quinta-feira, 10 de março de 2011

Sem Comentários!


20 comentários:

Anónimo disse...

Gostei da entrada do grupo Geração à Rasca, também adorei o apelo cínico do Primeiro-ministro para ficarem para o almoço, mas comerem já os aperitivos que os seguranças tinham para eles e esperarem nos primeiros socorros lá fora, como também gostei ontem do discurso do Presidente da República, é preciso agir, nos Portugueses já estamos fartos de farsas….
Sérgio Oliveira.

Anónimo disse...

Protestos
"Geração à Rasca" convoca concentrações dentro da lei
________________________________________

O protesto "Geração à Rasca" nasceu na rede social Facebook e gerou iniciativas populares previstas para dez cidades, no sábado, estando o movimento a proceder legalmente à formalização das concentrações junto dos governos civis.
Segundo o blogue geracaoenrascada.wordpress.com, os protestos de sábado estão marcados para as cidades de Braga, Castelo Branco, Coimbra, Faro, Guimarães, Leiria, Lisboa, Ponta Delgada (Açores), Porto e Viseu.
Os pedidos nos governos civis - entidades responsáveis pela autorização deste tipo de protesto - terão que entrar até 48 horas úteis antes da data das iniciativas, que decorrem no sábado.
No caso dos governos civis do Porto e de Lisboa, os pedidos de autorização já foram entregues pelo movimento "Geração à Rasca" e, segundo o que fontes das estruturas governamentais disseram à Agência Lusa, as concentrações com desfile marcadas para Sábado serão autorizadas.
No caso de Lisboa, o pedido obedeceu aos procedimentos legais, estando a concentração agendada para as 15h na Avenida da Liberdade, seguindo depois pela Praça D. Pedro IV, Rua do Carmo e Rua Garrett, terminando depois na Praça Luis de Camões.
O Governo Civil de Lisboa "informou as autoridades de segurança", sendo da responsabilidade da Polícia de Segurança Pública (PSP) determinar as questões relacionadas com o trânsito.
Contactado pela Agência Lusa, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP explicou já ter tido conhecimento da concentração de Sábado, que irá acompanhar, havendo necessariamente alguns cortes de trânsito pontuais".
No caso do Porto, o pedido já deu entrada no governo civil e vai ser autorizado, tendo sido cumpridos "todos os trâmites legais".
A concentração na cidade portuense está marcada para as 15h, na Batalha, seguindo o desfile pela Rua de Santa Catarina, Rua Fernandes Tomás, Rua Sá da Bandeira, com término previsto para a Praça D. João I.
Segundo fonte do Governo Civil do Porto, a PSP irá acompanhar o desfile e assegurar o funcionamento normal do trânsito, não estando, para já, previsto qualquer condicionamento.
Em Leiria, o pedido já entrou no governo civil mas a formalização continha uma inorreção sendo agora refeito. Será agora refeito e está prevista nova entrada, na quarta-feira.
No caso da concentração da "Geração à Rasca" marcada para Ponta Delgada, nos Açores, a responsabilidade de autorização é do vice-presidente do Governo Regional.
Apesar de nos Açores o pedido formal ainda não ter entrado, fonte do governo regional avançou à Lusa que já houve contactos para perceber o que é necessário fazer para proceder a estas formalizações, o que poderá indicar que o processo de autorização poderá acontecer.
Contactados pela Agência Lusa, os governos civis de Braga e de Coimbra afirmaram não ter ainda nenhum pedido oficial, tendo realçado, no entanto, que os manifestantes ainda estão dentro do período legal para o fazer.
Sérgio Oliveira

Anónimo disse...

NotíciasDestaquesDesportoEconomiaVidaTecnologiaLocalVídeosDestaques
Geração P

Geração com "transição complicada" para o mercado de trabalho (SAPO)
Geração "à rasca", precária, presa. Chamámos-lhe simbolicamente "Geração P" e fomos tentar defini-la. Ao longo das próximas semanas apresentamos retratos, histórias, problemas e soluções da geração mais qualificada de sempre. O tempo em que o ensino superior servia para reproduzir elites terminou e, para o sociólogo do ISCTE, Nuno de Almeida Alves, é esse o embate a que assistimos.

Anónimo disse...

José Sócrates falha cumprimentos a Cavaco (COM VÍDEO E FOTOGALERIA)
Primeiro-ministro chega atrasado e é acusado por Bagão Félix de ser “mal-educado”. Discurso do Presidente da República foi violento com Sócrates.

GOSTEI DESTA AFIRMAÇÃO DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA:

"Há limites para os sacrifícios"

AGORA PERGUNTO AONDE FICA ESSA META?
SÉRGIO OLIVEIRA.

Anónimo disse...

Sócrates fez mal em não receber os Jovens!Se fosse eu interrompia o discurso.Convidava o Chefe a exprimir-se diante do pessoal!Convidava todos jovens a comer com eles no Jantar.Caramba!...Também não eram tantos!Ainda por cima faltaram 50 comensais!SÓCRATES PERDEU UMA GRANDE OPORTUNIDADEGRANDE E UNIUCA DE SER INTELIGENTE!

Anónimo disse...

SERÁ QUE ESTÁ EM TERRITÓRIO NACIONAL, OU OBRIGANOS A CORRER PARA OUTRO PAÍS.....
SÉRGIO

Anónimo disse...

PEÇO DESCULPA POR SER TÃO PERSISTENTE MAS TENHO MEDO DESTE PORTUGAL, DO FUTURO DOS NOSSOS FILHOS...
SÉRGIO OLIVEIRA.

Anónimo disse...

“Jovens têm razão nas queixas porque são vítimas das políticas erradas”
Francisco Teixeira
10/03/11 09:48

Anónimo disse...

Olhando pra Lisboa, ali tão perto...
Lá no alto, de cabelos ao vento...
O Cristo-Rei foi pregar para o deserto
e deixou os «camelos» em S. Bento!

Anónimo disse...

Na 2ª feira, confrontado com a entrada de um grupo de jovens da "geração à rasca" na sala onde decorria um encontro com militantes do PS, José Sócrates, surpreendido, ainda conseguiu dizer: "É Carnaval, ninguém leva a mal".
Embora estejamos num país onde os jovens mais radicais são meninos de côro quando comparados com os seus congéneres franceses, gregos e até espanhóis, um dia a corda parte. Com estrondo. Porque o problema é tão grave que não há "quick fixes" que o resolvam.

Anónimo disse...

O SOCRATES CONVIDOU-OS PARA O JANTAR, ISSO NINGUÉM PODE DIZER QUE NÃO, MAS ANTES DO JANTAR TIVERAM O ALMOÇO COM OS SEGURANÇAS E JÁ FICARAM CEIADOS.

Anónimo disse...

Sem pretender ensaiar um conflito de gerações
acho o manifesto da “geração à rasca” muito reduzido e muito redutor!
Pegar pelos quinhentos euritos é muito pouco,
se calhar com mais uns trocos acabavam todos os protestos! É pouco ideal!
Pouco idealismo e ambição!
Para uma geração a quem nada faltou na sua vida no passado
por parte dos cotas: papás e mamãs, de fazer birras para comer
e não comer a sopa!!! dos senhores “profs “ que lhe “deram a nota”..
aos quais nunca faltaram os telemóveis uns após outros
( os mais modernos possíveis) para mandar mensagens idiotas, porcas e sujas…
Telemóveis só para consumir, gastar e não produzir, facturar, criar e evoluir !!!
As roupas de marca, os jeans, os ténis, as mini-saias.
Das facilidades do sexo, das borlas e promiscuidades, as saídas nocturnas, as discotecas, as sornas de fim de semana de colagem à cama,
a incultura e não gôsto pela arte, música, teatro que lhes deviam ser peculiares.
Que há a esperar deles? Gostaria de os ver lutar por um País de Marinheiros!
por dar novas luzes ao Mundo!
Vê-los figurar na Marinha, Nas Forças Armadas, Lutar pela beleza e Turismo do País, Pela Conservação do ambiente, Pela limpeza das florestas,
Pelo erradicar das drogas e Toxicodependências.
Da luta contra o tabagismo, álcool e ruído e acarinhamento das indústrias não poluentes, carros eléctricos, etc.
Todavia penso que haverá jovens, que não pactuam com o que acaba de ser escrito. Que adoram os seus avós que lutaram pela Pátria na Guerra Colonial.
Que estimam os seus pais que usufruíram e orientaram bem a Liberdade do 25 de Abril!
E que neste momento se vêm entalados entre aquilo que gostavam de ser
e aquilo que lhes é dado! Uma coisa é certo que ninguém lhes vai dar nada!
Não estão educados para lutar, para a luta, mas para a dádiva!
Se lhes derem mais mesmo que seja quinhentos Euros!
É MUITO POUCA A SUA EXIGÊNCIA
SE COM ISSO SE CALAREM!

jorge pinto. disse...

Se eles começacem a trabalhar como eu aos 10 anos a mosso de pedreiro,se eles fossem trabalhar com uma côdea de broa e uma sardinha,se eles depois de chegar a casa fossem para o campo como eu ía se eles andassem tesos da carteira como eu,se eles fossem para a tropa 34 meses dos quais 29 na guerra em Moçambique,certamente que não fazim manifestações.

Anónimo disse...

parece que o carnaval deu 7500€ de lucro, agora falta saber, o que vai ser feito ao dinheiro, ou, se vão apresentar prejuizo??

Anónimo disse...

O Senhor Presidente da República esteve na parte de manhã de Quarta-Feira, dia 9 de Março, a bordo da Fragata da Marinha N.R.P. “Almirante Gago Coutinho “em convívio com os jovens de várias zonas do País e das Escolas. Foi uma excelente auscultação aos anseios e pretensões dos jovens.

Anónimo disse...

Os jovens olham para os adultos, educadores, etc…. Que só os colocam acima de estúpidos, chamam-lhes burros e nós "Os mais crescidinhos", somos os maiores, o problema de Portugal são os jovens!!!! Portugal é governado por garotos, que seguem o exemplo dos nossos ministros outrora eles governantes e orientados nas contas bancárias…
Mas somos nós que os instruímos então a culpa é nossa.

Anónimo disse...

Todavia penso que haverá jovens, que não pactuam com o que acaba de ser escrito.

Anónimo disse...

Friporte, face oculta, submarinos...tudo culpa dos nossos jovens....

Anónimo disse...

Casa Pia "culpa dos jovens não deviam de ter nascido".
É muito fácil culpar os outros, será que o nosso espelho ausentou-se……

Anónimo disse...

O Sr. Jorge Pinto tem uma certa razão, mas os tempos mudaram, não se pode trabalhar com 10 anos de idade o PS não deixa, temos que fazer o 12º. ano é obrigatório

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL