domingo, 29 de abril de 2012

Parabéns à Associação “Vá Lá Vá Lá podia ser pior”

IMG_4759Que levou a efeito conforme programa conhecido e divulgado

com todo o sucesso e bem conseguido  êxito

a Iniciativa -  Evento “São Jorge na História e no Mundo”.

Bem como toda a Associação está de parabéns

e a população que colaborou.

Será de Justiça referir os seus mentores,

engenhos deste  Evento Singular e Inédito:

Jorge Oliveira Santos,

António Oliveira Santos,

Joaquim Francisco Santos

E Professor Doutor Eugénio Francisco Santos.

“Ao Encontro das Origens - São Jorge na Histórias e no Mundo”

Título sugestivo, apropriado e adequado em Véspera e Dia do Padroeiro desta Vila Termal de Caldas de São Jorge.

Padroeiro da nossa Terra.

Há mais de 17 freguesias com este orago em Portugal.

E titular de algumas igrejas em Roma, Nápoles, e outras regiões.

Além da Inglaterra tomaram-no como patrono a Geórgia, Aragão, Génova e a Rússia.

Desde1097 encontramos uma alusão documentalmente exarada e escrita sobre a nossa Terra.

900anos feitos em 1997.

Novecentos e quinze anos na atualidade.

Para este evento largamente anunciado de há uns tempos a esta parte assistimos e participamos nas três sábias comunicações de conferencistas em doutos e provados conhecimentos e sabedoria.

Começando,por quem veio de mais longe, o Excelentíssimo Doutor Caio César Boschi de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Seguindo-se Sua Excelência Reverendíssima o Senhor Bispo D. Carlos Alberto de Pinho Moreira Azevedo, de Milheirós de Poiares, vindo propositadamente de Roma, onde é Delegado Pontifício Para a Cultura de nomeação expressa de Sua Santidade o Papa Bento XVI,

E terminando, porque jogou em casa, o Excelentíssimo Doutor Eugénio Francisco Santos de todos  conhecido pelo saber,docência e contributo na Investigação Histórica.

Aliás é o campo preferencial onde os conferencistas presentes jogam, marcam golos,operam diretos e incluindo penáltis bem sucedidos!

A História é o Campo da Bola do Mundo!

A apresentação biográfica e bibliográfica de todos os intervenientes, os seus escritos,obras, investigação e ampla, sábia experiência e saber seria extensíssima para caber num poste de um blog simples e popular…

Se houvesse de fazer garanto que seria apenas uns breves minutos de uma multisessão que não sei quando acabaria.

Do que se pensa resta o imenso impensado,

do que se diz fica o mais importante por dizer

e do que se faz é esquecido

oque fica por fazer e omitido!

Foi um prazer, uma alegria ter no nosso meio tão exímias personalidades de referência incontestável a nível Mundial, Europeu, Nacional e local!

Obrigado por terem vindo!

Uma vez mais parabéns!

IMG_4683IMG_4746IMG_4760

Festa da Vida Igreja Matriz 22 de Abril 2012  
Em dia de Domingo e Véspera da Festa de São Jorge
 quinze Jovenzinhos (as)
fizeram a sua Festa da Vida.
Homilia São Jorge           
Domingo Páscoa 3 B
Caldas de S. Jorge, 22 de Abril de 2012 Véspera do Padroeiro

Vós sois testemunhas de todas estas coisas
Somos testemunhas da passagem do medo para o anúncio, somos testemunhas da passagem de uma fé sem saber porquê a uma consciência pessoal. Somos testemunhas da passagem das mãos e pés cravados à liberdade da Ressurreição. Somos testemunhas da leitura unida dos factos desde Moisés, Profetas e salmos aos dias de hoje, como acção do mesmo Deus. Somos testemunhas do arrependimento e do perdão dos pecados. De todas estas coisas e muitas outras somos testemunhas, como São Jorge, mártir do seculo IV. O cristianismo não é uma religião individualista. Convida-nos à celebração comunitária, à manifestação humilde da nossa fé, a um amor mandado por Deus.

Sigamos São João para ver três caracteristicas deste modo novo de amar pelo qual São Jorge deu a vida.“Aquele que diz conhecer Deus e não guarda os seus mandamentos é mentiroso (I Jo.2,4)! A unidade entre conhecer e amar é funda mental. O conhecimento de Deus une-se ao amor. Não se trata de um conhecimento superior, para iluminados, que necessita de fugir do mundo. Nós, cristãos, ao conhecer Deus, ficamos implicados no testemunho de um amor que abre horizontes na relação com todas as criaturas que Deus ama. Conhecimento e amor ficam claros: «Todo aquele que ama nasceu de Deus e conhece-O. Aquele que não ama, não conhece a Deus, porque Deus é Amor” (I Jo.4,7-8).
Uma segunda caracteristica é que este amor a Deus, não é apenas uma questão de «sentimento»! «Meus filhinhos, não amemos com as palavras e com a língua, mas por obras e em verdade” (I Jo.3,18). O amor é também um acto de vontade! Os sentimentos são volúveis. Num momento sentimos uma coisa, passado uns momentos sentimos outra. O sentimento pode ser uma trampolim inicial, mas não é a totalidade do amor. O amor une o pensamento, o sentimento e a vontade.
Em terceiro lugar, o amor não só não é apenas conhecimento, ou sentimento; é um mandamento. Há, por assim dizer, um dever de amar: «Aquele que diz que está em Deus, deve andar como Ele andou» (Jo.2,6); «Jesus deu a vida por nós, e nós devemos dar a nossa Vida, pelos nossos irmãos» (I Jo.3,16); “Aquele que diz conhecer Deus e não guarda os seus mandamentos é mentiroso (I Jo.2,4)! Somos testemunhas deste mandamento cumprido até ao fim na entrega de Cristo.
A este amor se unem especialmente os mártires. Conscientes deste mandamento, obedecem ao dever de amar. Isto pode parecer uma afirmação dura de roer, numa cultura, que exalta o amor, como um impulso espontâneo, momentâneo quando não instantâneo?!
Daí a importância, de nos vincularmos a um dever, que dê confiança e estabilidade. Quando se conhece a Deus como apaixonados pelo seu amor não separamos o prazer do dever. Permanecer e resistir, não obstante as adversidades
é fonte de alegria.
A cultura actual, ao exaltar a liberdade de mudar e a espontaneidade do momento, fragmenta as vidas e desfaz relações.
Vejamos, agora, como na vida de São Jorge vence a estabilidadae do amor.
São Jorge goza de um culto na Palestina como santo António na Europa. O megalo-mártir, como lhe chamam no Oriente foi uma testemunha firme de Cristo. Mostrou-se firme em tantos suplícios e aflições pela graça de Deus que nele habitava, pelo espaço a Deus que consagrava nas suas decisões. A fortaleza da sua vontade arrumava com qualquer medo e nele crescia a esperança. Não era uma esperança baseada no ar das palavras, mas concretizada na caridade criativa e na audácia das atitudes.
Tantos como vós, caríssimos irmãos e irmãs das Caldas de S. Jorge, por todo o mundo, como veremos esta tarde, desde o século V recorrem a São Jorge como exemplo de lutador, que não se deixa abater pelas adversidades, trava as batalhas contra a injustiça e a maldade, representadas no dragão, e vai até dar a vida pelos valores que defende.
Continuemos a ver em São Jorge um modelo de cavaleiro defensor dos débeis, nesta hora difícil que vive Portugal e a humanidade. O nosso país e a nossa Igreja andam tão necessitados de militância firme, tão carentes de audácia para encontrar uma via para um humanismo global, uma consideração planetária da humanidade que vença os auto-considerados donos do mundo, novos monstros-dragões a sugar as vidas dos pobres, de olhar tacanho para um horizonte com sereno futuro.
Anda já no ar a lança para vencer a maldade dos mercados, a incapacidade dos líderes das nações motivarem para um novo estilo de vida, neste momento de grande mudança do planeta. Agarremos, com ambas as mãos, esse instrumento de vitória e unamos esforços para, animados por Cristo Ressuscitado, que fortaleceu S. Jorge, deixarmos a indolência e não permitirmos mais decisões imperialistas, usurpadoras do futuro, venham elas donde vierem.
Este exemplo vivo e incansável de realização do dever de amar aos outros faça cada um de nós ir mais longe, ser mais estável, não reduzir à espontaneidade, ao sentimento o mandato de Cristo. Cada um descubra as formas concretas que o amor tem de lhe rasgar as mãos e os pés, de lhe abrir o coração. Porque é nos sinais da entrega de Cristo que reconhecemos hoje o Cristo vivo, Ressuscitado.
A paz que nos deseja tem a medida do seu amor.
+ Carlos Moreira Azevedo
Delegado do Pontificio Conselho da Cultura
 

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Está a chegar o grande dia de Caldas de S. Jorge… Será que você vai ficar na história da freguesia ???

Domingo dia 22 de Abril, Caldas de S. Jorge vai inaugurar o Monumento a S. Jorge. Será um marco histórico na freguesia, principalmente pela forma como foi construído e pensado…

O monumento foi pensado e construído por um grupo de amigos oriundos desta freguesia, que tiveram o patrocínio de vários cidadãos anónimos e empresas, que nunca andaram com “bandeiras” a dizerem que deram… Mas deram, e não foi pouco… Sem o patrocínio destas empresas da freguesia e de fora, e de muitas centenas de concidadãos anónimos, nada disto seria possível… Desde já a Homenagem do Blog a esses beneméritos anónimos, que dispensaram o que tinham e algumas vezes o que não tinham para que esta grande obra fosse uma realidade.

Não podia deixar de falar do grande mentor desta iniciativa, Dr. Oliveira Santos, que mais uma vez, com grande entusiasmo e despromovida de interesses lutou para que fosse possível este grande evento… Outra homenagem a todos os que ajudaram a organizar este evento, nomeadamente a quem deu a cara a pedir contributos, e quem perdeu dias e noites a lutar para que fosse avante esta inauguração.

Um grande elogio quer ao Arquitecto Pedro Castro e Silva, pelo excelente Projecto, que muito irá engrandecer a freguesia, e ficará mais uma grande obra com assinatura deste grande Arquitecto de Caldas de S. Jorge.

Quanto ao Escultor devo dizer que já tive o privilégio de ver a obra, e de alegrar-me com a escultura, pois superou em muito a minha expectativa…

Quanto á População de Caldas de S. Jorge, devo dizer, que quem participar, fará parte de um dos momentos históricos mais felizes da freguesia, e perdurará na memória, para constar às gerações vindouras. Quem não participar, fará parte do lote de que nunca o seu nome fará parte da história de Caldas de S. Jorge.

Quem quiser, julgo que ainda poderá inscrever-se na Pastelaria S. Jorge, para este grande evento. O custo do jantar é de 25,00€, uma quantia simbólica para a grandiosidade desta iniciativa.

Bem-haja a quem de pouco faz muito…De quem do nada tudo faz …

quarta-feira, 18 de abril de 2012

JANTAR DE HOMENAGEM AO EXMO. SR. PADRE ANTONIO MACHADO…

A festa surpresa, foi organizada por um grupo de amigos, em homenagem dos 40 anos de Sacerdócio do Padre António Machado…

Começou com uma Eucaristia na igreja matriz de Caldas de S. Jorge, seguido de um jantar comemorativo e de convívio, em que o Exmo. Sr. Padre Machado foi surpreendido com os inúmeros presentes, que quiseram desta forma mostrar a sua homenagem, por esta grande personalidade de Caldas de S. Jorge…

Foi também oferecida por algumas empresas de Caldas de S. Jorge, uma tela gigante comemorativa, que foi colocada na fachada da torre da igreja…

Durante o Jantar, algumas personalidades presenciaram-nos com discursos e palavras de elogio aos 40 anos de Sacerdócio, tendo ainda uma pessoa que por motivos profissionais não pode estar presente, enviou uma carta para ser lida em nome dele e de toda a família.

O grupo de amigos terminou a homenagem, entregando uma garrafa de Vinho do Porto de 40 Anos, simbolizando assim os 40 Anos de Sacerdócio do Exmo. Sr. Padre António Machado.

(colocamos aqui algumas das fotos referentes a esta homenagem, esperando, que quem tiver mais possa colocar também.)

2012-04-16 22.47.372012-04-16 21.45.552012-04-16 22.47.422012-04-16 23.25.542012-04-16 22.47.112012-04-16 23.25.582012-04-16 23.26.07

segunda-feira, 16 de abril de 2012

A Velocidade dos Eventos é Estonteante!


A Velocidade dos Eventos é Estonteante!
O corre no próximo Domingo dia 22 de Abril,
Véspera da Festa do Mártir São Jorge,
Padroeiro desta Vila Termal
um Evento digno de Memória
e de Recordar:
Inauguração de um Monumento no Local das Termas
precedido de uma Eucaristia na Igreja Matriz ás 10.15 horas
presidida por Sua Excelência Reverendíssima o Senhor Bispo
D. Carlos Alberto de Pinho Moreira Azevedo,
Delegado do Conselho Pontifício para a Cultura
desde 11 de Novembro de 2011
no Vaticano.
Estarão presentes entre outras altas individualidades
O Doutor Eugénio Francisco Santos desta Vila Termal,
Promotor da iniciativa,
E o Doutor Caio César Boshi, Belo Horizonte.
M.G. Brasil.
A não perder!
 

1972–2012–PADRE MACHADO … PARABÉNS…

Imagem (2)Imagem (3)

PARABÉNS PELOS 40 ANOS de Ordenação Presbiteral 16/04/2012.

 

Pároco da Vila Termal de Caldas de São Jorge e de Cristo Rei da Vergada, Santa Maria da Feira faz 40 anos de Ordenação Presbiteral hoje dia 16 de Abril.

Ficam aqui algumas palavras de uma anterior entrevista:

Quando decidiu tornar-se Padre?


Pelos doze anos optei por ir estudar para o seminário.
Meu pai queria que eu fosse serralheiro.
Fui estudar.
Aprendi bem e cheguei a Padre.
E não estou arrependido!


Como foi a sua infância e juventude?


Uma infância igual a muita gente da época.
Passear a pé e de bicicleta pelos montes,
Freguesias vizinhas, ir aos ninhos, domesticar pássaros.
Tratar da vida do campo.
Aos 8 e 9 anos tratava de três ovelhas e uma vaca.
A juventude passou-se no estudo, no convívio, teatro, passeios e festas.
Lia muito.
Num dia e numa noite li o livro de “Mila 18” de Leon Uris o mesmo autor do Êxodo.
Meu record de leitura!
Não andei às “gajas” se bem que na altura era muito pretendido!
Nascido a l de Novembro 1945 no domicílio, em Molar – Rebordosa – Paredes
Entrei para a Escola Primária em 7 de Outubro de 1951, entrando mais tarde sendo penalizado por ter nascido no mês de Novembro!
Completei o Ensino Primário com exame oficial em Junho de 1955.
Com 12 anos entrei Colégio Seminário de Godim – Régua
Depois os Seminários Colégios do Fraião – Braga tendo completado o Curso de Humanidades em 1962 no Liceu Sá Miranda – Braga!
1 Ano de Probatório -1962 – 1963
2 Anos de Filosofia – 1963 – 1965
4 Anos de Teologia – 1965- 1969
2 Anos de Professorado em Sul de Angola - 1969 -1971
Em 1971 – 1972 – Universidade Católica e ordenação a 16 de Abril de 1972
De 1972 - 1974 - De novo Missões do Sul de Angola, Cuanhama e outras.
De regresso em Setembro de 1974
Ao Serviço da Paróquia local de Rebordosa e encardinado na diocese do Porto de 1974 a 1983.
Pároco de Caldas de São de 8 de Janeiro de 1984!...
Professor com seis anos de Angola.Professor Ensino oficial 27 anos!Ao todo 40 anos de docência!
Com 67 anos de idade feitos em 1 de Novembro de 2010 entrei no laureado de docência em Abril de 2009!

Pároco de Caldas de São Jorge desde 8 de Janeiro de 1984

tendo assumido admnistrações paroquiais de Milheirós de Poiares e Macieira de Sarnes, Lobão,

Canedo ( por cerca de dois anos),

Sanguedo ( por três vezes )

e agora a Paroquialidade de Cristo Rei da Vergada desde 22 de Novembro de 2008.
Como é o dia-a-dia do Padre de Caldas de S. Jorge?


Levantar-se cedo e conforme o serviço.
8.30 Na Escola.
Serviço escolar.
Vinda da Escola e trabalho paroquial.
Atendimento, celebração Eucarística.
Oração diária, preparação das aulas e outros materiais para as tarefas do dia a dia.
Ao fim de semana quando tudo vai passear tenho o serviço religioso - pastoral de todos conhecido!
No próximo ano, o Padre António Machado completa 25 Anos à frente da comunidade Cristã de Caldas de S. Jorge.
Como foi a sua integração? Sente-se bem em Caldas de S. Jorge?


Sim completam-se 25 anos com o pastor da Paróquia!
Como pastor estou e vou à frente do Rebanho!
Por vezes atrás do Rebanho para as ovelhas tresmalhadas, distraídas e preguiçosas!
O Pastor é a locomotiva do comboio da comunidade paroquial!
Como bom pastor devo ser uma boa e excelente locomotiva
e a comunidade ser umas óptimas carruagens!
Não adianta excelentes locomotivas para carruagens velhas e rodas quadradas!
Nem adiante uma comunidade de óptimas carruagens
e péssima locomotiva!
Para mim gostaria de um TGV!
A integração foi com altos e baixos.
Foi normal e adequada!
Sim sinto-me bem até ao presente!
Pelo futuro Deus providenciará!
Qual a maior virtude de Caldas de S. Jorge?


Povo empreendedor, de iniciativa e gosta de ficar bem na fotografia!
O que acho bem e revela excelente auto-estima!
E o maior defeito?


Nada a referir!
O Bispo Januário Torgal Ferreira disse uma vez que uma das tragédias em Portugal era a Igreja ser só e para a direita.


Para ele sim, porque é militar e tem que ser pela direita!
A minha opinião não é idêntica!
Cristo foi um revolucionário, um guerrilheiro pacífico que encontra sucedâneos em Mahatma Gandhi, Martin Luther King, Dalai Lama, para falar em não cristãos
e Madre Teresa, São Francisco de Assis , São Francisco Xavier para falar nos santos e bons cristãos e católicos!
Portanto a Igreja de Jesus Cristo nada tem de direita no sentido que hoje se lhe atribui!
Foi revolucionária no tempo de Cristo, continuada nos Apóstolos e Mártires e nos Santos da Igreja!
É certo que se instituiu como potentado material e temporal de Constantino ao Séc.XIX com o fim dos Estados Pontifícios.
Mas isso foi um capítulo que se encerrou!
Há quem critique a Igreja por algumas suas faltas ou pecados.
A Igreja é Santa e também pecadora!!!
A Inquisição em Portugal em todo o tempo vitimou 653 homens e 522 mulheres! Houve 26.249 penitenciados! (Fortunato de Almeida)
O comunismo no séc. XX matou 100.000.000 de pessoas!
50 Milhões na China!
25 Milhões na União Soviética!
O nazismo matou 20 milhões!
O comunismo matou em média num só dia o que a Inquisição fez em todos séculos da sua existência! (Mártires do Séc. XX – Robert Roal)
Significa isso que a Igreja no nosso país não está totalmente aberta?


A Igreja do nosso tempo abriu-se ao Mundo.
Mas o Mundo não se abriu à Igreja!
Em Portugal segue-se precisamente esse caminho quando se retira os crucifixos das escolas, se faz o simplex das separações e divórcios e se pretende explorar a Igreja nos seus pastores e fiéis seguindo o caminho do Marquês de Pombal, Mata-Frades, Afonso Costa e outros mais modernos!
Houve o Concílio Vaticano II, XXI Concílio Ecumênico da Igreja católica, que foi aberto sob o papado de João XXIII no dia 11 de outubro de 1962 e terminado sob o papado de Paulo VI em 8 de Dezembro de 1965. Mas os governantes e povo em geral não ligaram nenhum. Em 2005 fez 40 anos do seu encerramento!
Nesta data 2008, 43 anos!
Todavia é ignorado por muita gente
Posso perguntar ao Sr. Padre Machado se é de Direita ou de Esquerda?


Sou da direita na condução da viatura na estrada e da esquerda quando vou de peão!
No Vaticano II, defendeu-se o recurso a métodos artificiais para controlar a reprodução.
Mas essa parte não aparece no discurso do Papa.
Pode comentar?

No Vaticano segundo não se aprovou a pílula, nem preservativo, nem aborto, nem homossexualidade, nem lesbianismo, nem união de facto (de fato dizem outros), nem prostituição, nem pedofilia e outros “ias”
Seria interessante ler o Concílio Vaticano II como eu o fiz com o Mila 18.
O que posso comentar é que seguindo o pseudo modernismo…
Apetece-me dizer: queres seguir irmão?
Segue irmão que vais no mau caminho!!!
Acha que a Igreja está adaptada às realidades do Sec. XXI?
Mais do que qualquer instituição a Igreja está adaptada às realidades do Séc.XXI.
Sempre se adaptou em todos séculos!
Por que não nos nossos dias?
Falta mas é criatividade, inovação, muito esforço, luta, amor e carinho, entrega e até martírio!
Falemos de Caldas de S. Jorge.


O Padre Machado é considerado por muitos, como uma das pessoas mais empreendedoras na freguesia.


Considera-se como tal?


Acho-me uma pessoa normal!
Se os paroquianos têm isso em consideração é porque tem boas vistas e são muito complacentes e simpáticos para comigo!
Mas não sou tanto assim!
Que sou ambicioso para a nossa Vila de Caldas de São Jorge.
Sou.
Que a nossa Vila não tem aquilo que merece.
Não tem.
Está bem de se ver!
Disso me faço eco nos posts do Blog e até por vezes criticado.
Mas não me faz mossa.
Onde vai buscar essas forças?


É a ânsia de ver a nossa Vila bonita, bela, progressiva e acolhedora!
Mas acho que não sou compreendido …
O que está a ser feito em termos de obras na Igreja?


Na Igreja fez-se o restauro interior que ficou salvo uma ou duas excepções segundo o que eu projectei!
No exterior trata-se de se fazer a pintura, limpeza da esquadria granítica, adro interior, valorização dos espaços e acessibilidades!
Dentro um mês, penso, estar tudo pronto!
O dinheiro que está a ser empregue nas obras da igreja não poderia ser empregue noutras coisas?


Está bem empregue e falta mais!
Haja quem dê!
Todavia no espaço envolvente e Cemitério está tudo muitíssimo aquém daquilo que eu projectei e sinto-me só nesta luta e nesta guerra!
Daí que volto a afirmar que se as obras da Igreja e envolvência acima referidas são 6/6 ( a totalidade) só com o arranjo da Igreja ficamos apenas a 1/6.
Fale-nos do trabalho social e comunitário que a conferência e o centro social têm desenvolvido?


A Conferência de São Vicente de Paulo tem toda a minha confiança e recomenda-se!
Admite irmãos de coração bondoso e espírito de colaboração e de solidário!
O Centro Social Paroquial tem desenvolvido a sua acção meritíssima por parte de todas as valências tanto de carácter pastoral, social cultural.
Deve-o aos seus utentes, funcionários e particularmente à sua Direcção!
Está excelente, de parabéns e recomenda-se!


Admite colaborantes para a Fundação!

Sem dúvida nenhuma1
O Senhor Padre Machado é conhecido por ser um fervoroso adepto das novas tecnologias. Explique-nos lá isso.


Sim!
Sem dúvida!
Gosto das novas tecnologias!
Quem não está a par delas e não as sabe utilizar (não digo mexer nelas!) é analfabeto neste Séc.XXI.
Na questão despoletada na Educação por causa do telemóvel da Carolina Micaellis,
eu era na altura para me pôr em bicos de pés por causa e contra os telemóveis!!!
Mas não!
Atenção… a procissão ainda vai no adro!!! (vem aí a prostituição dos miúdos e miúdas, os vídeos das casa de banho das escolas e dos balneários escolares… agora é que vão ser elas!)
Mas não “ se não podes com eles junta-te a eles”! E foi o que eu fiz.
Em comunicação com adolescente e jovens digo-lhes que os telemóveis que têm não passam de simples brinquedos pintados para miúdos palermas, de simples mata pulgas a cães, com jogos de meninos de fraldas, de autênticos tijolos…
Que já há novas tecnologias de 3 G, 3Inov, via internet com e sem fios, via satélite, chips, touchs e in-touchs, pdas,etc. que leva a ter o mundo na palma da mão e ser verdadeiro e sincero.
De resto são tretas!
Foi por isso que desde cedo se tornou um dos mais importantes colaboradores do caldas-são-jorge.blogspot.com?


Sim e não estou arrependido!
Além se convidado como administrador e colaborador deste Blog tenho mais de meia dúzia de blogs nos quais espirro e esbracejo à vontade!
Tudo começou pela tampa ou lápide tumular do Adro da Igreja a que chamei na altura eufemísticamente “ chouriço do património”
Era conhecida a amizade que tinha com o malogrado Fernando Coelho.
Como é o seu relacionamento com o actual Presidente da Junta de Freguesia?


É verdade!
Recordá-lo-ei sempre como amigo, colaborador e autarca!
Com o actual Presidente da Junta há um relacionamento amistoso e exemplar!
Acho que os cidadãos de Caldas de São Jorge não seguem o meu exemplo, na maioria no respeitante ao Senhor Presidente da Junta!
Penso que é por ser jovem ou outros razões a que sou alheio!
Não merece da parte da população essa irreverência!
Executivo é executivo!
Como vê estas discussões mais ou menos acesas em torno da actividade da Junta de Freguesia?


Acho inúteis e descabidas!
Acha que a freguesia está no bom caminho?


Acho que não!
A freguesia parou no tempo!
Assim não pode ser cidade e está à rasca para ser Vila!
Falta muita coisa!
Um posto médico que é uma gruta para onde se cai!
Uma Igreja bonita para onde se tomba!
Um Cemitério para onde se é despejado!
Umas Termas rodeadas de malfeitores e marginais!
Era precisa mais criatividade!
Indústrias inovadoras e Know How!
Alegria no trabalho e no trabalho alegria!

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL