeiras «agressivas» de assumirem o controlo político do país.
"Não é estranho que certos países gananciosos e agressivos estejam desejosos de assumir o controlo de um país geograficamente estratégico como a Birmânia", declarou num texto lido em seu nome a propósito do 63.º aniversário da independência da Birmânia. "Pouco importa que um estrangeiro se declare favorável aos interesses da Birmânia, é apenas um discurso 'açucarado'", adiantou.
A Birmânia, dirigida por sucessivos regimes militares desde 1962, organizou a 07 de novembro as primeiras eleições em 20 anos, criticadas pelo ocidente como uma farsa e ganhas por um partido criado especialmente pela junta para o escrutínio.
A junta utiliza todos os anos o aniversário da independência do império britânico, a 04 de janeiro de 1948, para apelar à população para se manter alerta face às ameaças exteriores.
in DN - Globo

È o que faz só ler as gordas.

Sem comentários:

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL