sábado, 12 de abril de 2008

Curiosidades do nosso património escondido!!!


Poucas são as pessoas que nasceram posterior aos anos 70, que saberão o que é uma “carreta funerária”, e muitos menos sabem que Caldas de S. Jorge tem uma, e diga-se em bom estado de conservação.

Recentemente um idoso, falou-me de uma “carreta funerária” que terá sido oferecida pelo Sr. Fernando Ferreira, antigo proprietário da “Sóbrinca”. Como a minha curiosidade é muita, tratei de ir procurar essa “carreta” e de tirar umas fotos para quem nunca viu, nem sabe o que é, ficar com o registo da mesma.

7 comentários:

Anónimo disse...

Já que não é necessária,
porque não transformá-la num automóvel turístico com motor ecológico para carreira turística,
deixava de transportar mortos mas vivos:
Termas - Lourosa
Termas - Santa Maria da Feira
Termas - Mirante de Canedo
Termas - Milheirós de Poiares
Termas - Santa maria do Vale!
E Vice-versa!
Está aberto um concurso!

Anónimo disse...

meu caro anônimo, a carreta oferecida então pelo senhor Fernando Ferreira, na época prestou um bom serviço á população de S. Jorge. Já lá vão 30 e tais anos~e não era fácil utilizar carros fúnebres. Geralmente o caixão era transportado por pessoas ,da casa do morto á Igreja.
Naquela altura foi uma grande dávida para a freguesia. Não brinque com coisas sérias.
De certeza que alguem de sua familia , a utilizou .
agora pode fazer parte do patrimonio da igreja

João disse...

é verdade sim senhor. lembro-me bem da carreta que fez um jeitão.
como agora´os tempos são outros não se dá o devido valor.Obrigado senhor ferreira

JONAS BLACK T disse...

Não sabia que as Caldas tinham uma coisa assim importante.
Se não fosse o administrador do blog, eu não sabia desta charrete.
Pena é que na catequese nunca mostraram estas coisas.
Parabens por mostrarem e devem conservar pois disto já não se faz.

Luvenir disse...

Não conhecia esta obra de arte.
Pena não estar à mostra para as pessoas conhecerem.

Anónimo disse...

porque não expor esta obra de arte no atrio da igreija tipo monumento. estou completamente contra transforma-lo num carro turistico...ate posso imaginar de onde tenha vindo esta ideia...mas... há que ter paciencia....

Anónimo disse...

porque não expor esta obra de arte no atrio da igreija tipo monumento. estou completamente contra transforma-lo num carro turistico...ate posso imaginar de onde tenha vindo esta ideia...mas... há que ter paciencia....

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL