terça-feira, 23 de outubro de 2012

PROCURA-SE FONTE ROUBADA…

Imagem4

6 comentários:

ATM disse...

Sou da opinião que se deve recolocar a fonte vandalizada
e pô-la em guncionamento

Anónimo disse...

Portugal no seu melhor…
Ainda ontem ouvi dizer que o rendimento mínimo baixou cerca de 40€ mensais, uma senhora que recebe esse rendimento mínimo disse que quando ele não chegar vai roubar, o que eu acho muito bem dependendo da vítima que ela escolher para roubar "Sócrates, coelho, maris soares, Guterres, cavaco, ministro das finanças entre outros".
Agora que não me vêm roubar a mim porque não tenho armas de defesa registadas e com licença de porte, mas corre-os ao tiro se poder...

Anónimo disse...

Não sou politico nem mandatário dos mesmos,tambem sou vitima destas injustiças sócioeconómicas.
Todos sabem que as medidas anunciadas pelo governo, ainda não tiveram efeito,não sou contra o rendimento minimo,mas sim contra
alguns parasitas da sociedade com rendimento minimo que sempre roubaram-nos e agora querem-se aproveitar para nos assaltar,entrando porta dentro,se teem dificuldades peçam ajuda,se pensam roubar comecem por quem acha muito bem roubar.
Há uma divida que temmos de pagar,não tenho a solução,mas não é com os mesmos habitos e costumes que a vamos pagar (gastar o mesmo ou + só serva para a aumentar):
O dinheiro vai sair dos nossos bolssos,se não for pelas tralhhas é pelas malhas.
Não aos ladrões,corruptos e tachistas.

Anónimo disse...

Só poderá falar em roubar quem nunca trabalhou,nem pensa faze-lo.
Querem saber para onde foi e continua a ir o nosso dinheirinho ? Leiam isto http://portugalwatcher.blogspot.pt/2012/10/salteza-real-dmario-soares-como-foi.html . Clara Ferreira Alves no Expresso, ou noo google SUA ALTEZA REAL Dr MARIO SOARES, Mª F.

Anónimo disse...

QUEREM OS 13º e 14º MESES DE VOLTA ??

Não peçam ao Passos Coelho, ao Gaspar ou à Troika.

Querem o vosso subsídio?
Peçam ao fugitivo de Paris os 90.000 milhões de euros que aumentou na dívida pública entre 2005 e 2010.
Peçam ao fugitivo de Paris, que decidiu nacionalizar o BPN, colocando-o às costas do contribuinte, aumentando o seu buraco em 4.300 milhões em 2 anos, e fornecendo ainda mais 4.000 milhões em avales da CGD que irão provavelmente aumentar a conta final para perto de 8.000 milhões, depois de ter garantido que não nos ia custar um euro.
Peçam ao fugitivo de Paris, os 695 milhões de derrapagens nas PPPs só em 2011.
Peçam ao fugitivo de Paris, que graças à sua brilhante PPP fez aumentar o custo do Campus da Justiça de 52 para 235 milhões.
Peçam ao fugitivo de Paris, os 300 milhões que um banco público emprestou a um amigo do partido para comprar acções de um banco privado rival, que agora valem pouco mais que zero. Quem paga? O contribuinte.
Peçam ao fugitivo de Paris, os 450 milhões injectados no BPP para pagaros salários dos administradores.
Peçam ao fugitivo de Paris, os 587 milhões que gastou no OE de 2011 em atrasos e erros de projecto nas SCUTs Norte.
Peçam ao fugitivo de Paris, os 200 milhões de euros que ?desapareceram?entre a proposta e o contrato da Auto-estrada do Douro Interior.
Peçam ao fugitivo de Paris, os 5800 milhões em impostos que anulou ou deixou prescrever.
Peçam ao fugitivo de Paris, os 7200 milhões de fundos europeus que perdemos pela incapacidade do governo de programar o seu uso.
Peçam ao fugitivo de Paris, os 360 milhões que enterrou em empresas que prometeu extinguir.
Peçam ao fugitivo de Paris, para cancelar os 60.000 milhões que contratou de PPPs até 2040.
Peçam ao fugitivo de Paris, que usou as vossas reformas para financiar a dívida de SCUTs e PPPs.
Peçam ao fugitivo de Paris, para devolver os 14.000 milhões que deu de mão beijada aos concessionários das SCUTs na última renegociação.
Peçam ao fugitivo de Paris, os 400 milhões de euros de agravamento do passivo da Estradas de Portugal em 2009.
Peçam ao fugitivo de Paris, os 270 milhões que deu às fundações em apenas dois anos.
Peçam ao fugitivo de Paris, os 3.900 milhões que pagou em rendas excessivas à EDP tirados à força da vossa factura da electricidade.
Peçam ao PCP e à CGTP, cujos sindicatos afundaram as empresas públicas em 30.000 milhões de passivo para encherem a pança aos camaradas sindicalizados com salários chorudos e mordomias, pagos pelo contribuinte.
Peçam ao PCP e ao BE, que ajudaram o PS a aprovar um TGV que já nos custou 300 milhões só em papelada, e vai custar outro tanto em indemnizações

E AGRADEÇAM AO FUGITIVO DE PARIS O SUCESSO DO DINHEIRO EMPATADO NO AEROPORTO DE BEJA!



Anónimo disse...

Obrigado Bom Povo Português

Este simpático e feliz casal, que já deu a volta ao Mundo três vezes subsidiado pelo generoso povo português tem duas Fundações.

Para quê?


Ora naturalmente para juntarem mais umas migalhas à reforma que ele tem que ela, coitadinha, nada tem.

Dom Mário recebeu do generoso povo português para a sua Fundação através de vários subsídios concedidos pelo ainda mais generoso governo 1,3 milhões de euros e benefícios fiscais de 269 mil euros e ainda dois prédios da Câmara Municipal de Lisboa.

É uma coisinha para juntar à reforma de político pois foi a única profissão que teve na vida.

Claro que também é dono do caro Colégio Moderno mas é uma herança de família.

Dona Barroso com a sua Fundação também tem direito a umas migalhas do bolo.

Uns parcos 495 mil euros, mal dá para um chá e uns scones.

Tem um nome catita "Pro Dignitate".

Podia ser "Pró Clã Soares" que também não ficava mal.

Estas duas gotas de água somadas às outras retiraram aos bolsos do bom povo português 1034 milhões de euros em três anos.


Queria saber para onde foi o seu subsídio de férias e Natal?

Está à vista !!






SEGUIR O BLOG POR E-MAIL