segunda-feira, 29 de abril de 2013

DEPOIS DA CÂMARA MUNICIPAL O CORREIO DA FEIRA TAMBEM VENDE O HOTEL PEDRA BELA A S. JOÃO DE VER… É O QUE FAZ A FREGUESIA CAIR NO ESQUECIMENTO…

Caldas de S. Jorge // Hotéis do Concelho acham que projecto não é rentável

Casa de Turismo Rural vai nascer numa antiga fábrica do papel junto às Termas

Publicado em 29 de Abril de 2013.

futuro_hotel_caldas_de_sao_jorge3

O interesse por parte da Câmara da Feira para a construção de um boutique hotel nas Caldas de S. Jorge já era conhecido há muito tempo. A proposta finalmente foi feita, por um investidor privado, e a candidatura já foi aprovada pela Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Terras de Santa Maria (ADRITEM). “Vai haver uma Casa de Turismo Rural, uma espécie de boutique hotel, diferente do hotel tradicional que encontramos no Concelho” – afirma a vereadora responsável pelo pelouro do Turismo na Câmara da Feira, Teresa Vieira. Este conceito, que privilegia a menor dimensão do espaço e a aposta na personalização, tem como objectivo concreto dar apoio às Termas de S. Jorge. “A oferta no Concelho não fica junto às termas. Tira-nos competitividade na venda do produto termal. As pessoas querem ficar mesmo junto ao balneário” – explica Teresa Vieira.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Manuel Costa corre o risco de ser o eterno segundo candidacto…

socrates-passos-coelho-portas-louca-jeronimo-corrida-eleitoral[1]

Manuel Costa era o candidacto em melhor posição para liderar a equipa do Partido Socialista, às freguesias de Caldas de S. Jorge/Pigeiros, mas o aparecimento de Horácio à candidactura, fez recuar Manuel Costa.

No entanto segundo o blog apurou, ouve militantes Socialistas que não gostaram que Horácio tivesse dito que caso o PS Caldas de S. Jorge não o aceita-se, poderia encabeçar uma lista independente.

O blog sabe que existe movimentações a fim de Manuel Costa, entrar novamente na corrida e ir a um escrutínio interno a fim de os militantes decidirem quem de facto deve ser o candidacto.

No lado do PSD, já está decidido que José Martins será o candidacto à junta de Freguesia. No entanto o nº2 e nº3 serão renovados, havendo uma grande possibilidade do Rui ser substituído pelo Paulo Valinho ou o Grilo e a Rosa Santos ser substituída por Paula Carvalho.

quarta-feira, 17 de abril de 2013

CORREIO DA MANHÃ…(surdo ataca mãe com faca)

Ao que o Blog apurou, o “Surdo” terá apanhado a mãe com um desconhecido em casa, e na ameaça de contar ao Pai que se encontrava na Suíça, a mãe terá auto infringido um corte no braço, a fim de tentar que o filho fosse detido…(Como se faz mau jornalismo em Portugal)2013-04-17 17.01.22

2013-04-17 17.01.01

Entretanto nas rosas das Caldas

IN: www.kouzaselouzas.wordpress.com/

pintosilva

Ora, parece que nas Caldas de S. Pinto da Silva Jorge a decisão está tomada quanto ao(s) candidato(s) socialistas!

Pelo que me contam, o meu amigo Pinto da Siva, no seu teatrinho politico  decidiu…e está decidido!

Se as “Caldas” continuar “independente” como está a nossa estimadíssima Fátima Oliveira será a cabeça de cartaz

Se, como tudo indica, a junção de freguesias entre Caldas e Pigeiros for uma realidade, será Horácio Pinto da Silva!

Nota do autor: Pinto da Silva nega perentoriamente esta minha insinuação, fica o registo da nega… mas como não tinha mais nada que dizer, publiquei na mesma!

COMO SE FOSSE ACTA…

Tentar contar o que ocorreu, mesmo só ouvindo declarações, duas ou três, de participantes numa reunião que tinha como Ponto a tentativa de se indigitar ou mesmo nomear um cabeça de lista à União de Freguesias S. Jorge/Pigeiros em lista do PS. Estiveram presentes mais participantes do que era costume (não me foi dito quantas nem quem). Não fui a essa reunião por razões que invoquei e escrevi num papel que terá sido lido.

Havia um candidato assumido que, há muito tempo terá escrito uma carta à Coordenadora da Secção do PS de Caldas de S. Jorge, com conhecimento ao presidente da Concelhia da Feira.

Nessa reunião esteve também presente, por ter sido expressamente convidado, e ali reiterou a sua disponibilidade, que só manteria se, de forma clara a secção o apoiasse. Trata-se de militante do PS, inscrito noutra secção que não a de Caldas de S. Jorge e, sendo natural de Caldas de S. Jorge (ocorreu que foi aparado por parteira em Duas Igrejas, mas registado em Caldas de S. Jorge, como acontece quando se nasce numa maternidade hospitalar). Foi cá baptizado, cá frequentou a catequese, cá frequentou a escola primária e cá viveu até ao casamento, altura em que foi morar para Pigeiros, onde ainda reside, fazendo, entretanto toda a sua vida de ócio, em Caldas de S. Jorge, onde moram os pais e os irmãos. Todos. Mesmo residindo em Pigeiros, foi atleta oficial do Caldas de S. Jorge S. C. e, deixada a prática, foi durante 8 ou 10 anos presidente da Direcção do Clube. Este o curriculum.

Na reunião outro militante do PS, este residente em Caldas de S. Jorge, disse que estaria disponível para o mesmo cargo. Ora, havendo dois candidatos, perguntou a coordenadora, e agiu bem, se este candidato estava pronto para se submeter a uma eleição interna para escolha entre os dois. Que não, o que, implicitamente, significou abandono da candidatura.

Terá ficado entendido que a Coordenadora convocaria uma reunião do Secretariado da Secção para tomar uma posição definitiva e homologar, ou não, o único candidato em campo. Nesse caso, e desde que não tenha qualquer impossibilidade de ordem física, estarei presente e, sem qualquer preconceito, defenderei a candidatura, contrariando o que até agora pensava, e na votação que obrigatoriamente haverá, exercerei o voto.

Mas a questão que me leva a este escrito é que foi lá dito que, se porventura o candidato disponível, em vez de ser quem é (referir que me é próximo), fosse outro qualquer, a residir em Pigeiros, que EU “espernearia” e seria contra. Direi que, se fosse alguém de Pigeiros que não fosse cá conhecido, que não tivesse qualquer vivência com as gentes de S. Jorge, era bem capaz de, pelo menos, procurar alguém que, residindo por cá, pudesse ter alguma proximidade com Pigeiros para cativar alguns votos lá. Porque … ao contrário de outros, eu, agora e como sempre, gostarei sobretudo que o PS, em Caldas de S. Jorge, obtenha o melhor resultado possível e, ao melhor, chegue à vitória. Ganhámos duas vezes. Em ambos os casos, ou não fiz parte da lista ou entrei no final, trabalhei como um desalmado e senti das maiores alegrias que a política me deu algum dia. É por isso que me bato. Sempre e principalmente.

José Pinto da Silva   

sábado, 13 de abril de 2013

Os candidactos à Junta de Freguesia de Caldas de S. Jorge / Pigeiros…

Pelo PS, ao que parece existem três que já mostraram a sua inteira disponibilidade para avançar com a candidatura:

fatimaHoraciomanuel costa

Pelo PSD, o candidacto vai ser o actual Presidente da Junta de Freguesia:

quarta-feira, 10 de abril de 2013

MAIS DOIS PROJECTOS PARA CALDAS DE S. JORGE

537019_446514768766310_660206260_nA cerimónia de entrega de contractos de financiamento do 3º Concurso enquadrados no Programa de Desenvolvimento Rural (PRODER), realizou-se no passado dia 06 de Abril, em Milheirós de Poiares, concelho de Santa Maria da Feira.
Dinamizado pela Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Terras de Santa Maria (ADRITEM), este terceiro concurso da iniciativa aprovou pedidos de apoio de cerca de 6,2 milhões de euros de investimento – 3,6 milhões de despesa pública –, prevendo a criação de 41 postos de trabalho.539847_446515032099617_961712548_n

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Juiz condenado a pagar 4 mil euros por agredir casal Tudo aconteceu no decorrer de um acidente rodoviário em março de 2010…

O juiz presidente do Círculo Judicial de Oliveira de Azeméis foi condenado esta sexta-feira ao pagamento de uma multa de quatro mil euros por ter agredido um casal na sequência de um acidente rodoviário em março de 2010.
Em causa está um incidente ocorrido no dia 27 de março de 2010, em Gião, Santa Maria da Feira, após um sinistro rodoviário, só com consequências materiais, que envolveu a viatura do juiz António Alberto Pinho e aquela em que seguiam um operário fabril e a namorada.
O tribunal deu como provado que a namorada do condutor pegou no telemóvel para avisar a autoridade policial do acidente e o que o juiz, alegadamente, a tentou impedir, agredindo-a.
O companheiro da alegada vítima terá então agarrado o juiz que, «ao sentir-se agarrado, desferiu-lhe murros no peito e rosto».
O acidente e o incidente ocorreram junto a dois cafés, atraindo à rua a maior parte dos seus frequentadores, tendo-se gerado uma «confusão tremenda» e envolvendo mais pessoas no processo que acabaram acusadas também de agredir o ofendido, adianta a Lusa.
No total estavam acusadas cinco pessoas, entre as quais o juiz e um coarguido acusado de dois crimes de ofensas à integridade física, um deles na forma qualificada. Os restantes três responderam pela alegada prática de um daqueles crimes, na forma simples.
O tribunal absolveu porém o juiz e um coarguido do crime de ofensa à integridade física na forma qualificada, condenando-os apenas pelo mesmo crime mas na forma simples.
Um dos arguidos foi totalmente absolvido por ter sido provado que não se encontrava no local do incidente.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Almoço – Convívio da Visita Pascal - Compasso Ano 2013


Almoço – Convívio da Visita Pascal -  Compasso  Ano 2013.


 Como é costume e tradição realizou-se
o Almoço – Convívio a convite
do Excelentíssimo Juiz da Cruz do corrente Ano 2013  
o Senhor Manuel Fernandes Costa e Albertina, sua Esposa, juntamente com o Senhor Vice – Juiz da Cruz do Ano 2014
o Excelentíssimo Senhor Nélson da Costa e Sousa
e Jerónima, sua Esposa, em companhia de uma plêiade de Convidados da Vila Termal de Caldas de S. Jorge
numa Restauração vizinha da mesma Localidade.
De referir o são convívio
e o excelente serviço prestado perante o regozijo
e satisfação de todos.
Em palavras pertinentes e adequadas
o Pároco da Vila Termal  vez alusão às iniciativas realizadas
e a realizar na âmbito da Paróquia  e Serviço Social
e do prestimosa tarefa e missão levada
a efeito pelo Juiz da Cruz,
dos participantes e colaborantes presentes 
nas Celebrações Pascais, no Compasso ou Visita Pascal.
Mais ainda com a simbólica
e significativa oferta e entrega
de um lindo raminho de flores “ surpresa”
ao Futuro Juiz da Cruz do Ano 2015
por uma menina da Família do actual Juiz
e perante a escolha e aceitação  da referida tarefa e missão ,
com grande regozijo e aplauso  de todos os presentes,
o Senhor Manuel Sequeira de Falgar-Caldelas
assume a Missão e Serviço para o Ano 2015.
Parabéns pela disponibilidade e aceitação.
A Comunidade  estima,
louva e agradece!




SEGUIR O BLOG POR E-MAIL