quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Questão de escala...

Por falar em meteorologia, que tal se voltarmos a abordar o tema “BRISA”?
Pois... Passaram já alguns dias desde a famosa “correria” do Monta/Desmonta e, pelos vistos, parece que, de um momento para o outro, se passou um pano sobre o assunto.
Entretanto, eu que não sou muito dado a “esquecimentos”, decidi (fraca hora) voltar a (re)flectir sobre o (“pouco”) importante assunto.
E desde logo porque entendo que não convém esquecer o que se disse por aí, nomeadamente os discursos oficiais e menos oficiais dos verdadeiros “guardiões” dos interesses desta terra.
Se, por um lado, existiam os contentores (ainda são contentores não são?) que irão permitir a instalação de dezenas de técnicos da BRISA nesta freguesia, fazendo, por conseguinte, “vibrar” o nosso comércio e a nossa economia, trazendo também o valor acrescentado da oferta de umas dezenas ou centenas de metros de pavimentação em asfalto... Por outro, haviam os outros, “Os do Contra”: esse “mal pensante” que invade as ruas e cafés da nossa querida vila.

Esses, “Os do Contra”, querem lá saber do desenvolvimento da freguesia. Na verdade, não se importam que 40 engenheiros venham tomar outros tantos cafés, por dia, em Caldas de S. Jorge e, quem sabe, degustar o prato do dia nos nossos (nossos, salvo seja) restaurantes por menos de 5 euros. E eu até acho que essa dinâmica vai ser importante. De verdade.
Feitas as contas, o PIB de Caldas de S. Jorge, irá crescer desmesuradamente... - (esta foi uma brincadeira).
Realmente, “Os do Contra” são aquilo a que se pode chamar os verdadeiros “Chungas”. Uns imbecis.

Mas, perdoem-me, seja feita, pelo menos, alguma justiça...

- “Os do Contra”, esse “mal” que enferma a terra, preocupam-se mais com questões de outra natureza. Digamos que se preocupam com questões de... outras envergaduras.
Na verdade, “Os do Contra” pensam que uma qualquer personalidade ou autoridade da freguesia, não deve, a troco de uma mera, precária e passageira instalação em terreno público de 40 técnicos, violentar entidades privadas que, desde há dezenas de anos, asseguram o trabalho a cerca de 600 pessoas desta vila e arredores. Quer as auto-estradas estejam em obra quer não estejam.
Na verdade “Os do Contra”, pensam ainda que não é bonito criar guerras surdas e absurdas com o maior empregador da freguesia.
Na verdade “Os do Contra”, pensam que não é justo responsabilizar privados sobre a limpeza e a segurança de espaços públicos.
Na verdade, se assim for, eu prefiro pertencer ao impopular e restrito “Grupo dos Contra”.
Apenas por se tratar de uma questão de escala...

Guga.Gago

5 comentários:

Shrek disse...

Não quero dizer que estou de acordo com o meu ilustre colega de profissão (blogueiro), Guga.Gago.... mas que gostei deste post, gostei mesmo. Por curiosidade, esses “Os do Contra” existem em muitas outras freguesias, incluindo pelas minhas bandas! Por vaidade pessoal, gosto de pertencer, ou fazer de conta que pertenço a esse restrito grupo “associativo Os do Contra”!
Não quero dizer que estou de acordo com o meu ilustre Guga.Gago.... mas como não gosto de apelidar só os “gajos” a que orgulhosamente pertenço... “Os do Contra”, também tenho um apelido aos “outros”! Sem ofensa para as mentes mais sensíveis, eles são os “prostitutos da economia fast food autárquica!”!
E perguntam-me...porque razão este nome? ora, é uma boa pergunta...para não estragar o “conjunto”, peço dispensa de responder!
Não quero dizer que estou de acordo com o meu ilustre Guga.Gago, mas apenas porque não quero DIZER.... Embora esteja plenamente de acordo!
Um forte e sentido abraço para o caro colega (blogueiro) e outro também muito apertado para os colegas (leitores) deste blog.

Anónimo disse...

É um prazer ver por estas bandas o senhor Shreck !
E o senhor Bettencourt!!
Ele falou!

Quanto ao ir rapar e fanar asfalto à Brisa, desconheço clásula!

Brisa=insigne hóspede!

Escala sim para um inteligente elaborar a cruz do atm sobre vila!

Anónimo disse...

Afinal meus senhores a favor do progresso, voces querem o progresso da freguesia ou ja estão a pensar na maneira mais facil de tirar uns tustos a quem possivelmente vem trabalhar?

Anónimo disse...

Viva OS DO CONTRA.Excelente post.

Anónimo disse...

Ide dar banho ao cão. e Lavai-vos na mesma água. Estou mesmo a ver o progresso das Caldas.
Eu também sou CHUNGA

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL