sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

CRISTÃOS MORTOS EM 2013 POR CAUSA DA FÉ PODEM ULPASSAR OS 70 MIL !!

70 mil cristãos mortos por causa da sua fé!!!
Um genocidio... vamos acordar...
CRISTÃOS MORTOS EM 2013 POR CAUSA DA FÉ PODEM ULPASSAR OS 70 MIL
Em 26 de dezembro a Igreja recordou a memória de Santo Estêvão, o primeiro mártir, que morreu apedrejado pedindo a Deus que não imputasse este pecado aos seus assassinos.
Não somente nos séculos passados, mas também hoje tantos cristãos são mortos por causa de sua fé.
Algumas estimativas indicam cerca cem mil cristãos mortos devido à fé em 2013.
Sobre isto, a Rádio Vaticano conversou com o Coordenador do Observatório da Liberdade Religiosa na Itália, Massimo Introvigne:

R: "A estatística é muito controvertida.
Houve até mesmo uma polêmica entre Todd Johson - talvez o melhor expert em estatística - e a BBC.
Tudo depende de algumas situações africanas, em particular o Congo, e agora também o Sudão do Sul, e de quantos mortos nestas situações podem ser considerados como pessoas mortas por causa de sua fé, no que Johnson chama 'uma situação de testemunho'.
Os dados finais de 2013 serão conhecidos nos primeiros meses de 2014, mas é provável que, diminuindo um pouco o número de cristãos mortos na África, a cifra pode cair dos 100 mil para 70 ou 80 mil".

RV: O Relatório anual 2013 da Comissão sobre Liberdade Religiosa Internacional dos Estados Unidos assinala oito países que causam maior preocupação, ou seja,
Mianmar (ex-Birmânia),
China,
Eritréia,
Coréia do Norte,
Arábia Saudita,
Sudão
e Uzbekistão.
Qual país preocupa mais?

R: "Acredito que continue a preocupar toda a situação da Coréia do Norte: não somente porque continuam a matar cristãos, mas porque os cristãos existem, isto é, não foram exterminados pelos acontecimentos precedentes.
E então, é evidente que também em uma situação dificilíssima de um país que limita ao mínimo os contatos com o mundo externo, existem pessoas, existem também jovens que não conheceram senão a educação do regime,
que continuam a converter-se ao cristianismo,
que manifestam de alguma maneira a sua fé
e que, por isto, são presos, deportados nos campos de concentração e também mortos.
Naturalmente, estes países relacionados pelos Estados Unidos não são os únicos que despertam preocupação, pois existe toda uma constelação de países em que se vai do fenômeno da violência difundida às formas de violência legal.
Não devemos nunca esquecer, por exemplo, das leis que punem a blasfêmia no Paquistão,
de onde conhecemos bem o caso de Asia Bibi,
que mostra bem o uso instrumental da lei em relação aos cristãos".

RV: A Nigéria, por exemplo, é outro país que provoca preocupações..

R: "Sim. É necessário esclarecer que o problema não é criado pelo governo nigeriano, mas por alguns movimentos extremistas do ultrafundamentalismo islâmico, em particular um chamado 'Boko Haran'.
Assim, além das cifras, o que é importante dizer é que estes cristãos não foram todos mortos por seguidores de outras religiões.
Certamente - acabamos de citar a Nigéria - existe o problema dos movimentos islâmicos ultrafundamentalistas, porém não devemos esquecer outros dois elementos:
o primeiro é a existência ainda de regimes comunistas muito duros, como no caso da Coréia do Norte,
e outro é a questão dos conflitos tribais,
onde algumas vezes é difícil saber se os cristãos foram mortos por serem cristãos
ou por pertencerem à tribo 'errada'...".

RV: Existe depois a Europa, onde não existem - obviamente - formas de violência a este nível em relação aos cristãos, porém existem casos de restrições no que diz respeito a eles....

R: "Sim, em relação aos cristãos e às pessoas religiosas em geral. Acredito que o Papa Francisco falou sobre isto muito bem na Evangelii gaudium, quando nos recorda
que existe uma mentalidade que quer reduzir a fé a um fato meramente privado e fechar os fiéis nas igrejas, nas sinagogas, nas mesquitas, isto é, enquanto estão fechados e rezam tudo vai bem, mas quando procuram manifestar a sua fé publicamente,
no âmbito político e social,
começam as discriminações quando não,
verdadeiras perseguições.
Me tocou muito que o Papa Francisco tenha citado um velho livro que - disse - lhe fez muito bem:
'O Senhor do mundo',
do escritor inglês Robert Hugh Benson,
que mostra justamente uma situação em que os cristãos procuram testemunhar sua fé no âmbito político e social, então são perseguidos e no final também mortos.
O Papa disse:
'Mas vocês acreditam que estas coisas existam somente nos romances ou que aconteciam somente há muitos anos atrás?
Não, acontecem agora'".
 
Um livro:
“O Senhor do Mundo”
Autor: Robert Hugh Benson
Descrição: O Mundo Imaginado por Benson - uma hipérbole a partir dos erros que ele então já enxergava - trilha rumo ao autoritarismo de um governo mundial,
onde as liberdades individuais são suprimidas a partir de regras de conduta impostas junto com uma nova moralidade criada através de uma religião global.
Certamente, Benson jamais imaginou que seu romance chegaria, no início do século XXI, a se tornar tão realista.

No livro, uma iminente guerra ameaça a paz universal,
situação que permite a um jovem desconhecido ganhar popularidade em todo o mundo,
e aspirar assenhorear-se dele,
sendo cultuado pelo humanismo de uma falsa religião global,
onde se exclui e criminaliza toda e qualquer expressão que ainda possa existir de uma espiritualidade verdadeiramente transcendente.
É o advento do anticristo, portanto.
Mas ainda permanece algo da tradição que construiu o Ocidente:
a Igreja Católica,
embora em meio a uma crise,
apresenta-se como a única resistência frente ao totalitarismo.

Em poucas palavras, trata-se de uma narrativa apocalíptica,
contra a qual só nos resta um consolo e uma atitude:
a confiança no triunfo definitivo de Deus,
tal qual prometido no Livro de São João,
e a incolumidade da alma por seu mergulho na Graça do Salvador.
Idioma: Português
ISBN: 978-85-631-603-62

Dimensões do Livro: 14 x 21 cm

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Festa de Natal no Centro Social Paroquial de Caldas de S. Jorge - Fundação.

Festa de Natal no Centro Social Paroquial
de Caldas de S. Jorge  - Fundação.
Uma iniciativa excelente com Almoço de Natal
Com a presença dos nossos estimados e queridos idosos,
Crianças, Pessoal administrativo e auxiliar,
Corpos Gerentes da Associação IPSS - FUNDAÇÃO
E muitos simpáticos convidados:
Dr. Santos Sousa da Direccão do Centro Regional
e Distrital de Segurança Social  Distrital de Aveiro,
Em representação do Presidente da Câmara Dr. Emídio Sousa,
a Doutora Cristina Tenreiro,
o anterior Presidente da Câmara Alfredo Henrique
e sua Esposa,
Senhor Comandante da GNR de Canedo e Agente Assessor,
Senhor Presidente da Junta de Caldas de S. Jorge
e Pigeiros José Martins,
Assessor da Presidência da Junta de Caldas de S. Jorge
e Pigeiros Paulo Valinho Luis,
Doutora Teresa Vieira,
Doutora Manuela
Doutora Teresa do QREN, PRODEP
Doutor Arquitecto da Câmara Pedro Nuno Castro e  Silva,
Representantes da Associações Culturais
e Recreativas desta Vila Termal da Caldas de S. Jorge.
Com pertinentes e adequadas intervenções
usaram da Palavra o Presidente da Direcção e Pároco Local
E o  Doutor Santos Sousa
Em saudação e votos de Feliz Natal e boas Festas
E Próspero ano Novo 2014,
Atentando nos  serviços prestados
e a prestar à Comunidade do CSPCSJ
e na previsão da abetrtura
e utilização do Lar de Idosos
que no fim foi visitado por todos.
Um excelente convívio onde não faltou
para além do apetitoso repasto,
as canções de Natal
e os presentes
e lembranças para todos.
Parabéns!

Feliz Natal e Boas Festas!

sábado, 14 de dezembro de 2013

MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO: Doutor António Avelino Valinho Luis

De Parabéns
O Doutor António Avelino Valinho Luis
MESTRADO EM CIÊNCIAS DA  EDUCAÇÃO
 Dia 13 de Dezembro de 2013 pelas 14.30 horas
Na Universidade Católica do Porto
Apresentou a Tese  do Mestrado em Ciências Religiosas:
“ARTE : O DIZER-SE DO HOMEM E DE DEUS”
(O BAPTISMO DE CRISTO – DI PIERO DELLA FRANCESCA )
Perante o conceituado Júri:
Doutor Jorge Cunha
Doutor João Alberto
Doutor Bernardino Costa
E com uma Sala Composta
De auditores interessados
E  om a Avaliação Distinta de 18 valores
Atribuida pelo Júri
E com  aplauso
e aclamação de todos os presentes:
Júri
e Assembleia  participante.
Aos 47 anos com promissoras
Novas iniciativas.

Parabéns!

domingo, 8 de dezembro de 2013

Ceia de Natal Agrupamento do CNE 901 de Caldas de S. Jorge

Agrupamento do CNE  901
De Caldas de S. Jorge












Em vias de celebrar os seus 25 anos de Fundação no próximo ano 2014. Estando nos prolegómenos de várias iniciativas desta singular efeméride
Noite de 7 de Dezembro Ceia de Natal Escuta,
na Sala Bar do Salão Paroquial de Caldas de São Jorge.
Presentes todo o Agrupamento com as suas secções ,
Chefes,
Convidados
e Fundadores   nas pessoas do Pároco Local,
Diácono António Avelino Valinho Gomes,
Maria Inês Santos,
Alberto Inácio de Castro Neves,
José Maria Costa ( que não pôde estar presente),
Vitor Pereira.
De refererir as palavras oportunas
Do Chefe de Escuteiros,  Jorge Santos,
Do Pároco local e Assistente do Agrupamento,
Padre António Teixeira Machado,
Presidente da União de Freguesias de Caldas de S. Jorge
e Pigeiros, o Senhor José Martins.
De ressaltar a troca de prendas ao cuidado do
Cavaleiro São Jorge da autoria
do Sr. Arquitecto Escuta Carlos Neves.
E referir o livro “A ESPERANÇA DO PERDÂO”,
prefaciado por Reverendíssimo D. Manuel Clemente,
agora Patriarca de Lisboa,
e da autoria do Dr. Pedro Valinho Gomes também Escuteiro do Agrupamento e agora no Santuário de Fátima e Diocese de Leiria – Fátima em tarefas peculiares e diocesanas,
que foram foram prendas para o Assistente do Agrupamento e Presidente da União de Freguesias.

Enfim uma casa cheia com uma centena de pessoas interessadas, empenhadas e participativas!

sábado, 7 de dezembro de 2013

Tudo se encaminha para a fase final e inaugural ...

Tudo se encaminha para a fase final
e inaugural desta Obra Emblemática
Do Centro Social Paroquial de Caldas de São Jorge – Fundação,
O Lar de Idosos.




 Apetrechado com excelentes,
acondicionadas  
e modernas instalações,
com 4 dezenas de amplos quartos
e  salas de banhos  incorporadas
e outros acondicionamentos ,
os mais modernos
e funcionais.
É de referir,
louvar
e engrandecer a todos os (as) colaboradores (as), simpatizantes
e financiadores  (as)
deste inédita iniciativa a nível local nesta recta final.
Finalizadas as obras proceder-se-á
ao concurso do pessoal adequado
para este Serviço
e  à sua ocupação para que se destina.
Obra levada a efeito pela Empresa Patrícios
É congregação de esforços e colaboração
de várias entidades intervenientes:
CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE S. JORGE – FUNDAÇÃO,
POPH ( Programa Operacional Potencial Humano),
QREN,
UNÃO EUROPEIA,
SEGUIRANÇA SOCIAL,
ISS ( Instituto der Segurança Social I.P.)
SANTA MARIA DA FEIRA ( Câmara Municipal),
AUTARQUIA Local.
Agradece-se de antemão a todos (as)
os (as) que têm colaborado nesta ingente iniciativa
bem como a tantos emigrantes
espalhados pelos cinco continentes
pelo carinho
e interesse manifestado

por esta OBRA.

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL