domingo, 19 de abril de 2009

Material furtado aparece na “Fabruíma”…

As fábricas abandonadas nas Caldas de S. Jorge, continuam a ser uma verdadeira caixa de aparições. Primeiro foi na antiga “Sóbrica”, agora parece que os larápios voltaram-se para a “Fabruíma”. Foi furtada uma mota de uma habitação, hoje ela aparece milagrosamente na “Fabruíma”.

Estes dias uma residente do Lugar da Sé, foi violentamente assaltada por um jovem que se fazia transportar numa bicicleta. Curiosamente tem aparecido bastante material furtado nos prédios devolutos das Caldas de S. Jorge.

É caso para perguntar será que os larápios são de longe???

Porque não são apanhados???

Será que vale de alguma coisa as autoridades preocuparem-se em apanha-los???

Como será os próximos tempos, que se adivinham???

3 comentários:

Anónimo disse...

Agora já dá gosto visitar este blog,espero que seja para sempre amigo Ángelo,sei que não dizes tudo o que gostarias de dizer mas do mal o menos.Não nos abandones.

Anónimo disse...

bom caro Ângelo M. M. Cardoso, tu não me conheces, e conheces-me ao mesmo tempo, acontece que eu penso que antes de haver um pouco de disciplina, houve censura neste blog, mas é preciso meter o dedo na ferida, não são só "os elementos" de Lobão e arredores, que fazem "merda", porque no bairro social de "Azevedo" será que aquele lugar é AZEVEDO ou LAGO, ou outro nome qualquer porque moram lá pessoas indesejájeis? , e desculpem-me é mais fácil dizer que moram no bairro do vizinho do que no meu...
mas eu posso afirmar que alguns moram nesse bairro, ...

João Petit

Ângelo M. M. Cardoso disse...

Caro João Petit,

Se eu disse que o suspeito era de Lobão, foi devido a informações policiais.
Se o suspeito fosse das Caldas a informação era dada exactamente da mesma forma.
Se o Sr. leu o Terras da Feira, desta quinta-feira, os jornalistas confirmam a minha tese, e mais com fontes da GNR. Desta vez lamento desapontar mas não teve razão.
Espero continuar a ler os seus comentários…

SEGUIR O BLOG POR E-MAIL