sábado, 7 de março de 2015

Em prenúncio e prévio do início da Primavera ,

Em prenúncio e prévio
do início da Primavera ,
do noivado
e casamemto dos passarinhos
abre ao público  “ CALDAS EM FLÔR”
na Rua Padre António Guimqraães  121 1º Esq.
nesta Vila Termal de Caldas de S. Jorge.
Uma mais valia para o embelezamento,
decoração domiciliaária
espaços de estimação
e culto
Ao dispôr.

PARABÈNS!


quarta-feira, 4 de março de 2015

A Primavera vem e volta sempre… Em véspera e preparos do seu 92 º aniversário natalício !!!

A Primavera vem e volta sempre…
Em véspera e preparos do seu 92 º aniversário natalício temos
hoje  connosco D. Josefina Pereira Valente
nascida a 7 de Abril de 1924,
lembrada perfeitamento dos seus pais
António Henriques Valente
e Miquelina Pereira de Jesus,
neta de grandes benfeitores da Comunidade
e Igreja Matriz que tem bem exarada na torre da mesma
 Igreja e relógio Bernardo Henriques Valente.
Em memória fresca com uma alface recorda
e actualiza a sua numerosa familia de 7 irmãos e irmãs,
desde um irmão cedo falecido
e os outros irmãos
e irmãs que nomeadamente refere:
Maria que vai a caminho dos 99  anos,
Dorinda já falecida há pouco tempo,  
Madalena Pereira Valente no estrangeiro,
José Henriques Valente com os seus 88 anos
e está todo riginho da vida,
António Henriques Valente
e Rita Pereira de Jesus.
Recem-chegada ao Centro de Dia do C.S.P.S.J
Sente-se à  vontade como o peixinho no aquário.
Refere qu esteve no Hospital de S. Sebastião,
Santa Maria da Feira
cerca de 15 dias.
Durante o dia frequentao Centro de Dia e
À tarde e noite regressa ao ambiente familiar onde se sente bem
e excelentemente acolhida,
acarainhada
e em boa companhia.
Gosta e aprecia a agricultura,
o trablho do campo,
da horta,
do  quintal
e do jardim.
Adora as flores:
Lírios,
Cravos,
Crisântemos
para não falar das rosas
e roseiras !!!
Mais ainda dos animais domésticos
e de companhia,
incluindo as galinhas.
Enfim uma excelente
personalidade
marcante ,
típica com quem dá gosto

e prazer em conversar!











terça-feira, 3 de março de 2015

A Sabedoria Popular “ a rodos” no Lar Residencial. Os mais antigos têm tesouros de Sabedoria a não esquecer !!!

A Sabedoria Popular  “ a rodos” no Lar Residencial.
Os mais antigos têm tesouros de Sabedoria a não esquecer !!!
Mas para recordar.
Que o diga João da Silva e Sousa
Com as suas 77 primaveras
Nascido no dia de S. João,
24 de Junho de 1938
Em Marecos, 
Penafiel.
Firme e esclarecido na sua memória
e lembrança.
Carnaval a soalhar, Páscoa atrás do lar !
Candelária a chorar está o Inverno acabar,
Candelária a sorrir está o Inverno para vir.
Na Senhora das Candeias à meia noite vai à serra ver de que lado fica o tempo.
Maré cheia ( veia  cheia) boa hora para a sementeira.
Trovoada de Maio se for no Marão vende os bois e compra pão,
Se for na ribeira pega nos bois e arrasta para a eira!
Ninhos de “bichas pinheiras” ( de Janeiro em diante ) se estiverem voltados ao sul o tempo fica norte ( frio), se estiverem voltados a norte o tempo fica a sul (quente).
Se estiverem voltados ao mar o tempo fica na serra, se estiver voltado à serra o tempo fica voltado ao mar.
E esta dos “remedilhos “ e dos “temperilhos” ???
 Chamam-se Remedilhos (há quem lhe chame arremedilhos)
e Temperilhos, e constam da seguinte associação da previsão de tempo para determinado dia do mês respectivo.
Isto é, começa entre o dia de Santa Luzia,
a 13 de Dezembro, e o Natal (Remedilhos),
com o cruzamento do tempo verificado para o período entre
o dia 26 de dezembro e 6 de janeiro,
dia dos Reis (Temperilhos).
O dia de Natal é o único dia que não entra neste boletim metereologico.
Desta maneira verificava-se o tempo com a associação dos dias,
ao mês do ano seguinte correspondente, da seguinte forma:

Remedilhos -
13 de dezembro - janeiro do ano seguinte
14 de dezembro - fevereiro do ano seguinte
15 de dezembro - março do ano seguinte
16 de dezembro - abril do ano seguinte
17 de dezembro - maio do ano seguinte
18 de dezembro - junho do ano seguinte
19 de dezembro - julho do ano seguinte
20 de dezembro - agosto do ano seguinte
21 de dezembro - setembro do ano seguinte
22 de dezembro - outubro do ano seguinte
23 de dezembro - novembro do ano seguinte
24 de dezembro - dezembro do ano seguinte

Natal  - não se contabiliza
 (agora faz-se a análise em sentido inverso)
 Temperilhos -
26 de dezembro - dezembro do ano seguinte
27 de dezembro - novembro do ano seguinte
28 de dezembro - outubro do ano seguinte
29 de dezembro - setembro do ano seguinte
30 de dezembro - agosto do ano seguinte
31 de dezembro - julho do ano seguinte
1 de janeiro - junho desse ano
2 de janeiro - maio desse ano
3 de janeiro - abril desse ano
4 de janeiro - março desse ano
5 de janeiro - fevereiro desse ano
6 de janeiro - janeiro desse ano

Ex: Se no dia 16 de dezembro
e a 3 de janeiro chover,
então o mês de abril será chuvoso.
Caso não sejam coincidentes,

então prevaleceria o Temperilho, de 3 de janeiro.

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL