sábado, 4 de fevereiro de 2012

Visita e Visitas pastorais à Paróquia da Vila Termal de Caldas de São Jorge


Visita e Visitas pastorais à Paróquia de Caldas de São Jorge.
Caldas de São Jorge, actualmente com o título de Vila de Caldas de São Jorge desde 13 de Maio de 1999, também popularmente chamada Vila Termal de Caldas de São Jorge no Concelho de Santa Maria da Feira das Terras de Santa Maria, conheceu no passado outras designações e nomenclaturas.
A mais antiga de que há memória é de Caldellas = Caldas pequenas da época romana aparecendo no ano de 1097 com o topónimo de São Jorge de Caldellas, nome que conservou oficialmente até 13 de Maio de 1999 quando obteve o título de Vila de Caldas de São Jorge.
Isto é, até à referida data de 13 de Maio de 1999 o Santo Mártir e Herói estava a patrocinar e “oragar”18 localidades do País incluindo a actual Vila Termal de Caldas de São Jorge.
Historiando as Vistas Pastorais à Paróquia de Caldas de São Jorge importa dizer  que  há registos escritos das Visitações desde 1723 ao ano 2000; mais exactamente da Visitação de 23 a 28 de Maio do referido ano de 2000 por Sua Excelência Reverendíssimo o senhor Bispo António José Cavaco, Carrilho, Bispo Auxiliar do Porto e actual Bispo do Funchal - Madeira.
Tendo-o precedido nesta Tarefa e Missão D. Manuel Pelino Domingues em Outubro de 1990, D. António Ferreira Gomes em Julho de 1950, D. António José de Sousa Barroso em 19 de Julho de 1915, e muitas outras Visitações documentadas.
Dos Arquivos Paroquiais estão decifradas e esclarecidas Visitações do ano 1769, do ano 1805,de 1 de Outubro de 1813, de 13 de Dezembro de 1823, de 7 de Agosto de 1840, de 19 de Julho de 1915 como acima ficou dito. Do que se infere a morosidade e espaçamento das Visitações no passado e encurtamento e rapidez no presente.
Segundo uso actual nas dioceses d País e Diocese do Porto o espaçamento das visitas pastorais  não poderá passar dos dez anos, o que parece ser um período razoável e adequado.
O Actual Visitador desta Paróquia, Sua Excelência Reverendíssima o Senhor Bispo D. João Evangelista Pimentel Lavrador, tem estado durante estes três anos e sete meses consecutivos, desde que se encontra ao Serviço desta Diocese do Porto em contínuas Visitas Pastorais, bem como O Senhor Bispo Titular D. Manuel Clemente e os outros Reverendíssimos Senhores Bispos desta Diocese, e em semanas ininterruptas, nesta vasta área Sul da Diocese do Porto. Durante os últimos meses nesta Vigararia de Santa Maria da Feira levando a mais que a meio esta incansável e interminável Tarefa e Missão mais que pertinente e adequada ao Bom Pastor do Rebanho do Povo de Deus!
Neste mês de Janeiro foram levadas a efeito as Visitas Pastorais à Paróquia de Cristo Rei da Vergada, a Argoncilhe, a Arrifana, Caldas de São Jorge e, em continuação em Fevereiro, em Canedo e outras que se lhe vão seguir.
Não é tarefa fácil.
Exige preparação, programação e principalmente muita oração, colaboração e empenho de todos.
«Uma Visita Pastoral é sempre um acontecimento de grande importância religiosa e espiritual.
Um momento especial para a vida Cristã das comunidades.
É que o Bispo, enquanto Pastor da Igreja, representante de Jesus Cristo, o Bom Pastor, vai ao encontro dos seus irmãos na fé, daqueles que lhe estão particularmente confiados, para os confirmar nessa mesma fé; vai conhecer, conviver e dialogar, vai ver, ouvir e falar; vai dar e receber; vai dar a mensagem do Evangelho e santificar os fiéis pela celebração dos sacramentos». (+ D. António Carrilho).
Assim a comunidade Paroquial de Caldas de São Jorge preparou, programou esta tão importante iniciativa através do Conselho de Pastoral, Comissão Executiva da Paróquia, Movimentos Paroquiais e Pároco esta agigantada e singular iniciativa.
Feitos os anúncios e pregões no meio local foi elaborado o Programa em prospecto desdobrável com programação repleta de tarefas e iniciativas dos dias 31 de Janeiro ao dia 5 de Fevereiro do corrente ano 2012.
Iniciou-se a Visita Pastoral com a Oração - Celebração Comunitária de Vésperas da Terça-Feira da Quarta Semana do Tempo Comum, pelas 15.00 horas na Igreja Matriz presididas por Sua Excelência Reverendíssima o Senhor Bispo D. João Evangelista Pimentel Lavrador onde foi excelente ouvir a voz do Pastor na Homilia de Vésperas despoletando o clic e impulso inicial desta Grandiosa Tarefa.
Seguindo-se as Visita aos Doentes na convicção de que os Doentes e as Crianças são aqueles que estão mais perto do Senhor e do valor acrescentado da sua Prece e Oração.
Pelas 19.00 horas foi momento grande a Sessão Solene de Apresentação e de Boas Vindas no Salão de Actos do Centro Paroquial.
Presentes os Movimentos Paroquiais, Autoridades Civis, Instituições e Associações Locais.
Coube ao Reverendo Pároco a abertura da Sessão Solene e ao Reverendo Diácono Joaquim Augusto da Silva Santos as Palavras de Apresentação e de Boas Vindas a Sua Excelência Reverendíssima.
No que foi seguido pelas autoridades e responsáveis presentes a convite e indicação protocolar do Pároco.
Ouvidas todas as Comunicações encerrou Sua Excelência Reverendíssima com Palavras muitos pertinentes e precisas neste início da Visita Pastoral continuando depois na Eucaristia pelas 19,30 horas na Igreja Matriz repleta de participantes e de assembleia orante e empenhada.
Terminando as tarefas do primeiro depois da Mesa da Eucaristia à Mesa da “Juventude e Família” em jantar informal, familiar e acolhedor em família Jovem com “ajudantes adolescentes e mais crescidos”! Muito bem.
Seguiu-se o segundo dia, dia 1 de Fevereiro, com a continuação das Visitas a empresas locais  e instituições, com a Eucaristia às 19.30 horas e Encontro com os grupos Paroquiais às 20.30 horas.
O dia 2 de Fevereiro, Quinta-feira, Dia da Candelária, manhã cheia com as visitas às Escolas da Localidade contando com a atenciosa e simpática presença do Senhor Presidente do Conselho Executivo do Agrupamento de Escolas de Fiães, o Senhor Professor Doutor António Pedro Lima, acompanhado da Senhora Professora Doutora Goreti Pacheco bem como das autoridades Locais. Foi bonito e maravilhoso este contacto com as escolas, com as crianças, pessoal docente e pessoal auxiliar e administrativo.
Fica aqui exarado o agradecimento a todos, particularmente ao Coordenador, coordenadoras e professoras das Escolas desta Vila Termal.
Da Escola EB1 de Caldelas, ao Senhor Professor Vasco Manuel Ribeiro da Silva, Professoras Isabel Maria Nogueira Ribeiro, Paula Cristina Rodrigues Pereira Maia, Sandra Borges, Isaura Marieta Lima Nogueira Sá Pereira e ao Pessoal Auxiliar: Amélia Amorim Silva Mota e Francelina Ferreira Pais.
Ao Jardim de Infância da Igreja: às Professoras Fernanda Coelho de Sousa, Ana Maria Neves da Rocha e Comunidade Educativa: Dalila Paiva e Maria Margarida Santos.
Ao Jardim de Infância de Arcozelo, à Coordenadora Educadora Maria Amélia Santiago (Mélita), colaboradoras Margarida Teixeira, Soraia Daniela e  Celeste.
Aoo Jardim de Infância de Azevedo, Coordenadora Educadora Ana Rosa e Colaboradoras Ana e Carla.
Visita a empresas, Estância Termal e Sede da Associação Rancho Folclórico “As Florinhas de Caldas de São Jorge.
A Estância Termal é sem dúvida a Menina dos olhos da Vila Termal. 
Caldas de origem com certeza de pré-romana e romana, atingindo a sua reabilitação no tempo do Abade Inácio António da Cunha e ultimamente remodeladas ostentando o aspecto e configuração actual, tendo à frente a Doutora Sanjorgense Teresa Vieira. 
Por ela perspassam Personalidades de renome mundial como na circunstância do dia da Visita do Senhor Doutor Mauro Pampolini, Professor da Universidade de Perúgia, Investigador e responsável pela Reabilitação e Ordenamento Turístico e Termal do Centro da Europa de fortíssima Utilização, Aproveitamento e Investimento Termal extensivo a Centenas de Milhar de Utentes e Clientes Termalistas particularmente a Hungria
Findas as visitas da tarde, às 19.30 horas teve local a Eucaristia na Festividade da Senhora das Candeias onde a luz foi perfusão no templo da Igreja Matriz, seguindo-se o encontro com os crismandos (as), padrinhos, madrinhas e pais em ambiente muito participado e com o recurso aos multimédia na exposição do tema e assunto explanado.
Terminando o dia com jantar oferecido atenciosa e liberalmente oferecido por jovem família da Comunidade.
Sexta, dia 3 de Fevereiro dia de S. Brás, santo Bispo e Mártir de Sebaste na Arménia, padroeiro e patrono da garganta, quádrupla via e auto-estrada da comunicação físico-humana da fala, do sabor, da respiração e da alimentação.
Eucaristia às 19.30 horas na Igreja Matriz.
Findando o dia na ceia- convívio em Família numerosa e repleta de infância e Juventude, três realidades que são exlibris temáticos da Diocese: Juventude (Infância, Adolescência e Jovens) e Família em continuidade da Missão 2010, 2011 e seguintes.

Com o Sábado, 4 de Fevereiro, encaminha-se a Visita Pastoral para o seu auge e termo.
Às 15.00 horas Encontro com os Catequizandos (as) e Familias.
Às 16.30 Eucaristia Vespertina do 5º Domingo do Tempo Comum e administração do Sacramento da Santa Unção ou Unção dos Enfermos:
um dos sete Sacramentos da Igreja;
o sacramento da Cura,
do Alívio na dor e sofrimento,
do perdão dos pecados.
Um momento alto a Comunidade em que se patenteia de modo declarado e ao vivo a frase do Senhor Jesus Cristo no Evangelho:
“ Eu vim para que tenham vida e atenham em abundância!”
A vontade de Deus a nosso respeito é de que vivamos
e demos gloria a Deus,
sejamos felizes nesta vida fazendo a Sua Vontade e felizes com Ele por toda a eternidade!
Atinge o seu auge a Visita Pastoral com a Eucaristia de Domingo, o 5º Domingo do Tempo Comum com a Celebração do Sacramento do Crisma a 74 crismandos (as). 62 da caminhada catequética dos 10 anos ( 2009, 2010 e 2011), 12 adultos e 2 de outras Paróquia devidamente apresentados e credenciados pelos Párocos.
Após o almoço-convívio no Centro pelas 12.30 horas se encerra esta singular e iesquecível Visita Pastoral!
 
Continua

1 comentário:

bettencourt disse...

uma excelente descrição de um Evento marcante na vida da comunidade de Caldas de S. Jorge. Parabéns.

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL